Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Black Rose - Black Rose [2002]


Esse disco me remete a um tempo diferente na era dos downloads, quando a Combe nem era idéia. Início da década, conexão com velocidade inimaginável para os dias atuais, de tão lenta. Para pegar um álbum inteiro, tinha que ir no Kazaa e ficar baixando faixa por faixa, com muita paciência. A maneira de chegar até as novidades era através das amostras grátis que as poucas companhias que entenderam que esse era um caminho sem volta no mercado disponbilizavam. Assim, através da gloriosa (e note que só usamos essa expressão para o que está indo para o buraco) Rock Brigade e seu selo, que lançou esse trabalho no Brasil, cheguei ao Black Rose.

A descrição que eles davam à banda sueca em sua publicação impressa era deveras interessante. Falava-se em uma mistura do Black Sabbath da fase Seventh Star com o Helloween da era Andi Deris. Soa estranho para quem lê sem maiores referências, mas até que não fica longe. E a música que o site disponibilizava era justamente a que abre o play, “Fallen Angel”. Bastou esse som para chamar minha atenção. Melodia perfeita, refrão inesquecível e uma execução soberba dos músicos. Nada melhor ao comprar o álbum completo que constatar que essa era a tônica do grupo em toda a obra. Hard/heavy com incursões de AOR e Power Metal aqui e acolá, agradando os mais variados gostos. Ninguém poderia pedir algo mais completo.

Outros destaques vão para “Coming Home” (lembrando que nenhuma banda é uma banda até que tenha uma música com esse nome), além da triste e bela “Forever Lost (Sleep Well)”, com uma passagem acústica espetacular antes do solo. As porradas certeiras de “Everlasting Rain” e “No Way Out” mostram todo o poder de fogo da trupe. A cadenciada “Leave it Behind” lembra o grupo do velho Iommi, enquanto “Always Tommorow” poderia facilmente se passar por uma faixa do Rainbow em seus momentos mais inspirados. Encerrado a bolachinha, a excelente “Wild Child”, com mais um refrão daqueles que você vai cantar para o seu chefe no dia seguinte sem se dar conta.

Infelizmente, após esse lançamento, nada mais se ouviu do Black Rose. Uma pena, pois a banda mostrou ter talento acima da média. Mas que, ao mesmo tempo, sirva de aviso para quem fica de mimimi: nem sempre as coisas acontecem como imaginamos. Aí não adianta querer revolucionar, organizar micareta, fazer manifesto mal escrito, temos que aceitar e seguir em frente. Mesmo assim, esses suecos deixaram um grande trabalho, que todos os fãs de um Hard/Heavy feito com garra e emoção devem conferir. E mais uma vez agradeço ao povo de mau gosto, que me permitiu comprar essa maravilha por sete mangos na lojinha da esquina (risos).

Johan Spinord (vocals)
Ola Carlsson (guitars)
Anders Haga (bass)
Peter Haga (drums)
Magnus Vesterlund (keyboards)

01. Fallen Angel
02. Coming Home
03. Lying Eyes
04. Keep On (Looking For Love)
05. Forever Lost (Sleep Well)
06. Everlasting Rain
07. No Way Out
08. Belong Together
09. Night And Day
10. Yesterday's Gone Forever
11. Decisions
12. Spacewalk
13. Leave It Behind
14. Always Tomorrow
15. A New Beginning
16. Wild Child

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

9 comentários:

Anônimo disse...

Black Rose – Black Rose [2002]

80 MB
192 kbps

http://www.mediafire.com/?4aq1cuz8z8utzkd

Anônimo disse...

Blz ai JAY?como vc comentou tbm agradeço a baianada(no bom sentido) que não manja porra nenhuma, e graças a isso consigo achar coisas maravilhosas como essa nos sebos, e ainda na epoca do vinil, aqui na pça da Sé em S.P., tinha uma loja de forro que deixava tudo que era bom(ROCK/HARD/HEAVY/BLUES) as moscas, assim tenho muita coisa rara em vinil, tks pelo post e abraço do tiozão CHOPÃO.

Anônimo disse...

Ainda bem que aqui não tem feriado nem férias, gratos pela prestação de serviços aos melhores estilos musicais do mundo, parabens a todos motoristas da COMBE.

Dragztripztar disse...

Me convenceu a baixar.

Cara, até hoje essa Rock Brigade Records me deixa com uma pulga atrás da orelha. Teve alguns discos que só foram lançados por esse selo na Argentina! E o mais louco é que tu pega o encarte e só tem o endereço deles aqui no Brasil, e não tem nem sinal de distro lá ou alguma subsidiária deles lá.
Não sei se ainda existe, mas era uma boa gravadora (também nunca entendi porque sempre lançavam em conjunto com a Laser Company, nunca vi um disco só da Rock Brigade, ou só da Laser Company) e disponibiliza muitas pérolas da música pesada aqui - assim como a Hellion até um tempo atrás.
Por isso é quase certo que essa Black Rose seja um grande achado.

mgtattoo's disse...

Pelos comentarios acho que a maioria deve ter 15 anos menos que eu. A Rock Brigade comecou como um zine e foi transformando-se em revista logo em selo discografico. o pessoal da RB tinha contatos na Argentina com a revista Madhouse e foi gracas a RB que muitos discos chegaram aquí ja que a maioria dos selos independentes argentinos só apostavam em bandas nacionais: Pappo's Blues, Riff, Rata Blanca, Bunker, V8, pescado rabioso....a lista é interminavel.
Antes da decadencia do vinil (1990) a Argentina já nao fabricava mais discos, só CD. Levou muito mais tempo aí no Brasil, o mercado vinilico era muito maior, bastava um patrocinador pra que cualquer banda tivesse sua bolacha, entao era muito comum ver no encarte o nome dos "socios" a pesar de que eram prensados sempre na mesma fabrica. Como o CD ganhava espaco o vinil caía e buscava nos selos independentes "flutuar" de alguma forma. Pros colecionistas de vinil (eu) o Brasil foi o último paraiso do "Plastico".

Arnaldão disse...

Very Gooood !!! POST de 1a. !!! Valeu !!!

Rafael (Melão) disse...

Caaaaaaara, tempos nsinistros aqueles que a gente tinha que baixar musica por musica no Kazaa... viva o avanço da tecnologia!
To baixando o som... a descrição pareceu interessante!

Gus disse...

só conhecia uma música deles, tentei achar alguma coisa na época mas sem sucesso... agora posso conferir o material todo, valeu!!

\m/

jantchc disse...

nunca ouvi falar desta banda e qdo vi o titulo pensei q era algum tipo de tributo ao thin lizzy q eu acho mega chato..

mas a resenha me convenceu..

to baixando..