Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Van Halen - 5150 [1986]


"5150" é o 7° disco do Van Halen e o primeiro da banda com Sammy Hagar nos vocais. O disco comprova uma mudança histórica em uma das bandas mais influentes dos anos 80, visto que a sonoridade do Van Halen ficou um pouco mais melódica do que antes. Tal mudança já havia sido trabalhada no antecessor "1984", com a pesada inserção de teclados, mas aqui foi além e se consolidou.

A inserção de Sammy Hagar à line-up deu uma cara nova e tornou o Van Halen mais contemporâneo no que diz respeito à mídia. E deu certo, visto que o play vendeu muitíssimo bem e o Van Halen embarcou para uma longa turnê, fazendo com que os caras passassem mais de um ano na estrada. Uma grande conquista também foi, finalmente, o disco "5150" obter o primeiro lugar das paradas norte-americanas, superando até mesmo o também clássico "1984".

Sobre o disco, podemos destacar que Eddie Van Halen ainda estava literalmente batendo na guitarra, com solos e riffs fantásticos. Michael Anthony, sempre com backing-vocals altos e baixo coeso, também continuou tão bem como antes. Alex Van Halen, ainda tocando muito também, merece menções honrosas pelo riff de bateria extraordinário em "Get Up" - aliás, nessa música não teve pra ninguém, só deu o Alex! Sammy Hagar, que deu uma melodia nova à banda, não deixou a desejar - o cara canta demais. Sua extensão vocal vai além do que David Lee Roth conseguia, conferindo mais versatilidade ao grupo.

Destaques particulares para "Why Can't This Be Love", "Summer Nights", "Best Of Both Worlds", "Dreams" e a faixa-título. Com vocês, um dos maiores clássicos do hard rock: "5150"!

NOTA: Muitos, como eu, já devem ter se perguntado o significado de "5150". Pois bem, "5150" é um termo utilizado, mais especificamente na Califórnia e sua respectiva polícia, para designar pessoas com distúrbios mentais. "5150" também é o nome do estúdio caseiro de Eddie Van Halen, o nome de uma guitarra Kramer Frankenstein de Eddie e um modelo de amplificadores produzidos pela Peavey. Infame, não?!

01. Good Enough
02. Why Can't This Be Love
03. Get Up
04. Dreams
05. Summer Nights
06. Best Of Both Worlds
07. Love Walks In
08. 5150
09. Inside

Sammy Hagar - vocal, guitarra-base
Eddie Van Halen - guitarra-solo, violão, teclado, backing-vocals
Michael Anthony - baixo, backing-vocals
Alex Van Halen - bateria, percussão

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

6 comentários:

Anônimo disse...

5150 [1986]

http://www.multiupload.com/8UFBVNCI8E

arthur disse...

pra mim van halen perdeu o brilho sem o DLR. do pouco material que tenho deles esse disco foi o que menos gostei

Toledinho disse...

1984 não chegou ao primeiro lugar porque o Thriller do Michael Jackson estava reinando na época. O 5150 foi exatamente o disco que tirou o Thriller do primeiro lugar.
ELDER - Juiz de Fora

fernando disse...

fala serio gente, van hagar é bom pra cacete!!!

jR! disse...

Gosto do Dave, mas o Sammy canta MUITO mais que ele.

Marcelo Oliveira disse...

Gosto do Sammy, mas sinceramnete, o David é, e sempre será a cara do Van Halen

Great!

Marcel