Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Black Flag - Damaged [1981]

A singela história de confusões, mudanças e violência do Black Flag começa em 1976, na Califórnia; o que antes se chamava Panic, o líder e guitarrista Greg Ginn mudou para Black Flag. A primeira encarnação do Flag consistia no guitarrista Greg Ginn, no vocalista (e futuro Circle Jerks) Keith Morris e, um pouco adiante, no baixista Chuck Dukowski e o batera Brian Migdol. Após gravar as clássicas EPs Nervous Breakdown [1978] e Jealous Again [1980], com Morris e Ron Reyes nos vocais, respectivamente, Reyes pula fora e entra Dez Cadena - um fã da banda. Devido as extensas turnês da banda, a voz de Cadena vai se desgastando pouco a pouco e assume a guitarra base. No lugar dele entra outro fã da banda nos vocais: Henry Rollins. É aí que essa história toda começa a ser gravada para ser contada e recontada.

Rollins já era participante da onda punk da época e é amigo de infância de um dos criadores do movimento Straight Edge, o ainda perplexo Ian MacKaye, que faria fama com o Minor Threat e o Fugazi. Rollins mostrou-se ser um carismático frontman e um excelente vocalista, tanto que se juntou ao Flag e ajudou a gravar um dos discos mais apocalípticos do punk rock: Damaged.

A banda já com Rollins. Poeta, músico, ator e outras mil profissões.

Damaged foi lançado em 1981 e gravado em agosto do mesmo ano, no Unicorn Studios. A guitarra rasgada e hipnótica de Ginn e a rispidez de Cadena nas seis cordas foram marcantes para o gênero, assim como os vocais poderosos de Rollins, o espancamento com baquetas de Robo e o baixo frenético de Dukowski. O debut do Flag fez os críticos ficarem de quatro pela banda, especialmente o ferrenho Robert Christgau.


O disco conta com genais 15 faixas, várias delas coverizadas por bandas como Sepultura e A Perfect Circle. Destaques são muitos, como a abertura com ''Rise Above'' e o seguimento com ''Spray Paint'' e a irônica ''Six Pack''. A acidez crítica retorna com ''T.V. Party'' e a decadência encontra refúgio na divertida ''Thirsty And Miserable''.

O Flag é conhecidíssimo pelas brigas com a polícia (em outras palavras, a briga da polícia com o Flag) e isso foi retratado com maestria em ''Police Story''. A rápida e pogante ''Gimmie Gimmie Gimmie'' é outra canção que entrou pra história do gênero, seguida pela fantástica ''Depression''. Os destaques finais vão para a rápida ''Damaged II'' e as estranhas e sujas ''Life Of Pain'' e ''Damaged I''.


O Black Flag entrou para o hall de artistas importantes do momento e até hoje serve de inspiração para o punk rock e a música em geral. Damaged entrou na posição de nº 340 na lista dos 500 Grandes Albuns de Todos os Tempos pela revista Rolling Stones. A capa, fotografada e tratada por Ed Colver, foi considerada iconica. Os membros dessa e das futuras encarnações do Flag se tornaram reconhecidos no underground e no mainstream. Algo de muito bom acontecia, somado ao gigantesco talento.

Um disco para ser apreciado no mais elevado volume e expressado fisicamente como se estivesse no descarrego.

Tracklist:
01. Rise Above
02. Spray Paint (The Walls)
03. Six Pack
04. What I See
05. T.V. Party
06. Thirsty And Miserable
07. Police Story
08. Gimmie Gimmie Gimmie
09. Depression
10. Room 13
11. Damaged II
12. No More
13. Padded Cell
14. Life Of Pain
15. Damaged I

Line-up:
Henry Rollins - Vocais
Greg Ginn - Guitarra solo, backing vocals
Dez Cadena - Guitarra base, backing vocals
Charles Dukowski - Baixo, backing vocals
Robo - Bateria, backing vocals

(Links nos comentários / Links on the comments)

By Alvaro Corpse

6 comentários:

Anônimo disse...

Black Flag - Damaged [1981]:
http://bit.ly/bu58r0

R. coelho jr disse...

Ae Alvyeeeee

postou um dos discos da minha vida o/


parabéns fi!!

Anônimo disse...

vlw aê :)
punk rock na combe eh sempre bem vindo
parabens pelo blog

Maurício Knevitz disse...

ESSE POST COMEU CU'S, ALVYE! MUITO FODA

Anônimo disse...

putzzz, black flag é muito foda!!!

Combe never dies!!

Apenas Mais Um disse...

Black Flag é DEMAIS !