Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 24 de maio de 2011

Keel - The Final Frontier [1986]



Um disco divertido, de mais uma banda que poderia ter mais reconhecimento na época, apesar do sucesso obtido. E talento não faltava, tanto que foram apadrinhados por Gene Simmons, que nos deu o prazer de apresentar ao mundo bandas maravilhosas como Van Halen, Cinderella, House Of Lords e Black N' Blue, só para citar as mais conhecidas. Só com esses exemplos, podemos dizer então que o som do Keel realmente é merecedor de atenção.

A história do Keel começa quando Ron Keel sai da banda Steeler, na qual trabalhou junto com o virtuoso Yngwie J. Malmsteen. Em 1984 ele monta sua própria banda, com a qual lança o disco de estréia "Lay Down the Law”. Mas eles começam a chamar a atenção para seu som com "The Right To Rock", quando Gene Simmons assumiu a produção do disco da banda, o que ajudou que sua reputação aumentasse e eles pudessem crescer na cena hard daquele momento.


Mas podemos facilmente dizer que o ápice da banda é realmente seu terceiro disco, o estupendo "The Final Frontier". Com Simmons soltando as rédeas do grupo durante a gravação do disco, vemos músicos entrosados e a vontade, mandando bala em refrães grudentos, riffs festeiros e backing vocals contagiantes, onde ao final de cada canção, provavelmente você se pegará contagiado pelo ritmo e tendo alguma reação involuntária. Composições bem trabalhadas e feitas sob medida para cativar em cada instante, mesmo naqueles momentos em que o flerte com o heavy é evidente.

As primeiras quatro canções já incendeiam tudo e nos apresentam momentos memoráveis. "The Final Frontier" começa com o andamento mais cadenciado e é mais puxada para o heavy, com Ron Keel em um desempenho notável, com linhas vocais potentes, que dão um peso ainda mais incrível para a canção. "Rock And Roll Animal" conforme seu nome diz é realmente animal, uma porrada sensacional aos ouvidos e que mantém a energia inicial do registro. A semi-balada "Because The Night", composta originalmente pelo mestre Bruce Springsteen ganhou uma roupagem que a deixou ainda mais irresistível e seu clipe é sensacional, com aquelas clássicas coreografias que as bandas dos anos 80 apresentavam. "Here Today, Gone Tomorrow" incorpora o espírito festeiro da época e vai arrancar lágrimas dos mais saudosos, com seu refrão matador.


Coreografias nos clipes rlz! hsuashauhsuhauhs

Mas até seu fim, o disco mantém a ótima média de canções empolgantes, mantendo o nível com pedradas como "Raised On Rock" com a saudosa Joan Jett nas guitarras, a incendiária "No Pain, No Gain" e a bon joviana (sic! rsrsrs) "Just Another Girl" com seu sensacional clima festeiro e até inocente, mas que levanta até defunto e que vai te fazer querer um bis, de tão empolgante e grudenta. A balada "Tears Of Fire" é uma broken ballads das boas, carregada de emoção na interpretação chorosa de Ron Keel.

Um baita de um disco de hard rock, que nos faz sentir saudades daquele tempo em que música comercial não deixava de ter qualidade, e que fará nos lamentar os dias sombrios que vivemos, em que um bando de coloridos chorões e afrescalhados são exaltados por uma juventude sem muito conteúdo. Quem dera eu pudesse ter meus vinte anos durante os anos 80...




1.The Final Frontier
2.Rock And Roll Animal
3.Because The Night
4.Here Today, Gone Tomorrow
5.Arm And A Leg
6.Raised On Rock
7.Just Another Girl
8.Tears Of Fire
9.Nightfall
10.No Pain, No Gain


Ron Keel - Vocais, Guitarra, Teclados
Marc Ferrari - Guitarra, Backing Vocals
Bryan Jay - Guitarra, Backing Vocals
Kenny Chaisson - Baixo, Backing Vocals
Dwain Miller - Bateria, Backing Vocals

Músicos Adicionais:
Joan Jett - Guitarra em "Raised On Rock"
Mitch Perry - Guitarra em "Tears On Fire"
Michael des Barres - Backing Vocals em "Raised On Rock"
Jaime St. James - Backing Vocals em "Rock And Roll Animal"
Greg Giuffria - Backing Vocals em "No Pain, No Gain"


By Weschap Coverdale

8 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?5tj0l7j98r65thu

Tarcísio DC disse...

Comprei esse Lp quando fui aos Eua em 1986...muito bom!

Anônimo disse...

Adorei esse CD, a banda é excelente!!

Anônimo disse...

Coreografias em clipes rox!

Eduardo Paiva disse...

O Keel é uma das minhas bandas favoritas! Coverdale disse tudo na resenha! Grande banda que merecia maior reconhecimento!

Victor Klinger disse...

Apenas ouvi comentários sobre essa banda... vou começar a conhecê-la por esse álbum. Valeu.

AlBassPlayer disse...

Weschap: vivi meus 20 e tantos naquela época. Sinto muita saudade. Como era legal carregar o vinilzão a tiracolo por aí. Me transporto no tempo quando ouço discos como este. Ainda tenho o vinil deste play e do "The Right To Rock" que comprei com muito esforço e pesquisa em lojas. Discos de bandas hard rock eram difíceis de conseguir: edições limitadíssimas, preço caro, vinil de péssima qualidade (Brasil, claro...) falta de informações das gravadoras sobre as bandas gringas e por aí vai.
Gostaria de ter tido, naquela época, as facilidades que essa molecada imediatista, consumista e sem conteúdo (ironicamente, numa era de informação...) tem para conseguir as coisas hoje em dia. O lado bom é o amor com que cuido do que tenho até hoje e que adquiri naquela época: este disco (vinil) do Keel é uma delas e quando coloco no meu toca discos, volto novamente aos anos 80.
Mais uma vez: que saudades!

Anônimo disse...

Sem tirar uma só letra e vírgula do comentário acima!

Long Live Rock'n'Roll!