Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Accept - Objection Overruled (1993)


O dia 1º de fevereiro do ano citado no título desta carona foi marcado pela volta da essência do Accept, por assim dizer. Udo Dirkschneider (vocalista) e Stefan Kaufmann (baterista) deram um toque de maestria ao que se chama de "era pré-grunge". (Se ninguém chama assim, que assim seja.) A apetência pelo resto de rock pesado que ainda havia logo é saciada nas músicas iniciais. Um álbum instigante do começo ao fim. Sem rodeios. Como esse primeiro parágrafo.

Desde Russian Roulette (1986), Udo não fremitava seu gogó à frente da banda. Isto porque ele tinha decidido rumar por um caminho solo. As divergências tanto musicais como de adaptação do pequeno vocalista em viajar constantemente para os EUA foram algumas das deixas para sua saída da banda — e eles já tinham lançado o fabuloso Balls to the Wall (1983) e o indiscutível Metal Heart (1985). O batera Kaufmann se afastara por problemas de saúde; nada mais.

Nesse ínterim, em sua banda denominada criativamente de U.D.O., Udo lançou os notáveis Animal House (1987), Mean Machine (1988), Faceless World (1990) e Timebomb (1991). Na época, quem o substituiu foi David Reece. No entanto, o Accept não obteve êxito, lançando um álbum longe da mistura AC/DC-Judaspriestiana de sempre.

Este álbum aqui é um dos muitos últimos suspiros do Hard Rock/Heavy Metal, antes de Kurt e Cobainhia (entenderam o trocadilho, né?). Sem delongas, o álbum é poderoso. Esta é a palavra mais direta e simples que me vem à cabeça. O CD instila o ouvinte a um ambiente agressivo e cru, como o rock deve ser.

Logo de cara, notamos a força do Power Metal alemão. "Objection Overruled" é uma pedrada daqueles de virar dose de cachaça num trago só. Destaque para os corais, sempre grandiosos. Em seguida vem "I don't wanna be like you", que, por sua vez, tem uma pegada mais hard. Riffs bem encaixados; uma das melhores.

Bem, o post pode ficar (mais) chato, se eu me ater a cada música. Vamos arriscar nessas curvas, então. "Protectors of terror" é outro hardão com belas linhas vocais e "Slaves to metal", sinceramente, essa música tem uma levada inconfundível. O então solitário guitarrista Wolf Hoffmann, no riff principal, trabalha muito bem as palhetas, alternando o tempo. Refrão marcante e grudento, com a bateria de Kaufmann sempre segura.

Daí por diante, o que pensaria alguém normal? "Porra, se as quatro músicas são assim tão boas, o resto deve ser só pra completar o álbum..." Pois bem. "All or nothing" vem pra provar que eles tem tudo pra mostrar qualidade na sequência. "Bulletproof" é outro hardão, com um começo cativante, que nos faz lembrar dos embalos sulistas. Mas só até o primeiro power chord de Hoffmann.

"Amamos la vida" é uma declaração sobre a inércia que, de fato, a vida é. Uma bela balada e apesar do título, a música não é em espanhol. "Sick, dirty and mean" retoma a realidade. Peso e agressividade, sem lenga-lenga. "Donation" é mais um hard, desta vez é o baixo de Peter Baltes que leva o passageiro a sacudir a cabeça.

Outra balada, desta vez instrumental, com destaques para os solos de Hoffmann é a singela "Just by my own". E, claro, pra fechar sem muita frescura, "This one's for you". Powerzão de primeira. Sem mais. O CD é simplesmente poderoso, repito. Baixe, compre, decore: faça o que bem entender!

1. Objection Overruled
2. I Don't Wanna Be Like You
3. Protectors Of Terror
4. Slaves To Metal
5. All Or Nothing
6. Bulletproof
7. Amamos La Vida
8. Sick, Dirty And Mean
9. Donation
10. Just By My Own
11. This One's For You

Udo Dirkschneider - vocais
Wolf Hoffmann - guitarra
Peter Baltes - baixo
Stefan Kaufmann - bateria


(Link nos comentários / link on the comments)


PS - Caros passageiros, sou Breno Airan Meiden (apelido carinhoso de Silver), novo motorista da Combe. Mas creio que ainda em processo de experimento, afinal, minha carteira de habilitação ainda não saiu. Com o tempo, vou aprendendo a embrear melhor.


Por Breno Airan Meiden

14 comentários:

Lyn disse...

Breno, welcome to the team!
Abraços.

P.S.: Kd o link?

Anônimo disse...

ACCEPT -

http://www.4shared.com/file/c9MqcGD8/Objection_Overruled.html

Clauber rocker disse...

huauahhuahuahuahu FAIL :P

Accept é foda \m/

Silver disse...

BOA BRENO!

dnlz disse...

Uma vez eu vi em uma revista gringa a altura dos caras do Accept e sempre pensei que o Udo era meio baixote , o fato é que a galera lá beirava e até passava dos 2 metros e o Udo tinha quase um metro e oitenta, Accept é foda!!!
Valeu!!

GrassHoper disse...

Estréia em grande estilo, com o melhor trabalho do Accept desde o Metal Heart!

Ficou engraçado o link postado depois do 1º comentário, mas acontece... aos poucos vc vai aprendendo a manobrar melhor a Combe, :D

Abraços!

Lemmy disse...

Fail .... ahhaha

Podia ser pior, podia ter postado kiss !!! né silver ??ahsuahsuahs

Hairbanger disse...

boa, estreia em grande estilo, espero que mantenha o nivel nas postagens posteriores...

jantchc disse...

só pra ter certeza..

é outro silver né??

ótimo post..

valeu..

Silver disse...

Não saquei jantchc. :P

Kamelot disse...

MATADOR,essa é a palavra que me bem à mente ao ver esse album postado aqui,e simplesmente porque trata-se de um album da MELHOR BANDA ALEMÃ de HEAVY METAL...
Sou suspeito para falar desses caras afinal,quando decidi que HEAVY METAL seria o estilo adotado para toda a minha vida,eu comprei alguns LPS,e o 3º LP comprado foi do ACCEPT...eh eh.
Mas..vamos ao album e esse aqui é simplesmente uma PEDRADA,é HEAVY METAL sem frescuras,com RIFFS CORTANTES,vocais maravilhosos do mestre "UDO DONALD"...Rss.
Nesse album em minha humilde opinião,encontra-se o MELHOR SOLO DE GUITARRA para uma BALADA...trata-se do solo magnifico na música "AMAMOS LA VIDA",que sem sombra de dúvidas é uma das melhores músicas que a banda já gravou....
Bom,como vou citar alguma música em especial se o album inteiro é PODEROSO?.
Faz o seguinte: baixe isso aqui ouça 30 horas por dia,e depois de um ano inteiro ouvindo quem sabe vc não chega a uma conclusão!!!..eh eh.
Ah!!!e os caras já lançaram CLIPE do "NOVO ALBUM" (Blood Of The Nations)que será lançado em BREVE,e só pra variar esse será mais um grande album dessa GRANDE BANDA!!!.
RECOMENDO MIL VEZES!!!!...
Abraços....

jantchc disse...

só to perguntando se o breno é outro motorista q, por acaso, tb tem o apelido de silver..

ou se ele é o silver..

Silver disse...

Não... ele quis dizer que eu o dei o apelido. Ele é ele e eu sou eu.

Mestre Chinna disse...

Não conheço esse..mas vou por você...kkkk

só tenho os dois super classicos deles o restless e o balls to the wall...

obrigado pelo seu trabalho..