Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 15 de maio de 2010

Mad Max – Discografia [1982 – 1987]

Ao lado de bandas como Accept e Steeler, o Mad Max constituía a velha guarda do metal alemão, surgida no início dos anos 80 influenciada pelo barulho que os vizinhos ingleses vinham fazendo na época. Formado em 1981 na cidade de Munster, o grupo lançou sua bolacha de estréia, homônima, um ano mais tarde.

Antes da gravação do álbum seguinte, o vocalista Andreas Baesler foi substituído por Michael Voss e o som do Mad Max ganhou uma nova cara. Os fãs puderam sentir a diferença em Rollin’ Thunder, de 1984 e, posteriormente, em Stormchild, de 1985, celebrado como o maior clássico da banda.

A fim de conquistar novos seguidores, o Mad Max migrou do metal tradicional para o hard rock em Night of Passion, de 1987. Este seria o último trabalho do grupo antes de sua separação em 1989. Projetos pós-término de seus ex-integrantes incluem o Casanova e o Jaded Heart, dois nomes que dispensam apresentações.


Mad Max [1982]

O pai de todos; aquele que, por mais que não seja lembrado como seus sucessores, tem sua importância não apenas na discografia do Mad Max, mas também na história do metal alemão, que naquele tempo, dava seus primeiros passos seguindo o rastro da cena britânica. Andreas Baesler, assim como boa parte dos vocalistas da época, não era lá grandes coisas, mas musicalmente Mad Max é um álbum recheado de boas canções e arranjos que remetem ao Iron Maiden na fase Paul Di’Anno e ao Judas Priest pré-British Steel, entre outros. Muitos outros.

01. Free Will
02. Night Train To Paris
03. Can’t Live Without You
04. Hard Days Lonely Nights
05. Shake Some Action
06. Working Overtime
07. No Remedies
08. Barbarians
09. Wheel Of Fortune

Andreas Baesler – Vocais
Wilfred Schneider – Guitarra
Jürgen Breforth – Guitarra
Thomas Hoffman – Baixo
Uwe Starck – Bateria

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS


Rollin’ Thunder [1984]

Agora é que são elas! Rollin’ Thunder traz Michael Voss no lugar de Andreas Baesler e eu preciso dizer que o cara fez toda a diferença. Dono de uma voz privilegiada, Voss se encaixou perfeitamente na proposta do grupo neste disco. Mais bem produzido que seu antecessor, o segundo trabalho do Mad Max soa mais melódico e acessível. Destaque para o guitarwork de primeira na instrumental “Yours Sincerely” e para o encerramento apoteótico com a balada “Thoughts of a Dying Man”.

01. Fly Fly Away
02. Evil Message
03. Losing You
04. Stranger
05. Yours Sincerely
06. Shout and Cry
07. Rollin' Thunder
08. Riding through the Night
09. Thoughts Of A Dying Man

Michael Voss – Vocais
Wilfred Schneider – Guitarra
Jürgen Breforth – Guitarra
Jürgen Sander – Baixo
Uwe Starck – Bateria

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS


Stormchild [1985]

Clássico absoluto, Stormchild é, em poucas palavras, o Mad Max no auge do equilíbrio entre o metal tradicional dos primeiros trabalhos e o hard rock que naquela altura do campeonato começava a surgir com força total pelo mundo todo. Guitarras furiosas, refrães marcantes e até mesmo alguns teclados; não tem como não ficar satisfeito depois de ouvir um álbum que incorpora tanta coisa boa. As favoritas deste que vos escreve são a chiclete “Lonely is the Hunter”, a veloz faixa-título, o belíssimo interlúdio acústico “Return of the Hunter” e “Rollin’ the Dice”, medalha de ouro na modalidade headbanging.

01. Never Say Never
02. Run for the Night
03. Lonely Is the Hunter
04. Stormchild
05. Love Chains
06. Return of the Hunter
07. Rollin' the Dice
08. Restless Survivor
09. Heroes Die Lonely
10. Voices in the Night

Michael Voss – Vocais
Christoph Wegmann – Guitarra
Jürgen Breforth – Guitarra
Roland Bergmann – Baixo
Axel Kruse – Bateria

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS


Night of Passion [1987]

Crente que ia fazer o maior sucesso, eis que o Mad Max se rendeu ao hard rock. O tiro saiu pela culatra. Não deve ter sido fácil assimilar uma mudança tão drástica, ainda que a qualidade do material produzido pela banda não tenha caído. Night of Passion é disparado o predileto da casa. Michael Voss cantando como nunca – fãs de Helloween irão logo associar sua voz a de Andi Deris em momentos cruciais –, e todo mundo na maior sintonia, tocando como nunca. 38 minutos de hinos com direito a uma regravação potente de “Fox on the Run”, do Sweet e algumas participações pra lá de especiais. Confira!

01. Burning the Stage
02. Wait for the Night
03. R.I.P.
04. Dive through the Sky
05. Wild and Seventeen
06. Hearts on Fire
07. Love Loaded
08. Night of Passion
09. Starcrossed Lovers
10. Fox on the Run

Michael Voss – Vocais
Jürgen Breforth – Guitarra
Roland Bergmann – Baixo
Axel Kruse – Bateria

Músicos adicionais:
Gerhard “Angel” Schleifer (Sinner) – Guitarra
Joshua Perahia (Joshua) – Solo em “Love Loaded”
Rolf Kohler – Backing Vocals
Thomas Zink – Backing Vocals
Dirk Steffens – Emulador; Programação

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS

Mad Max após a reunião em 1999

мєαиѕтяєєт

9 comentários:

Anônimo disse...

MAD MAX:
http://www.mediafire.com/?u3yyzjyd0zn

ROLLIN' THUNDER:
http://www.mediafire.com/?znuyaw2iyh3

STORMCHILD:
http://www.mediafire.com/?mag41vkmgdz

NIGHT OF PASSION:
http://www.mediafire.com/?zzy2tjnmzwu

GrassHoper disse...

Estou deveras curioso pra ouvir essa banda, já tinha lido referências sobre a mesma aqui e ali, agoravou tratar de conferir.

Thanks for the post!

raul disse...

muito bom!

ZORREIRO disse...

Rapaiz, a capa de Rollin' Thunder é muito Village People.
Êita anos 80....

jantchc disse...

fui convencido a baixar o stormchild..

se gostar volto pro resto..

valeu..

Leandro disse...

bommm

Anônimo disse...

Ótimo post!

Suhadolnik disse...

Excelente banda!! \m/

Anônimo disse...

valeu pelo ótimo post! excelente seleção da discografia dessa banda.