Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Alice Cooper - Billion Dollar Babies [1973]


Desde 1969 a banda Alice Cooper estava na ativa no mercado e já havia lançado 5 ótimos álbuns, entre eles "Killer" e "School's Out", que conseguiram ótima repercussão. Mas foi em 1973 que o play definitivo do grupo viu a luz do dia.

Após um extenso processo de gravação que durou quase meio ano (de agosto de 1972 até janeiro de 1973), finalmente em 25 de fevereiro de 1973 chegava "Billion Dollar Babies" às lojas. Ainda com a produção do genial Bob Ezrin mas com inspiração mais notória, o disco chegou ao primeiro lugar das paradas inglesas e americanas, sendo que nesta perdeu o lugar apenas para "The Dark Side Of The Moon", clássico do Pink Floyd. Além disso já conquistou disco de platina nos Estados Unidos e é um dos maiores sucessos de venda da carreira de Vincent Furnier, seja com a banda Alice Cooper ou como carreira-solo (também chamada Alice Cooper).

Musicalmente, "Billion Dollar Babies" é um álbum refinado, feito por um dos grupos mais competentes que surgiram no começo dos anos 1970. A mão de Ezrin foi fundamental para o êxito das faixas, mas é fato que a line-up que estava com Furnier no momento, que era Glen Buxton na guitarra solo, Michael Bruce na guitarra base e teclados, Dennis Dunaway no baixo e Neal Smith na bateria, estava no auge de sua criatividade. Vincent, letrista de primeira e vocalista revolucionário, não ficou por trás.


Em suma tem-se um disco sólido, com dignos hinos do Rock, instrumental muito bem tocado e bem produzido, vocalizações tenebrosas e composições geniais. Os destaques, na minha opinião, consistem nos hit-singles "Elected", "No More Mr. Nice Guy" e "Hello, Hooray", além da sarcástica "Generation Landslide", da balada "Mary Ann" e da teatral "I Love The Dead", que de tão teatral virou a música-trilha para o ato da guilhotina dos shows da tia Alice.

Infelizmente, após mais um lançamento, "Muscle Of Love", no fim de 1973, a banda Alice Cooper se dissolveu por conta dos abusos já conhecidos de Furnier. Michael Bruce, Dennis Dunaway e Neal Smith formaram outra banda, ironicamente nomeada Billion Dollar Babies, que lançou apenas um disco e logo acabou após uma briga judicial com Vincent Furnier (que já havia assumido o pseudônimo Alice Cooper e começado sua carreira solo) por conta do nome. Já a carreira de Furnier, o eterno Alice Cooper, a grande maioria dos visitantes do blog (pra não dizer todos) já conhecem.

No mais, "Billion Dollar Babies" é um clássico que merece espaço na coleção de qualquer roqueiro que se preze. Viva Alice Cooper!

01. Hello, Hooray
02. Raped And Freezin'
03. Elected
04. Billion Dollar Babies
05. Unfinished Sweet
06. No More Mr. Nice Guy
07. Generation Landslide
08. Sick Things
09. Mary Ann
10. I Love The Dead

Vincent Furnier - vocal, gaita
Glen Buxton - guitarra solo
Michael Bruce - guitarra base, teclados, piano, backing vocals
Dennis Dunaway - baixo, backing vocals
Neal Smith - bateria, percussão

Músicos adicionais:
Donovan - vocal adicional em 4
Steve "Deacon" Hunter - guitarras adicionais
Mick Mashbir - guitarras adicionais
Dick Wagner - guitarras adicionais
Bob Dolin - teclados adicionais
David Libert - backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

5 comentários:

Anônimo disse...

Billion Dollar Babies [1973]
(37,4mb ~ 128kbps)

http://www.multiupload.com/N4OF52YVO7

Anônimo disse...

melhor disco

ZORREIRO disse...

Tenho a vinilera... o encarte do LP é simplesmente perfeito!!

Anônimo disse...

mt foda!

Gill disse...

Digno de Alice cooper