Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Fleetwood Mac - Rumours [1977]



Clássico! Apenas esta palavra pode resumir este disco da melhor maneira possível. Mas isso pode ser descrito com um milagre, pois este é um dos discos mais conturbados da história do rock n' roll. Primeiramente, pelas críticas dos fãs da fase mais Bluesy da banda, que estava os acusando de vendidos, devido a conversão ao pop que a banda se sujeitou, que foi iniciada no álbum Future Games. Segundo, pois o pau literalmente estava quebrando entre os dois casais da banda (Stevie Nicks/Lindsey Buckingham e John McVie/Christine McVie). Mas esse foi o combustível que a banda precisava para fazer sua obra prima, carregada de sentimentalismo e confissões de casais em crise.

O álbum inicia com a animadíssima e country "Second Hand News", que conta um baixo dançante e que te convida a dançar no ritmo e a mergulhar de cabeça para o que vem a seguir. Mas apesar da animação da primeira música, a partir da segunda, o clássico "Dreams", vemos que o clima realmente estava pesado, com Stevie Nicks cantando muito e já sentenciando o seguinte no começo da canção: "Agora vem você de novo / Você diz que quer sua liberdade / Bem, quem sou eu para te impedir?", onde podemos perceber o clima pesado entre ela e Buckingham.

Em seguida, temos a curtíssima, mas não menos sublime "Never Going Back Again" com uma interpretação vocal interessantíssima de Buckingham. Depois outro clássico, "Don't Stop" que traz uma letra esperançosa e meio que um pedido de desculpas, apesar dos problemas que os mesmos passavam como casal, sendo que seu ritmo animado esconde isso para ouvidos menos atentos.

Mas tudo isso foi uma preparação para o clássico-mor do disco, na opinião desse que vos escreve, a espetacular "Go Your Own Way, onde um Buckingham ressentido e magoado, mas ainda apaixonado, faz um convite para que Nicks aceite o que ele está disposto a dar para ela, mas sabendo que isso não iria acontecer, como ele mesmo diz na letra: "Se eu pudesse talvez te daria todo o meu mundo, Como eu poderia já que você não o aceitará de mim?". Durante a música a conclusão a que ele chega é desistir de tudo isso e convidar Nicks a "seguir seu próprio caminho" .

A época em que o pau cantava no grupo.

Após essa explosão, chegamos ao ápice sentimental do disco, com Christine McVie ao piano na linda "Songbird", carregada de paixão e talvez umas das declarações de amor mais bonitas já feita ao lado de "Layla" do Eric Clapton. Depois vejam a letra e tirem suas próprias conclusões. Abrindo o Lado B do disco, temos "The Chain", mostrando mais uma vez o lado country e com vocalizações sensacionais da banda.

Outro clássico deste disco, 'You Making Loving Fun" tem em seu apelo pop seu maior atrativo e é uma daquelas músicas que te convidam para um repeteco após o final da mesma. Após esse convite para dançar, vem aquela que seja a música mais fraca do disco, mas que em qualquer outro disco seria uma música legal, "I Don't Want to Know".

Finalizando esta que se tornou a obra-prima do Fleetwood Mac, começamos com a triste e melancólica "Oh Daddy", questionando mais uma vez o relacionamento existente entre os casais da banda. "Gold Dust Woman" finaliza o álbum com chave de ouro e excelente interpretação de Stevie Nicks, mostrando o porque é considerada umas das grandes vocalistas da história do rock.

Não a toa, este álbum teve grandes vendagens (aproximadamente 40 milhões de cópias), mostrando que nem tudo que vende muito é sinal de pouca qualidade. Absolutamente recomendado.


01. Second Hand News 2:43
02. Dreams 4:14
03. Never Going Back Again 2:02
04. Don't Stop 3:11
05. Go Your Own Way 3:38
06. Songbird 3:20
07. The Chain 4:28
08. You Make Loving Fun 3:31
09. I Don't Want to Know 3:11
10. Oh Daddy 3:54
11. Gold Dust Woman 4:51


Lindsey Buckingham – vocais, guitarra
Mick Fleetwood – bateria
Christine McVie – vocais, teclados
John McVie – baixo
Stevie Nicks – vocais

LINK NOS COMENTÁRIOS

LINK ON COMMENTS





PS - Sou o Weschap Coverdale, em fase de aulas de habilitação para pilotar essa saudosa "Combe". Frequentador dos primeiros posts, na época lembro de ter conhecido Danger Danger e outras pérolas por aqui e hoje quero compartilhar algumas pepitas com esta nação roqueira. Apaixonado por classic e hard rock, principalmente pelos anos 70 e 80. Corinthiano, maloqueiro e sofredor, graças a Deus!


By Weschap Coverdale


9 comentários:

Anônimo disse...

http://www.multiupload.com/5FV35G53N2

Silver disse...

Bem-vindo à bordo, man! \o/

Anônimo disse...

corinthiano?,affffffffe.
aheuahue, bom trababalho,ótimo post.

sueco disse...

feliz centenada!!! =D

Weschap Coverdale disse...

Vamos ver Sueco! rs... Até agora somos líderes do brasileirão!

Silver disse...

Sabia que o Sueco ia dar o ar da graça por aqui HAEUIHAEIUHAEUIHAEU

Lyn disse...

Cara, você está mais que aprovado! Tô baixando tudo q vc postou até agora! Congrats!

Weschap Coverdale disse...

Estou começando pelos clássicos man, ainda virão muitas pepitas por aí! Obrigado e long live rock n' roll!

R. coelho jr disse...

clássico, viciante e sem dúvidas um dos melhores discos que ja ouvi na vida !