Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 3 de abril de 2011

Steven Seagal and Thunderbox – Mojo Priest [2006]


Por essa você não esperava! Seja sincero.

Todo mundo sabe que Steven Seagal, como ator, é um ótimo lutador. Canastrão de primeira, seus filmes têm sempre o mesmo mote, e o cara consegue ter um leque de expressões faciais guardadas na manga ainda menor que o de Arnold Schwarzenegger. Se botar uma frigideira de tefflon na frente da câmera, talvez essa consiga evocar mais sentimentos do espectador que as performances dramáticas de Seagal.

Faixa preta 7º Dan em Aikido, é um dos maiores mestres da arte marcial no ocidente. Foi instrutor no Japão até 1988, quando resolveu se mudar para a costa oeste da Terra do Tio Sam para tentar a vida como ator de Hollywood. Lá foi ator, diretor, roteirista e faz-tudo, conseguindo um relativo sucesso em seus filmes no começo dos anos 90. Matava a pau, literalmente.

Mas o que pouca gente sabe é que Steven Seagal é um grande colecionador de instrumentos musicais vintage, e um amante do blues de raiz. Suas incursões pelo mercado fonográfico são pretensiosas, mas não em relação ao sucesso e à fama. Trata-se de um registro de sua paixão, em conjunto com seus maiores ídolos na música. Seu primeiro disco saiu em 2005, chamado Songs from The Crystal Cave, e contou com a participação de grandes nomes como Tony Rebel e Stevie Wonder. Formou, então, a banda Thunderbox para o acompanhar e, nessa onda, gravou o disco que posto hoje: Mojo Priest.








As participações especiais mostram que os holofotes não estavam apontados para Seagal, mas para seus heróis. Participam do disco Hubert Sulmin, Roberto Lockwood Jr., Homesick James, James Cotton, Bob Margolin, Josh Roberts, Pinetop Perkins e Bo Didley. Se você nunca ouviu falar dessa galera, pesquise na internet cada um deles e verá que, dos que ainda não faleceram, todos estão fazendo hora extra na Terra.

O repertório é composto, na maioria, de clássicos do blues, como Hoochie Koochie Man, BBQ e Red Rooster. Aligator Ass é muito engraçada, demonstrando que o cara tem senso de humor. Tudo absolutamente bem produzido, com timbres dos instrumentos escolhidos a dedo (graças à tenacidade e à coleção de Seagal). Steven Seagal mostrou respeito aos seus heróis e, acredito, se divertiu muito gravando esse trabalho.







Um disco para matar a curiosidade e também para admitir, a duras penas, que Steven Seagal pode não ter muito talento, mas sabe trabalhar como ninguém. E não aceita nada mais ou menos como resultado de suas empreitadas. Definitivamente, o cara é bom.

Vou parar com o falatório. Trate de baixar esse negócio ou vai tomar porrada. Entendeu?

Track List

1. Somewhere in Between
2. Love Doctor
3. Dark Angel
4. Gunfire in a Juke Joint
5. My Time Is Numbered
6. Aligator Ass
7. BBQ
8. Hoochie Koochie Man
9. Talk to My Ass
10. Dust My Broom
11. Slow Boat to China
12. She Dat Pretty
13. Red Rooster
14. Shake
15. Rambling
16. Rambling
17. Rambling

Steven Seagal (voz, guitarras)
Thunderbox (banda da qual simplesmente não encontrei nenhuma informação sobre os componentes, mas também, pra que você quer saber?)


Link nos comentários
Link on the comments

Por Zorreiro

17 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?a3pkvqh88929jic

caique disse...

AUEHAEUHEAU

EITA, pior que é bom mesmo,

recomendo.

Jp disse...

Nossa, não deixo de baixar isso por nada HAIUEHAIEUAHEIAE

Silver disse...

Por essa ninguém esperava. E não é que ele manda bem mesmo? HAHAHAH

`Pacheco´ disse...

realmente me pegou de surpresa
mas estou baixando jah para conferir
obrigado por essa pepita
combe melhor a cada dia
bom trabalho
e obrigado pelo play =J

aldenir2706 disse...

SÓ POR QUEM O ACOMPANHA JÁ VALE UMA ATENCÃO ESPECIAL. GRANDE POST.

Daniel disse...

Já conhecia o som do Steven Seagal. O álbum é bom mesmo, agora tem uns videos no youtube que da para perceber que ele não tem digamos aquela "pose" de bluseiro. Mas como eu disse para um amigo, quem é quem vai falar isso pro Steven Seagal ?? Para todos os efeitos ele é melhor que BB King...hahaha.

Abraço
Daniel

Dragztripztar disse...

Bruce Willis também já gravou discos de Blues.

Taliban Sexy Trucker disse...

Putz, baixei agora, sensacional, quem diria que o cara canta tanto assim, mto bom msm

Gugapunksk8 disse...

interessante xD muito legal a voz dele !!! É, o kra espanca também no Blues (putz) !!! kkkk

jantchc disse...

realmente ninguem nunca ia esperar um disco do gente fina...

valeu pela piada..

Anônimo disse...

Se isso ainda não basta, além de ser um lutador fera, também foi casado com a mulher nota 1000, a dama de vermelho Kelly LeBrock.
Por essas razões, há que se respeitar um cara desses.
Eu já tinha visto alguns videos do danado no YouTube, e só porque o Steven Seagal pediu com educação para eu conferir o som, é que vou fazer o favor de baixar o arquivo.
The Blues Rules!!

Abraços Rocker!

Artur Fox disse...

Seagal, eu detesto seus filmes e amo sua musica.

Vc eh uma bosta de um ator, mas um fodido musico!

Mata todo mundo e depois faz um blues para compensar a matança, não?

Anônimo disse...

Bem, é no mínimo curioso esse disco né....vou baixar e se eu não gostar (pouco provável né, pois amo o blues) serve como documento histórico. Tenho também os do Bruce Willis e bons....vejamos esse aqui...Valeu eplo post Histórico....

Arno Materiais Eletricos disse...

vou baixar com crtza,
Alem do Seagal, o Dr. House tbm gravou um disco de Blues, se a combe puder acha-lo e posta-lo.
ainda nao curti esse

Músico Amador disse...

HE HE HE....Quer dizer, o cara bate bem, come bem, canta bem e toca bem.....o cara é PHODDA !!! rsrsrs

Na boa, gostei pracarái do trampo.

A propósito, os cd´s do Bruce Willis também são muito "PHODDAS".

Abraços e Parabéns pelo post.

Jonathan disse...

Dragztripztar lembrou bem, se der posta alguma coisa do Bruce Willis ai...