Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Suburban Studs - Slam [1977]

Bem, ultimamente tenho procurado postar um disco por dia aqui na Combe, pra ir enriquecendo cada vez mais nosso acervo musical com os mais variados estilos. Já postei muitas bandas bem famosas, outras nem tanto. Mas agora vou me puxar, postando uma das bandas mais obscuras que eu conheço, o Suburban Studs, banda punk inglesa que tinha tudo pra dar certo e não sei porque diabos não conseguiu tanto reconhecimento.

Bem, creio que todos sabem da explosão punk de 1977 na Inglaterra, que revelou ao mundo ótimas bandas como o Sex Pistols, o Clash, o Buzzcocks e o Damned. Mas, essas foram apenas as que tiveram mais destaque, pois, como o punk estava em alta, era natural ter surgido várias e várias bandas do estilo. Algumas bandas (além das quatro já citadas) conseguiram um certo reconhecimento na cena punk, como os Adverts e os Members, por exemplo, que lançaram ótimos álbuns que, prometo que trarei pra vocês outra hora. Mas, muitas bandas lançaram apenas alguns singles e sumiram. Foi o caso do The Rings, ótima banda punk que só lançou o single de 7 polegadas "I Wanna Be Free", com a faixa título e o B-side "Automobile", e também dos Nips, primeira banda de Shane MacGowan (que ficou famoso com o The Pogues), que faziam um punkabilly muito louco e deixaram apenas uns singles e um álbum ao vivo que seria lançado após o fim da banda. E também houve as bandas que chegaram a lançar um LP, mas não tiveram muita atenção: é o caso do Suburban Studs.

Talvez ofuscados pelo sucesso das bandas maiores, o Suburban Studs nunca conseguiu tanta atenção, mesmo com seu som único (uma mistura de punk rock com rock 'n' roll garageiro), e também tendo no seu currículo uma tour com os australianos do AC/DC, além de terem tocado com outras bandas punks maiores como Clash e o Sex Pistols em 1976, quando essas bandas davam seus primeiros passos, assim como o movimento punk inglês.


(não achei nenhum vídeo deles ao vivo, então botei esse mesmo que é só audio, desculpem galera!)

"Slam" é o único LP da banda, de 1977. Como já falei, apresenta um som único, uma mistura de punk rock com aquele rock 'n' roll safado e garageiro. Aliás, sente-se até uma influência de AC/DC aqui. Outro fato que chama atenção é que algumas músicas tem gaita e até mesmo sax, mostrando que o punk não precisa ficar na mesmice de três ou quatro acordes pra ser bom.

Essa edição do "Slam" é uma que saiu pela Anagram Records em CD (originalmente, tinha sido lançado em LP pela gravadora inglesa independente Pogo Records), com várias faixas bônus. É uma boa pra quem quer conhecer a banda, quer dizer, na verdade, é a única opção que vocês tem pra conhecer a banda, infelizmente! hahaha

Bom, meus destaques ficam com a faixa de abertura "Suburban Stud", um rock 'n' roll de primeira, a seguinte "Dissatisfied", "Resistor", que conta com uma gaita bem legal, "I Hate School", a música mais conhecida da banda, que se tornou um hino do punk inglês setentista underground, o cover de "My Generation", do The Who, "Trafic Jam", "Young Power" e a agressiva "No Faith". Discão, de uma bandaça que infelizmente, nunca teve a atenção que merecia. Uma pena.

Recomendo a todos os fãs de punk rock, pois é um material bem raro, difícil de se achar mesmo, e não só a eles, como aos fãs de rock 'n' roll no geral, já que o Suburban Studs não se prende só ao punk nas suas músicas e sabem fazer uma sonzeira da melhor qualidade!

1. Suburban Stud
2. Dissatisfied
3. (The) Rumble
4. Resistor
5. I Hate School
6. My Generation
7. Traffic Jam
8. Revenge
9. Questions
10. Necro
11. Razor Blades
12. Two Victims
13. Young Power
14. Panda Patrol
15. Bondage
16. Throbbing Lust
17. No Faith
18. Snipper*
19. Hit And Run*
20. I Hate School (Live)*
21. Sinkin Down*
22. Hudini Charms*
23. Savier Of Love*
24. White Light*
25. All That Jazz*
26. Supernatural*
27. Questions (Sax Version)*
28. No Faith (Sax Version)*

* = bônus tracks

Link nos comentários
Link on the comments

Maurício Knevitz

7 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?62y858hp4a89adb

Weschap Coverdale disse...

Esse quero ver!

Anônimo disse...

muito boa essa banda.
eu vi que vc postou 2 cd do D.O.A, uma PUTA banda Punk do Canada. então vc podia dar mais destaques para as bandas do Canada que teve uma safra legal de bandas Punk. Tipo The Subhumans e Viletones, isso se vc curtir.

Anônimo disse...

Boa

Tiago Duarte disse...

Ja tinha ouvido falar da banda mas não tinha conferido o som ainda
Muito foda, obrigado pela postagem

Ah proposito, sei que não tem nada ha ver com o post mas fui fazer um comentario no post do Tommy Lee (cd que baixei e gostei) e vi que a opção de comentarios tinha sido bloqueada pelo autor do post
Vi que foi publicado um comentario infeliz e tal, mas espero que não passem a bloquear esse espaço daqui em diante por causa disso
É muito valido esse espaço de interatividade entre os visitantes do blog e os responsaveis pelos posts
Abraços e me desculpem pelo desabafo

Maurício Knevitz disse...

Valeu pessoal!

Anônimo 1 - D.O.A. é uma das minhas bandas preferidas, então é provável eu vá postar outros álbuns deles, já que tenho toda a discografia.

Quanto ao Subhumans e ao Viletones, também curto pra caralho. Subhumans inclusive já tenho um álbum upado e postarei em breve.

Valeu pelas sugestões cara, fico feliz que há pessoas que curtem meus posts e comentam! Pensei que o post seria um fracasso que nem o do Toy Dolls - e olha que eles são bem conhecidos.

Maurício Knevitz disse...

Tiago, aconteceu que começou numa zuera e depois virou putaria. Não creio que vão tirar o espaço pra comentar em todos os posts, foi só naquele porque deu merda. Até porque, se bloquearem comentário em tudo, não vai ter sentido a gente reclamar tanto por posts não darem comentários.