Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Alice Cooper - Hey Stoopid [1991]


A década de 1980 foi difícil para Vincent Damon Furnier - faço questão de fazer referência pelo nome, pois nessa época o personagem Alice Cooper já estava "fora do contexto", na minha opinião. Os álbuns não atingiam o patamar que desejava, nem musicalmente, nem comercialmente, e Vincent sofria de sérios problemas de alcoolismo. Pouco após as gravações de "DaDa", em 1983, voltou a ser hospitalizado por conta do abuso do álcool (já havia sido anteriormente na segunda metade dos anos 1970).

Mas essa década foi crucial para que o homem por trás da máscara provasse ao mundo quem ele era. Após um hiato de mais de 2 anos, eis que Alice Cooper (sim, ele mesmo) volta sóbrio para uma turnê (coisa que não fazia há 4 anos) e com um novo álbum, "Constrictor", que marcou a sua volta por cima e ainda emplacou hits como "Teenage Frankenstein" e "He's Back (The Man Behind The Mask)". A partir daí, só oba-oba: "Raise Your Fist And Yell" e "Trash" foram sucessos de venda, não só os álbuns mas suas respectivas turnês, especialmente o último, detentor de verdadeiros hinos como "Poison", "Only My Heart Talkin'" e "House Of Fire".

Essa retrospectiva pode parecer "non sense" mas é crucial para entender o quão "Hey Stoopid", álbum dessa postagem, é definitivo e colossal. Um artista não vence totalmente quando resolve apenas seus problemas pessoais mas quando chega novamente aos outdoors também. Mesmo com os antecessores, que fizeram relativo sucesso, a volta de Alice Cooper aos holofotes se deu por "Trash". Se este representou a definitiva escalada da montanha, em "Hey Stoopid", tia Alice construiu uma casinha e ali viveu feliz por um bom tempo, pois este é responsável pela consolidação de Cooper.


Porém vamos ao que interessa - a música. Pra quem gostou de seus lançamentos anteriores a este, "Hey Stoopid" não apenas mantém o nível de qualidade mas acrescenta um pouco mais de Rock n' Roll, já que "Trash" conta com uma abordagem um pouco mais pop. As composições líricas, ponto forte de Alice, estão incríveis por aqui. Nomes como Dick Wagner, Jim Vallance e Al Pitrelli (Megadeth, Savatage) podem ser encontrados nos créditos das composições, bem como a dupla Nikki Sixx e Mick Mars, do Mötley Crüe, que também dão uma palinha em seus instrumentos - Sixx em "Feed My Frankenstein" e Mars em "Die For You".

Já que o assunto é "participação especial", Cooper manda muito bem aqui pois, além dos dois "mötleys", alguns nomes como Ozzy Osbourne, Steve Vai, Vinnie Moore, Joe Satriani e Slash deixaram um pouco por aqui. E, como de praxe, titia Alice escolhe uma line-up furiosa para servir de banda de apoio no álbum, contando com Stef Burns na guitarra, Hugh McDonald (Bon Jovi) no baixo, Mickey Curry (Bryan Adams) na bateria e Derek Sherinian (Dream Theater, Kiss, Yngwie Malmsteen) nos teclados.

Como era de se esperar, "Hey Stoopid" também foi um sucesso comercial. Além de emplacar a faixa-título, "Love's A Loaded Gun" e "Feed My Frankenstein" nas paradas, o disco vendeu bem e chegou ao 4° lugar das paradas inglesas, bem como a 47ª posição nas americanas, ainda permanecendo como um dos prediletos dos fãs do rei do shock rock.

Destaques, apesar de dispensáveis (oras, estamos falando de Alice Cooper), devem constar para a clássica faixa-título, para as pauladas "Feed My Frankenstein", "Snakebite" e "Hurricane Years" e para as sexy ballads (Cooper é PhD nesse assunto) "Might As Well Be On Mars", "Love's A Loaded Gun" e "Burning Our Bed".

Um must-have na coleção de qualquer roqueiro que se preze. Hey stoopid, o que estará esperando pra conferir e/ou comentar? Alice Cooper é o cara!

01. Hey Stoopid
02. Love's A Loaded Gun
03. Snakebite
04. Burning Our Bed
05. Dangerous Tonight
06. Might As Well Be On Mars
07. Feed My Frankenstein
08. Hurricane Years
09. Little By Little
10. Die For You
11. Dirty Dreams
12. Wind-Up Toy

Alice Cooper - vocal
Stef Burns - guitarra
Hugh McDonald - baixo
Mickey Curry - bateria
Derek Sherinian - teclados

Músicos adicionais:
Joe Satriani - guitarra em 1, 4, 7, 9 e 12
Ozzy Osbourne - backing vocals em 1
Slash - guitarra em 1
Steve Vai - guitarra em 7
Nikki Sixx - baixo em 7
Vinnie Moore - guitarra em 8 e 11
Mick Mars - guitarra em 10

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

7 comentários:

Anônimo disse...

Alice Cooper - Hey Stoopid [1991]
(51,2mb ~ 128kbps)

http://lix.in/-6c8bfb

GrassHoper disse...

Cara, com certeza fica entre os três melhores álbuns do mestre, junto com o Trash e o Welcome to my nightmare, mas é impossível estabelecer uma ordem... Basta dizer que é essencial, um dos melhores cds da história!!!

Anônimo disse...

Album muito bom ,Alice é o melhor.....valeu.........

Anônimo disse...

Simplesmente matador,Alice é Alice,valeu.........

Eduardo disse...

Se esse disco não tivesse sucesso, nem um outro teria...

Gabriel L. F. Krüeger disse...

Alice rulez.

Peterson Gusmão disse...

Apenas esperando o show do mestre em Porto Alegre. Sem mais