Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Alcatrazz - No Parole From Rock n' Roll [1983]



Rock direto, divertido e sem muita frescura. Sem falar na capacidade dos músicos envolvidos, que é do mais alto gabarito. É assim que podemos definir a curta, porém produtiva carreira do Alcatrazz. Encabeçado pelo ótimo vocalista Graham Bonnet, que após a sua saída do Rainbow, decidiu enveredar por uma carreira solo. Porém após o lançamento de seu disco solo, bateu a vontade de montar um novo grupo nos mesmos moldes da banda de Blackmore.

E foi esta vontade que impulsionou a formação do Alcatrazz. A primeira formação do grupo apresentava além de Bonnet nos vocais, o jovem prodígio naquele momento Yngwie Malmsteen nas guitarras, o baixista Gray Shea e o tecladista Jimmy Waldo que haviam feito parte do New England e o baterista original do Iron Maiden, Clive Burr. Porém após uma semana, ao saber que a residência do grupo seria os Estados Unidos, ele sai do grupo, o que acaba por abrir espaço para o baterista original do Iron Butterfly, Jan Uvena.


Com a formação estabilizada, o grupo lança o seu disco de estréia em 1983, e que acabaria por ser tornar o grande registro da banda. Bonnet como sempre está impecável nos vocais. Malmsteen ainda que de maneira contida, apresenta sua conhecida virtuose na guitarra. A cozinha formada por Shea e Uvena segura a peteca muito bem e Jimmy Waldo contribui com belas camadas no teclado. O que temos em todo disco é um hard bem feito e sem muita frescura, com a clara intenção de divertir o ouvinte desde sua primeira faixa.

E logo na primeira faixa essa intenção é escancarada de cara. É impossível não se contagiar com o climão de festa na grudenta "Island in the Sun", em que o grupo não mede esforços para divertir o ouvinte, desde backing vocals bem inseridos no refrão empolgante, teclados fanfarrões, um Bonnet arregaçando o gogó e um solo muito legal de Malmsteen, o que prepara para grandes expectativas para o que virá a seguir. Até seu clipe à lá anos 80 é divertidíssimo e recomendado.



E durante todo o disco, a empolgação é garantida. E mandam uma pedrada atrás da outra, como em "General Hospital", na acelerada "Jet To Jet", "Too Young To Die, Too Drunk To Live" e "Big Foot", em que os riffs aparecem em um atrás do outro, e com um belo trabalho de todo grupo. "Hiroshima Mon Amour" é outro petardo, uma canção grandiosa e em que Malmsteen mais demonstra sua virtuose em todo o registro. A balada "Suffer Me" fecha o disco com chave de ouro, em que Bonnet mostra a potência de sua voz, em uma interpretação magnífica, cheia de feeling.

Um disco divertido e mais que recomendado, para aquela cervejada de domingo com os amigos. Só o timaço aqui apresentado já valeria a pena o download. Mas além de um grande grupo, temos grandes músicas, o que faz valer a pena o download desse.





1.Island in the Sun
2.General Hospital
3.Jet to Jet
4.Hiroshima Mon Amour
5.Kree Nakoorie
6.Incubus
7.Too Young to Die, Too Drunk to Live
8.Big Foot
9.Starcarr Lane
10.Suffer Me

Graham Bonnet - Vocais
Yngwie Malmsteen - Guitarra
Gary Shea - Baixo
Jan Uvena - Bateria
Jimmy Waldo - Teclados


By Weschap Coverdale

8 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?c66lcc8e53vtzv1

Anônimo disse...

valeu pela postagem velho. Um amigo meu já tinha me falado sobre Alcatrazz, mas nunca tive a oportunidade de conferir algum material da banda. E pelo seu texto já da perceber que o album é foda.

ZORREIRO disse...

Steve Vai também gravou com Alcatrazz.
Se sempre teve um time de primeira à disposição, e os melhores guitarristas do mundo, por que o som não decolou?
Com a palavra, Mr. Bonnet.

GSM disse...

Observação em tempo:

até o Yngwie Malmsteen já foi magro um dia. REFLITAM.

Anônimo disse...

Em qualquer situação, Malmsteen DETONA!!! Bonnet neste play canta muito. Clássico do R'n'R. Absoluto!

AlBassPlayer
Curitiba

Anônimo disse...

Alcatrazz e várias bandas dos anos 80 merecem uma checada.
Tem muita coisa boa que passa desapercebida pela turma de rockers atuais. Tenho um grande respeito pela fase áurea do Hard Rock sem afetação glam, bandas que tocavam muito, e usavam um visual básico de jeans, camiseta e casaco de couro. Bonnet se destaca pelo seu visual executivo de vendas, e isso mostra que ele estava disposto a ser assimilado pelas várias vertentes do Rock, incluindo o Pop Rock.
Quando ouvi Bonnet cantando no Rainbow, de imediato já o considerei acima da média. Está no mesmo patamar de craques do gogó do Rock'n'Roll e não faz feio. Pena que se sabe pouco do que faz hoje em dia.
E Malmsteen... nem tenho o que dizer a não ser que esse é o segundo grupo no qual ele define sua marca, após sua estréia no Steeler, juntamente com o vocalista Ron Keel, da posterior banda Keel.

Ótima postagem, e espero ver novidades sobre os trabalhos do Bonnet.

Abraços Rocker!

Anônimo disse...

Já me falaram dessa banda mas ñ tinha ouvido ainda....Conferindo,obrigado...........

jantchc disse...

uma banda com o malmsteen e boonet não tem como se ruim , né??

pois me surprendi com o qto eu não gostei das musicas dos videos..

achei tudo muito alegrinho, qdo eu esperava algo mais pesado..