Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 26 de setembro de 2010

AdrianGale - Crunch [2004]


Alguns discos fazem a gente ter vontade de abrir a porta de uma gravadora na base do pontapé e espancar os executivos engravatados da hora. Crunch, do AdrianGale, certamente é um desses casos. Simplesmente um dos melhores álbuns de Melodic Rock da década e passou despercebido até mesmo em meio a quem curte o estilo. Talvez por isso tenha sido o último lançamento da banda, que se não anunciou o fim oficialmente, entrou em estado de hibernação desde o ano de 2006. Se você curte Van Halen, Harem Scarem, Def Leppard, Danger Danger e outros desse gênero, aqui está um álbum indispensável em sua coleção.

O começo já vale o play. Após a intro “Breaking Stride”, surge a faixa-título com uma melodia irresistível, daquelas de sair cantando automaticamente. Na seqüência, a paulada de “Faith”, um Hard acelerado e vigoroso. Quando a gente pensa que ouviu tudo, eis que surge a indescritível “Without A Moments Notice”. Simplesmente uma das melhores baladas feitas nos últimos dez, talvez vinte anos. Parece ter saído diretamente da cabeça de Joe Elliot e companhia na época de composição do Hysteria. A letra fala da visão dos músicos sobre os atentados ao World Trade Center. Mas ao contrário do que se pode imaginar, não se trata de um discurso panfletário. A partir das tragédias pessoais, eles refletem sobre como a vida muda em um instante para nunca mais ser a mesma. Não há palavras para descrever a beleza dessa faixa. Nó na garganta certo.



“Tougher Than It Looks” é um som pra recolocar o clima no alto. Melodia fácil, um típico Rock com refrão ‘chiclete’, para deixar um sorriso no olho, já diria aquela ex-jogadora de basquete. Um riff ganchudo e uma levada com muito swing da cozinha ditam o ritmo em “When In Rome”, daquelas que a gente ouve acompanhando a batida com o corpo. “Long Gone” tem cara de hit dos anos oitenta, conseguindo unir a categoria do quarteto com uma acessibilidade que até sua avó vai cantarolá-la depois de uma escutada. A mais obscura “The Thin Line” assemelha-se em certos pontos ao Hard atual, mas sem perder as características típicas do grupo. Na mesma linha, “Question” traz uma bela interpretação de Jamie Rowe, mostrando emoção pura em cada linha vocal.

A instrumental “Freedom” dá uma pequena amostra do poder de fogo de Vic Rivera nas seis cordas. Não é por menos que na ala underground do Hard Rock ele é considerado uma espécie de discípulo de Eddie Van Halen, especialmente na facilidade de criar melodias fantásticas. Sem contar que, na falta de um baterista, o próprio comandou as baquetas nesse play, com alta competência, ressalte-se. Falando nessa influência, o início de “This Time” pode confundir o ouvinte e fazê-lo achar que um disco de David Lee Roth passou a rolar acidentalmente. Mesma coisa quando “The Last Call” tem início e você já grita: ‘Quem colocou o Def Leppard?’. Meras impressões, mas são mais dois sonzaços, que fazem valer ainda mais a pena a conferida.


Atualmente, Vic Rivera dedica seu tempo a outros projetos, quase sempre com a Frontiers Records. O mais conhecido é com o nosso camarada Ted Poley, o cidadão que vira e mexe está dormindo em um sofá de produtor de show no Brasil, no Poley/Rivera. Quanto a Jamie Rowe, havia se especulado uma possibilidade de nova união com o Guardian, mas por enquanto fica no campo das especulações mesmo. Uma pena que não seguiram com o AdrianGale, pois foi sem dúvidas um dos grandes nomes do Hard Rock a surgir recentemente. Duvida? Comprove aqui.

Jamie Rowe (vocals)
Vic Rivera (guitars, drums)
Scott "Riff" Miller (guitars)
Scott Novello (bass)

01. Breaking Stride
02. Crunch
03. Faith
04. Without A Moments Notice
05. Tougher Than It Looks
06. When In Rome
07. Long Gone
08. The Thin Line
09. Question
10. Freedom
11. This Time
12. Last Call

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

9 comentários:

Anônimo disse...

AdrianGale – Crunch [2004]

65 MB
192 kbps

http://www.mediafire.com/?3zr4i1zq3sh6z2s

Frank disse...

Po, do jeito que ta descrito nao tem cmo nao baixar.

sergio coverdale disse...

Hard Rock não tem erro!
É baixar e cortir o som.

Anônimo disse...

Depois desta sinopse, vamos conferir o play...

AlBassPlayer
Curitiba

Anônimo disse...

Depois desta sinopse, vamos conferir o play...

AlBassPlayer
Curitiba

Jonata disse...

cara, como não conhecia essa banda?? pqp, curti pra caraio, hardão do jeito que eu curto. A propósito se houver mais discos deles, cara....por favor, se puder compartilhar....agradeceria muito!!
Excelente post!!

jantchc disse...

nunca ouvi um cd destes caras, mas se não me engano eles continuaram com a banda, mas com outro nome, com um membro a menos..

Anônimo disse...

Muito bom!

Bom retorno, Jay.

franklin leüenröth disse...

concordo plenamente! esse é o tipo de banda q deveria ser famosa,tocar na rv e radios e tal..muito bom esse album.
hard rock gostoso de ouvir