Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 6 de novembro de 2010

Fates Warning – Rare and Unreleased [2010]

Já deixei claro em inúmeras postagens o quanto admiro o Fates Warning e, principalmente, seus líderes, o vocalista Ray Alder e o guitarrista Jim Matheos. Como sua música é sempre uma boa pedida, acredito que nunca me cansarei de compartilhá-la com vocês. O único problema é que apesar do status que possui na cena metálica mundial, são poucas as raridades relacionadas à banda e canções extras disponíveis por aí. Mas como a preferência da casa é sempre pela qualidade – são raras as vezes que optamos pela quantidade –, aqui está um piratão curtinho, porém valioso.

Com capa feita por mim – opinem! –, Rare and Unreleased tem início com a trinca de canções inéditas lançadas na coletânea Chasing Time, de 1995: “At Fates Fingers” (versão alternativa de “At Fates Hands”, do Perfect Symmetry), um remix de “We Only Said Goodbye” (do Parallels) e “Circles”, canção inédita que fecha o ciclo da melhor época do grupo, que compreende justamente os quatro primeiros discos com Alder nos vocais. Na seqüência temos quatro covers: “Closer to the Heart” (Rush), “In Trance” (Scorpions), “Saints in Hell” (Judas Priest) e “The Sign of the Southern Cross” (Black Sabbath), todas já lançadas anteriormente em albums-tributo às respectivas bandas.

Tão criticado quanto aplaudido, o conceitual A Pleasant Shade of Gray, de 1997, marca presença com um remix de sua “Part II” e uma demo de sua “Part IV”. E como bônus exclusivo para os passageiros do Volks mais rock’n’roll do Brasil, uma versão ao vivo de “Eye to Eye”. Aproveito esta postagem para dizer o quanto me deixa feliz ver que a Combe, mesmo na minha ausência para botar ordem na casa – ou no veículo –, continua a mil. Como diria certo comediante corinthiano que anda vendo o sol nascer quadrado: “Rumo a Tóquio!”.

01. At Fates Fingers
02. We Only Said Goodbye [Remix]
03. Circles
04. Closer to the Heart
05. In Trance
06. Saints in Hell
07. The Sign of the Southern Cross
08. A Pleasant Shade of Gray – Part II [Remix]
09. A Pleasant Shade of Gray – Part II [Demo]
10. Eye to Eye [Live]

O line-up varia de música para música.

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS

@mvmeanstreet

13 comentários:

jackson disse...

Ficou otima a capa e tambem o review,to ate baixando!

Parabens pelo blog cara,esta a cada vez mais ficando melhor!

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?tcqtaxuz7p7wu92

44.38 MB
128 kbps

GrassHoper disse...

Capa profissa, hein?! Quando vi pensei que fosse material oficial da banda e antes de atinar o título achei que fosse um novo álbum e literalmente caí para trás aqui pela falsa surpresa!kkkkk

Vou dar uma olhada para conferir principalmente o quilate dos covers, vindo do FW não deve ser nada menos que excelente!

Taliban Sexy Trucker disse...

Hey cara, a capa ficou realmente excelente, eles podiam lançar essa coletânea com essa capa, ia ficar fod...

Anônimo disse...

E ai Meanstreet blz?, essa capa ta com cara de King Diamond, bem macabra, combina com o seriado que to vendo agora The Walking Dead, to baixando esse som, tenho quase tudo do Fates Warning, simplesmente maravilhosos, achei até bom que não explodiram como o Queensryche que veio da mesma epoca, assim só é conhecido por quem curte o estilo e não toca nas radios pra virar som de embalista, parabens pelo blog e pelo post, tks.
Ass;CHOPÃO abraços pro DRAG-STREAP-STAR

Marcelo disse...

Pow Véiu,,gostei muito da Capa,tu leva jeito pra coisa,

Abraços

Emerson disse...

bom, além dos covers o único disco próprio que eu conheço é o Inside Out, muito bom mesmo... cara, a capa ficou excelente, as musicas escolhidas não poderiam ser melhor, tanto que eu não ficaria surpreso se o próprio Fates Warning tivesse interesse de tornar essa coletânea oficial

мєαиѕтяєєт disse...

Imaginem só se o Fates Warning resolvesse lançar esse material oficialmente? Seria ótimo para dar uma movimentada na carreira dos caras, q não lançam nenhum disco inédito há uns bons anos.

Quanto a não ter estourado como o Queensryche, acho q o q faltou ao Fates foi um som como "Silent Lucidity". "Eye to Eye" é radio-friendly total, mas... acho q vcs entenderam, hehe

Emerson, se vc já acha o Inside Out muito bom, corre atrás do Perfect Symmetry e do Parallels, q são melhores ainda!

Muito obrigado pelos comentários, pessoal!

babalu disse...

Cd muito bom - e uma ótima capa.
valeu

Emerson disse...

Grande Fates Warning! Uma das minhas bandas favoritas. Como tenho muita coisa oficial deles (inclusive em vinil) não tenho algumas dessas raridades, por isso baixei pra matar saudades. Os covers são muito bons (principalmente Sign of the Southern Cross) e Ray Alder e Cia executam muito bem suas partes. Se o Queensryche é o pai do Prog Metal, o Fates é o filho, e o Dream Theater é o neto, rs...

[]´s
Merso

Toledinho disse...

Ficou bem legal a capa. Outra banda que seria legal ter umas raridades (não só ao vivo) é o Van Halen. Sei que eles têm muitas demos, covers e músicas não lançadas, mas raramente vejo alguma coisa.

Anônimo disse...

Massa cara,...

marciorocks disse...

Essa é minha banda preferida, desde que conheci o Fates (isso em 1988 na época do No Exit)eles se tornaram a minha banda de cabeceira.
Quando vi essa capa, achei que era alguma coisa antiga deles, pois a capa é bem "Old Schol", mas quando vi as musicas... Só filé! Obrigado por ter montado um cd tão perfeito...