Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 30 de outubro de 2011

Bob Seger and The Silver Bullet Band - Stranger In Town [1978]


Bob Seger é um daqueles artistas que fez sucesso durante determinado tempo da carreira, mas que segue desconhecido às grandes massas, inexplicavelmente.

Sua carreira solo começou no final da década de 60, mas o reconhecimento veio mesmo em 1974, quando ele e seus camaradas formaram a The Silver Bullet Band. Com influências de gente como Chuck Berry, Elvis, James Brown e Little Richard, o cara mostrou toda a sua competência no aclamado "Night Moves" de 1976, o primeiro registro com sua nova banda. Foi o primeiro álbum de Seger a alcançar o Top 10 da Billboard (e, mais tarde, o mais vendido de sua carreira).

Almejando cada vez mais o sucesso foi que ele passou dois anos preparando sua obra seguinte, o espetacular "Stranger In Town", que tem todos os elementos necessários para se fazer um Classic Rock de primeira categoria: bons riffs, letras que brindem as mulheres e o rock'n'roll, vocais inspiradíssimos e cozinha coesa. Agora, me diga: um som com essas características pode ser ruim?

Bob e Bruce Springsteen

O tipo de música praticada pelo americano é perfeita para vários momentos, principalmente para viajar sem rumo em um daqueles Galaxy 500 ou outros automóveis do estilo. Mas, acima de tudo, a receita de Seger é, simplesmente, o talento. E de sobra.



Apesar da extrema qualidade desse registro, o sucesso não foi absoluto (apesar de satisfatório, e apenas em 1980 (onde é lançado o magnífico "Against The Wind") é que a primeira posição seria conquistada. O fato é que, até hoje, o vocalista e guitarrista tem uma base fiel de fãs. Quanto ao disco, só posso dizer que é um dos melhores que já ouvi e, como cheguei a conclusão de que o nível não decai nem um pouco nas nove faixas, decidi que comentar música a música é desnecessário. Apenas tenha em mente que a competência desse sujeito é inquestionável.

Old time rock & roll...



Bob Seger - vocais, guitarras
Robyn Robbins - teclados, piano
Drew Abbott - guitarras
Chris Campbell - baixo
David Teegarden - bateria, percussão
Alto Reed - saxofone

1. Hollywood Nights
2. Still The Same
3. Old Time Rock & Roll
4. Till It Shines
5. Feel Like A Number
6. Ain't Got No Money
7. We've Got Tonite
8. Brave Strangers
9. The Famous Final Scene

Por Gabriel

Link nos comentários!
Link on the comments!


10 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?hrqn9jne0px5atx

Anônimo disse...

Grande post!
Valeu!

Anônimo disse...

um som com essas características pode ser ruim?

É desse espírito Rock n' Roll que precisamos ir atras...

Valeu Gabriel, otima resenha
Valeu Combe

Yusef

cesar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cesar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos A. disse...

Grande blog, cara! Um dos melhores da internet, sem dúvidas. Parabenizo pelo trabalho. Vou escutar o Bob pra ver se é bom mesmo, depois eu volto a postar. Valeu!

Kellen disse...

Curti bastante o album, algumas músicas que já tinha ouvido mas nao sabia q eram dele, album pra ouvir várias e várias vezes hehe
E resenha boa como sempre do gaga

...Infinito Particular. disse...

Parabéns camarada blogueiro pelo post.
Bob Seger é um artista que realmente merece um pouco mais de notoriedade.
A um tempo atrás eu havia pedido uma postagem sobre o cara,aqui mesmo no combe.

Parabéns pelo blog!!!

Natan Vieira disse...

Baixando para conhecer, bela resenha.
Obrigado

bob seger tickets disse...

tío agradable compartir