Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 18 de abril de 2010

Mötley Crüe - Live In Pasadena, CA (With Billy Idol) [1995]


AVISO: ESSA POSTAGEM É DESTINADA AOS FÃS DAS DUAS BANDAS, POIS É UM ARTIGO RARÍSSIMO DE COLECIONADOR, LOGO, A QUALIDADE DE SOM NÃO ESTÁ PERFEITA!

Dado o aviso para os mais tapados que provavelmente iriam (ou irão) xingar nos comentários por essa não ser uma gravação top de mesa de som e com mixagem de Jesus Cristo, eis que inicio esse texto com louvor, pois essa bootleg, como já dito acima, é raríssima. Esse registro é o último show da turnê Anywhere There's Electricity Tour, em divulgação ao álbum auto-intitulado do Mötley Crüe. Logo, esse é o último show da banda com John Corabi como integrante.

O concerto se deu no dia 30 de janeiro de 1995 no Shelter Club da cidade californiana de Pasadena e a ocasião do show é, no mínimo, peculiar: a banda queria arrecadar fundos para ajudar um roadie do grupo que havia atropelado o próprio filho. Para isso, a banda não tocou sozinha, convidando amigos do mundo da música para participarem do evento.

Após algumas bandas de abertura não identificadas por mim (até porque não constam no arquivo), Billy Idol se apresenta com o inseparável Steve Stevens na guitarra e os ex-gunners Duff McKagan e Matt Sorum no baixo e na bateria, respectivamente, e apresentam três covers, finalizando com o clássico de Idol, "Rebel Yell". Boa performance, mesmo considerando o fato de quem vos escreve não gostar muito da voz do sr. Idol.

Em seguida, o Mötley Crüe embarca em um repertório também curto porém repleto de clássicos, tendo apenas "Hammered" para representar a nova fase da banda. Vale destacar a versão de "Home Sweet Home", executada sem piano e, diferentemente do resto dessa turnê, sem violões (durante a turnê, a música era tocada de forma acústica, juntamente de "Don't Go Away Mad" e "Loveshine"). Dannyboy, vocalista do House Of Pain, participa de "Live Wire" com backing vocals.

Sobre a performance dos "bad boys de Los Angeles", era de se esperar que fosse um show arregaçador, avassalador e apoteótico, ainda mais com a presença de sr. Corabi, que notavelmente deu nova vida à banda. Infelizmente não tivemos um sucessor digno para o álbum auto-intitulado (já que "Generation Swine" é um lixo) e, principalmente, com a presença efetiva de John Corabi.

O som não está bom, mas também não está ruim. Pode-se ouvir perfeitamente com uma aumentada no volume, com um bom par de headphones ou com caixas de som bacanas. No mais, pérola aprovada pelo selo "Combe do Iommi ®" de qualidade!

Postagem dedicada ao Maurício Knevitz, fã número 1 de Billy Idol e de Punk Rock.

01. Billy Idol - Paranoid (Black Sabbath)
02. Billy Idol - Communication Breakdown (Led Zeppelin)
03. Billy Idol - Shakin' All Over (Johnny Kidd & the Pirates)
04. Billy Idol - Rebel Yell
05. Mötley Crüe - Intro
06. Mötley Crüe - Shout At The Devil
07. Mötley Crüe - Hammered
08. Mötley Crüe - Live Wire
09. Mötley Crüe - Home Sweet Home
10. Mötley Crüe - Primal Scream

Da faixa 1 à faixa 4:
Billy Idol - vocal
Steve Stevens - guitarra
Duff McKagan - baixo
Matt Sorum - bateria

Da faixa 6 à faixa 10:
John Corabi - vocal, guitarra
Mick Mars - guitarra, backing vocals
Nikki Sixx - baixo, backing vocals
Tommy Lee - bateria, backing vocals

Exclusivamente na faixa 8:
Dannyboy - backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

3 comentários:

Anônimo disse...

Mötley Crüe - Live In Pasadena, CA (With Billy Idol) [1995]

http://lix.in/-824db0

Anônimo disse...

o link foi apagado upa de novo vlw flw

Anônimo disse...

o cara num leve a mal mas vc nao pode upar esse arquivo de novo ? faz um tempo que eu mandei uma mensagem pedindo eu participo de blog , escrevo comentarios participo continua colocando um tanto de cd mas pelo jeito vc ta com preguiça de upa os cds john de novo não leve a mal esse comentario essa eh uma critica construtiva e não para te ofender ou coisa do tipo

flw