Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 7 de maio de 2010

W.A.S.P. - W.A.S.P. [1984]


Apesar de ter sido formado oficialmente em 1982, o W.A.S.P. tem origens datadas em 1976, quando Blackie Lawless, recém-saído de uma curta passagem no New York Dolls, uniu forças com Randy Piper para formar o Sister, que também contou com o lendário Nikki Sixx (Mötley Crüe). O grupo, conhecido por ser um dos primeiros a utilizar pentagramas e símbolos ocultistas, não fez sucesso por conta da cena da época, já que o Hard Rock e o Heavy Metal não tinham a força que ganharam nos anos 1980.

Após alguns outros projetos falhosos, Lawless e Piper novamente se juntaram para formar uma banda, mas que, dessa vez, desse certo. Assim, em 1982, nasceu o W.A.S.P., com a dupla Rik Fox (baixo) e Tony Richards (bateria) completando a formação. Rik saiu pouco tempo depois e Blackie assumiu o baixo, enquanto outro guitarrista, Chris Holmes, foi convocado.

Com uma line-up formada, o grupo gravou, em 1983, o single "Animal (F**k Like A Beast)". Tanto as canções (principalmente a faixa-título) quanto a capa foram recheadas de controvérsia e polêmica, fazendo com que o single fosse rejeitado pela Capitol Records - mas atraiu a atenção da gravadora para a composição de um full-length. E os caras não fizeram feio: o debut, auto-intutulado, chegou às lojas em agosto de 1984 e permanece como um clássico do Hard n' Heavy. O reconhecimento já veio com um generoso 74° lugar nas paradas norte-americanas e uma boa repercussão do single "I Wanna Be Somebody", que atingiu o top 30 nos charts da Nova Zelândia (!!).


O Heavy Metal não era muito forte nos Estados Unidos, que tinha mais grupos de Hard Rock, e sim no Reino Unido, que já contava com nomes do cunho de Judas Priest, Saxon, Motörhead e Iron Maiden. Mas o W.A.S.P. fez som pesado de deixar qualquer britânico de queixo caíxo e, ao meu ver, a partir desse álbum, o metal propriamente dito ganhou força nos Estados Unidos. Aqui as guitarras são bem tocadas e pesadas, a cozinha é consistente e veloz, as composições não tem um pingo de vergonha e são, no mínimo, invejáveis e os vocais de Lawless, sanguinários e potentes, dão uma sonoridade única e inimitável à sonzeira de primeira qualidade.

O W.A.S.P. se originalizou mais ainda com a performance ao vivo do grupo, excêntrica e teatral, com direito à ratos soltos, carne crua atirada na plateia, mulheres "torturadas" seminuas, maquiagem e visual aterrorizantes e muito mais dos ensinamentos da escolinha da tia Alice. Até hoje Blackie e sua turma do barulho continuam como monstros do Heavy Metal com concertos de tirar o fôlego e álbuns excelentes.

Vale ressaltar que a versão dessa postagem é o relançamento de 1997, que conta com "Animal (F**k Like A Beast)", "Show No Mercy" e o cover de "Paint It, Black", do The Rolling Stones.

Os destaques, além para o single e clássico "I Wanna Be Somebody", vão para as pesadas "The Flame" e "Tormentor", a matadora "L.O.V.E. Machine", a sanguinária "Animal (F**k Like A Beast)", a berrada "Hellion" e para a dark-ballad "Sleeping (In The Fire)". Mais um play indispensável na coleção, com direito à etiqueta de conteúdo obsceno e muito Hard n' Heavy!

01. Animal (F**k Like A Beast)
02. I Wanna Be Somebody
03. L.O.V.E. Machine
04. The Flame
05. B.A.D.
06. School Daze
07. Hellion
08. Sleeping (In The Fire)
09. On Your Knees
10. Tormentor
11. The Torture Never Stops
12. Show No Mercy
13. Paint It, Black (The Rolling Stones cover)

Blackie Lawless - vocal, baixo
Chris Holmes - guitarra
Randy Piper - guitarra, backing vocals
Tony Richards - bateria, backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

16 comentários:

Anônimo disse...

W.A.S.P. [1984]

http://lix.in/-7ece66

caue disse...

We Are Sexual Perverts

WASP é bom demais, merda não ter podido ver o Lawless esse ano

shit

dnlz disse...

Esse disco é fodasso , ouvi até cansar , muito bom!!!
Eu ja mandei um barro que nem o Blakie L na foto , no meio de uns rochedos. METAL!!!!!

мєαиѕтяєєт disse...

E depois q se limpou, tocou uma pra foto do Motley Crue? haha

Abraço!

dnlz disse...

Foi nessa época!!!

Taliban Sexy Trucker disse...

Esse é o um dos álbuns mais fabuloso do mundo, me lembro que a primeira vez que o ouvi pensei que fosse uma coletânea, tds as músicas são perfeitas...

dnlz disse...

Só não lembro de ter limpado ...?!?!?!

Pois é esse album parece uma coletânea de tão bom!

Anônimo disse...

hahaha e esse post da desciclopedia?

Silver disse...

Desciclopedia? Jóia hein, champs?!

Matt disse...

Eu tinha um puta preconceito com hard oitentista até ouvir W.A.S.P. (OK, o álbum que ouvi foi Still Not Black Enough, que é dos anos 90, mas o som é oitentista). Espero que esse seja tão foda quanto SNBE

Anônimo disse...

Um dos melhores discos da década de 80. I Wanna Be Somebody, L.O.V.E. Machine e Tormentor arregaçam!

Grande Up! ! !

eightendeaths disse...

Depois de tudo isso´é melhor eu conferir ... num é verdade ? acho W.A.S.P indispensavel ao rock.

eightendeaths disse...

Depois de tudo isso´é melhor eu conferir ... num é verdade ? acho W.A.S.P indispensavel ao rock.

Anônimo disse...

WASP rox! Blackie é genio!

Anônimo disse...

Quando perguntavam à Blackie Lawless se W.A.S.P. significava "We Are Sexual Perverts", ele respondia: "We Ain't Sure, Pal..."

Anônimo disse...

Rafael diz: Disco FODA!!!