Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Mötley Crüe - Too Fast For Love [1981]


E que tenha início a patifaria! Quem olha qualquer foto desses caras sem conhecê-los, principalmente nessa época (não é verdade, Dnlz?), pensa que são um monte de boiolas que tocam um som purpurinado, de moça. Pra quem pensa isso, esse álbum é uma prova perfeita de que nunca pode se julgar um livro pela capa.

Lançado no fim de 1981, o debut do Mötley Crüe é um divisor de águas do Hard Rock, de uma forma geral. Sendo um dos primeiros álbuns a mesclarem estilos mais pesados e rápidos como Heavy Metal e Punk Rock e a conquistarem um espaço considerável na mídia para a época (que estava dominada pela discoteca e pelo New Wave, com muitas bandas de Rock anunciando fim ou mudando sua sonoridade), afirmo com segurança que "Too Fast For Love" abriu as portas para que muitas bandas de Hard Rock invadissem as rádios estadunienses como Skid Row, Guns N' Roses, Dokken e mais um zilhão de bandas que podem, inclusive, ser encontradas por aqui.

Aliás, um detalhe válido e pertinente é o fato do álbum ter sido produzido por Michael Wagener, que era um iniciante na época e acabou dando uma alavancada em sua carreira como produtor e engenheiro de som após produzir esse álbum, ficando responsável pelo trabalho de mixagem de muitas bandas consagradas futuramente como Dokken, Accept, Metallica, Poison e até mesmo os grandíssimos senhores Alice Cooper e Ozzy Osbourne. Apesar disso, nunca chegou a produzir álbuns do Mötley Crüe novamente.

Musicalmente falando, há de se ressaltar o início do texto: "Too Fast For Love" é uma patifaria musical. Som sujo, direto e rasgado que merece ser ouvido no talo, com todas as regalias de um bom Hard Rock oitentista e que marcaram a carreira do Mötley Crüe: vocais agudos, refrães em coro, guitarras pesadas, solos energéticos, baixo forte, composições geniais e bateria avassaladora. Menções honrosas ao senhor Mick Mars, um dos pioneiros da afinação de um tom abaixo no Hard Rock, e ao senhor Nikki Sixx, responsável pela autoria de 95% das músicas.

A versão que trago-vos é a versão remasterizada lançada em 1999 com vários bônus e uma sonoridade bem melhor que a original. Canções dignas de destaque são as porradas "Live Wire", "Take Me To The Top", "Merry-Go-Round", "Starry Eyes", "Toast Of The Town" e a faixa-título, mas o álbum inteiro é de chutar traseiros.

Por fim, um play mais do que necessário na CDteca de qualquer fã de "Rock pauleira" (como diriam os tiozões caretas) que se preze. E agora sim, que tenha início a patifaria!

01. Live Wire
02. Come On And Dance
03. Public Enemy #1
04. Merry-Go-Round
05. Take Me To The Top
06. Piece Of Your Action
07. Starry Eyes
08. Too Fast For Love
09. On With The Show
10. Toast Of The Town (Bonus)
11. Tonight (Bonus)
12. Too Fast For Love (Bonus Alternate Take)
13. Stick To Your Guns (Bouns)
14. Merry-Go-Round (Bonus Live in San Antonio)

Vince Neil - vocal
Mick Mars - guitarra, backing vocals
Nikki Sixx - baixo, backing vocals
Tommy Lee - bateria, backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

8 comentários:

Anônimo disse...

Mötley Crüe - Too Fast For Love [1981]
(74,8mb ~ 192kbps)

http://rapidshare.com/files/284541551/MatliCr00_2F4L_1981_Silver_www.combedoiommi.blogspot.com.zip

Clauber rocker disse...

Mötley é foda, infelizmente rola muito preconceito por causa da imagem da banda
Mas é uma das melhores do Hard em geral *-*

Moisés disse...

Taí uma banda que todo mundo hard deveria conhecer e eu conheço só superficialmente.
Ontem mesmo eu tava procurando este álbum pra começar a me aprofundar mais.

Baixando já! Quando escutar comento, de fato...

jR!-kun disse...

Muitas bandas da segunda onda do Hard Rock, que aconteceu no fim dos anos 80 e começo dos 90, tiveram grande influência dos caras do Motley, tanto no som como na aparência.

Anônimo disse...

Já tenho esse CD (como todos os outros) mas estou comentando só para recomendar aos mais desavisados que esse play é muito foda!!!

Al Bass Player
Curitiba

dnlz disse...

...Hehehehe acontece nas melhores familias....

Anônimo disse...

Putz Motley é foda, hard festero dos bom. O melhor na minha opinião

Anônimo disse...

POw, mega disco, prato cheio pra qualquer verdadeiro fã de hard rock.
quero tambem parabenizar todas as informações nos posts pois nos ajudam muitoa conhecer ainda mais a história da banda.