Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 23 de outubro de 2010

Dr. Sin - II [2000]


A competência do Dr. Sin já foi bastante abordada nas postagens anteriores relacionadas ao grupo. Pois bem, os caras já contavam com três álbuns de estúdio e um ao vivo no currículo, além de terem tocado dentro e fora do Brasil, incluindo festivais importantes e abertura para bandas do cunho de Bon Jovi, Kiss, Pantera, Ian Gillan, Nirvana e por aí vai.

Em 2000, apostaram diferente. "Dr. Sin II" é o único play em que o Dr. Sin não se apresentou como um trio e sim como um quarteto - não contando ocasiões com músicos adicionais. Michael Vescera (Loudness, Yngwie Malmsteen, Roland Grapow), que havia trabalhado com os brasileiros como produtor e só contribuído com vocais em uma faixa do disco "Insinity", se oficializou como vocalista e assumiu os vocais com Andria Busic. As duas participações especiais merecem ser citadas: Roland Grapow, que viria a sair do Helloween pouco depois, guitarreou lindamente em "Time After Time", e Sérgio Buss, guitarrista que já foi da banda de apoio de Steve Vai, mandou ver em "Same Old Story".


A essência continuou a mesma, mas a efetivação de Vescera contribuiu numa maior "descambada" para o Heavy Metal, deixando alguns elementos Hard pra trás - até porque os tempos mudam - e mantendo outros. A musicalidade, infinitamente superior quando se compara com a maioria dos conjuntos praticantes de Hard/Heavy, espanta até o mais entendido em seu instrumento. E a técnica é bem refletida nas composições, que são repletas de bom uso do instrumental, ótimos refrães e excelentes melodias num âmbito geral.

Como sempre, os integrantes deram um show em seus postos. Andria Busic, além de ótimos vocais, apresenta linhas de baixo concisas e muitas vezes complexas, em associação à bateria técnica e exuberante de Ivan Busic. Eduardo Ardanuy surpreende mais uma vez com uma performance virtuosa mas criativa e nem um pouco entediante, trazendo riffs pesados e diferenciados, bases variadas e solos definitivamente arregaçadores. Michael Vescera, vocalista que dispensa comentários, assume o microfone com habilidade e comprova eficiência dos tons mais baixos até os gritos mais agudos - e sem falsetes enjoados.

O interessante é que o Dr. Sin crescia cada vez mais, mas "II" foi vendido apenas em bancas de jornais por preços acessíveis e, de bônus, uma revista com fotos, entrevistas, entre outros. Não se sabe se isso foi feito para tentar combater a pirataria ou apenas para deleite dos fãs, todavia a ideia, que já havia sido adotada por alguns outros nomes da música brasileira como Lobão, deu muito certo e as vendas foram muito boas em terras tupiniquins. A turnê de divulgação representou prosperidade para o conjunto, mas nada disso foi suficiente para segurar Vescera, que abandonou o barco com o fim da tour.

Andria Busic: mostrando que sabe o que é bom

Destaques podem ser feitos para a digníssima abertura "Time After Time", as hardeiras "Fly Away" e "Miracles", as pesadas "Suffocation" e "Danger" e para a ótima balada "Eternity". No mais, vale a pena conferir uma das melhores bandas do Brasil.

01. Time After Time
02. Danger
03. Gates Of Madness
04. Eternity
05. Fly Away
06. Miracles
07. Same Old Story
08. What Now
09. Pain
10. Devil Inside
11. Suffocation

Michael Vescera - vocal
Andria Busic - vocal, baixo
Eduardo Ardanuy - guitarra, violão
Ivan Busic - bateria, percussão, backing vocals

Músicos adicionais:
Joey Gross Brown - teclados
Roland Grapow - guitarra em 1
Sérgio Buss - guitarra em 7

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

6 comentários:

Anônimo disse...

Dr. Sin - II [2000]

http://www.multiupload.com/3CMI4IEU66

Jay disse...

A ironia-mor é ele fazer isso com uma imagem da Madonna ao fundo. XD

Silver disse...

HIAUSHEIUASEHIUAESHIUASEHUAISE

NEM TINHA REPARADO!!!

jesusbiblio disse...

Muito foda o insinity ! nem vou baixar pois ja tenho, mas deixo o comment. Ja tive a oportunidade de ver o Dr ao vivo na minha cidade (Londrina PR) em 2005, nao tinha mais que 300 pessoas, fiquei de frente pro palco viajando nos solos bizarros do ardanuy (que é bem melhor que o Kiko loureiro e o malmsteen, mas tem menos reconhecimento) que é o meu guitar preferido em virtuose (o primeiro é jason becker). na época o vocal ja era o Busic, e cara, o fdp tava com uma voz impecavel!! Foi do caralho o show! Pena que a galera mais pop só gosta de ouvir futebol mulher e r/r.

jantchc disse...

desde q eu ouvi, acho q foi, o loudness gosto bastante do vocal do vescera..

valeu pelo post

Marcos Larusca disse...

Parabéns pelo post. O Dr.Sin é uma puta banda muito competente!

Tenho um de um bootleg, um dos primeiros shows do Dr.Sin, no Hollywood Rock. MUITO BOM!

Fica aí a dica e o link para vocês, caso interesse. Sugiro que o Blog dê um destaque para esse registro nas próximas atualizações para que todos conheçam eles ao vivão!

Abraços!

DR.SIN no HOLLYWOOD ROCK: http://www.mediafire.com/?9rozm1b7qa65zoe