Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Hanoi Rocks - Twelve Shots On The Rocks [2003]


A banda seminal do Sleaze Rock teve uma vida curta no auge da agitação roqueira, muito embora tenha deixado um legado respeitoso que influenciou uma geração enorme devido a atitude despojada em misturar o glamour do Hard Rock com a pegada descompromissada do Punk. O que serviu de influência determinante para bandas consagradas como Poison, Guns 'n Roses & Cia.

No final de 1984, o fatídico falecimento do baterista Razzle tirou as forças do conjunto, que ainda tentou continuar com um substituto, mas naquela época as bandas eram inerentes à amizade, grupos eram formados por grandes amigos de escola e bairro, fazendo com que tudo mudasse e fosse repensado depois de uma perda brusca como essa. Diferente da situação atual, onde bandas surgem em conservatórios, prezando somente pelo profissionalismo.

Depois de quase vinte anos desde o rompimento das atividades, as figuras principais do Hanoi Rocks, Michael Monroe e Andy McCoy decidiram retomar o trabalho. McCoy naturalmente se encarregou de compor quase a totalidade das novas composições, e Monroe cuidou muito da sua voz após a indolência acometida ao grupo. Logo, aquelas desafinadas escancaradas presente nos primeiros discos - em especial no debut, inexistem no álbum de retorno, até porque a tecnologia atual não permite esse tipo de descuido.

Sem mais loas, Twelve Shots on the Rocks é o melhor disco desses finlandeses desde o Bangkok Shocks, Saigon Shakes, Hanoi Rocks (1981). A energia transborda durante mais de uma hora de sons pesados, animados e requintados com o sax sempre presente do Monroe. Já o lado Punk surge com menos intensidade, dando mais espaço às melodias modernas mescladas ao Rock alvitrado no início da carreira.



Twelve Shots on the Rocks originalmente possuía doze canções e uma intro, o que explica o título. Porém, Monroe e McCoy ficaram desapontados com a mixagem e resolveram remixar as músicas para um breve relançamento. Como o momento era inspirado, havia sobrado algumas composições que não saíram na versão original, mas eram tão empolgantes quanto às demais, então por que não incluí-las no relançamento e foda-se o título?

O Hard Rock apresentado aqui é daqueles tão bacanas que agradam fãs de qualquer estilo, em maior ou menor grau. Não tem como torcer o nariz pra sons como "Obscured", "New York City", "Whatcha Want", "Moonlite Dance" e o single de maior destaque "A Day Late, A Dollar Short". Enquanto "Delirious" vai satisfazer quem curte o lado Punk da banda. McCoy mostra mais do que nunca que o Rock só pede dois pré-requisitos: feeling e atitude. Isso juntado à habilidade e talento de um músico experiente acarreta na criação de músicas dignas, honestas e cheias de garra. Predicados que se estendem a cada um dos músicos.

Uma exacerbação dos elementos mais cativantes do Rock é levado à cabo mais uma vez por esses representantes notáveis dos gloriosos anos 80. Twelve Shots on the Rocks é mais do que o próprio título tenta expressar, e mais do que qualquer redator possa tentar descrever. Definitivamente, esse álbum tem lugar garantido no topo dos melhores lançamentos de Hard Rock dos anos 2000. Depois de mais um anúncio de encerramento das atividades, só nos resta bradar ao som perpetrado por esses caras responsáveis pelo surgimento de tantas bandas que agitam igualmente seguindo o "manual Hanoi Rocks de se fazer Rock".



01-Intro
02-Obscured
03-Bad News
04-New York City
05-Delirious
06-A Day Late, A Dollar Short
07-In My Darkest Moment
08-People Like Me
09-Whatcha Want
10-Moonlite Dance
11-Gypsy Boots
12-Lucky
13-Watch This
14-Designs On You
15-L.A.C.U.
16-Are You Lonely Tonight
17-Winged Bull (Bonus)

Michael Monroe – Lead Vocals, Saxophone, Harp, Guitars, Keyboards, Percussion
Andy McCoy – Guitars & Backing Vocals
Costello Hautamäki – Guitars & Backing Vocals
Timpa – Bass & Backing Vocals
Lacu – Drums and Percussion

(Links nos comentários - links on the comments)

Dragztripztar

Só na Finlândia mesmo pro cara se achar charmoso segurando um sorvete. Seduziu geral, Mr. Michael "Jagger Lee Roth" Monroe.

8 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?ce6j86i2cw9cc6e

Tiago Duarte disse...

Nada como um Hanoi Rocks pra embalar a sexta feira
Excelente post

Agora, a foto com o sorvete é pra avacalhar só pode! huahuaha, rindo muito aqui

Weschap Coverdale disse...

HANOI ROCKS! LLLLLLLLLLLLLLLLLL

Mas essa foto está queimando um filme gigantesco! hsahsuahuhsuauh

M disse...

A melhor banda farofa de todos os tempos. Valeu.

Alan disse...

tu é o cara

Alan disse...

tu é o cara!!!

Matt Voltage disse...

Deuses

Derriê disse...

O link tá corrompido...