Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Ace Frehley - Trouble Walkin' [1989]


Ace Frehley deixou seus ex-colegas de Kiss (Paul Stanley e Gene Simmons) coçando a cuca quando lançou o primeiro álbum do Frehley's Comet, seu projeto solo. Músicas matadoras, disco de ouro e um modesto porém significativo 43° lugar nas paradas americanas garantiram subsídio para que Ace lançasse um sucessor, mas falhou. "Second Sighting", lançado no ano seguinte, conta com uma sonoridade muito pasteurizadas, baladas forçadas e baixas vendas.

O Spaceman logo desmanchou o Comet e começou a trabalhar em um disco que levaria apenas seu nome. Para a gravação do play, apenas o baixista John Regan foi mantido da formação anterior. Para os postos restantes, foram convocados o baterista Anton Fig, que tocou no primeiro disco do Frehley's Comet e logo saiu para integrar a banda de David Letterman, e o guitarrista Richie Scarlet, que fez parte da primeira formação do já citado Comet em meados de 1984.

Além disso, várias participações especiais permearam o disco, como o trio Rachel Bolan, Dave "The Snake" Sabo e Sebastian Bach (Skid Row) nos backing vocals e o ex-companheiro de palco de Ace, o eterno baterista Peter Criss, em passagens de percussão e backing vocals.


Apesar de ter feito menos sucesso ainda do que "Second Sighting", afirmo com firmeza que "Trouble Walkin'" é bem superior, pois retoma o som hardeiro, setentista e levemente blueseiro que o guitarrista fez em sua passagem pelo Kiss, lembrando, inclusive, o seu primeiro disco solo, lançado simultaneamente com o dos outros integrantes da banda mais quente do mundo em 1978.

Basicamente "Trouble Walkin'" é o que todos já conheceram anteriormente em canções como "Shock Me", "Speedin' Back To My Baby", "Hard Times", "Rip It Out", "Talk To Me" e afins, com uma pegada mais madura, mas nada que deixe a essência se perder. Do começo ao fim, pode-se esperar guitarras com tom bem clássico, cozinha digna, composições diretas e a voz de bêbado porém divertidíssima de mr. Frehley.

Apesar do play seguir uma linearidade de composição, me sinto na obrigação de destacar músicas como a paulada "Five Card Stud", a excelente "Hide Your Heart" (originalmente do Kiss), a roqueira "Trouble Walkin'" e a rápida "2 Young 2 Die" (onde Scarlet assume os vocais).

Se procura Rock N' Roll divertido, com pegada, sem farofagem, sem firulas e com garantia de qualidade, mergulhe de cabeça em "Trouble Walkin'"!

01. Shot Full Of Rock
02. Do Ya
03. Five Card Stud
04. Hide Your Heart
05. Lost in Limbo
06. Trouble Walkin'
07. 2 Young 2 Die
08. Back To School
09. Remember Me
10. Fractured III

Ace Frehley - vocal, guitarra
John Regan - baixo, backing vocals
Richie Scarlet - guitarra, vocal em 7, backing vocals
Anton Fig - bateria, percussão

Músicos adicionais:
Sandy Slavin - bateria, percussão
Peter Criss - percussão, backing vocals
Sebastian Bach - backing vocals
Dave Sabo - backing vocals
Rachel Bolan - backing vocals
Peppi Castro - backing vocals
Al Fritsch - backing vocals
Pat Sommers - backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

5 comentários:

Anônimo disse...

Trouble Walkin' [1989]

http://www.multiupload.com/KU2W0CYYGB

Kiko Brandão disse...

e ai meu caro!
bom saber que voltou com o seu blog, com certeza um dos melhores do gênero.

Sim cara... antes de excluirem seu blog tinhamos uma parceria de links, seria possivel voltarmos com essa parceria?

http://www.naotocanaradio.blogspot.com/

abraço

Pedro Frasson disse...

Clássico!

Arucard disse...

Ae pessoal da Combe, sei que sugestões via comentário não são muito agradáveis, mas tava dando uma olhada aqui nos arquivos de e vi que ainda não tem nada do Pappo (Roberto Napolitano), provavelmente o maior guitarrista argentino que eu já tive o prazer de ouvir...

Poderiam postar algo dele, já que o cara tocou de tudo, desde Blues setentista (Pappo's Blues) até Heavy Metal tradicional (Riff)...

Fica aqui a dica.

Abraços,

Arucard.

khristian disse...

ace is god!!!!