Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 13 de junho de 2010

Danger Danger - Four The Hard Way [1998]

Capa japonesa

O Danger Danger não se abalou com a queda de popularidade do Hard Rock, pois continuou na ativa. Apesar de terem lançado o questionado "Dawn", de 1995, que é um ótimo álbum mas aborda uma sonoridade diferente, os caras deixaram mais uma obra-prima aos seus fãs em meados de 1998. "Four The Hard Way" foi lançado pelo selo independente MTM Records e, por essas e outras, não era esperado que repetisse o feito do debut da banda e conquistasse disco de ouro. Mas a qualidade é incontestável.

O som não é mais o mesmo e evito comparar se melhorou ou piorou, mas as canções estão bem mais maduras e não há mais aquela abordagem Pop Metal, além do vocalista não ser mais Ted Poley e sim o excelente Paul Laine. O flerte para composições mais modernas é notável, mas sem uso de sintetizadores ou influência industrial/alternativa. E a essência ainda está forte por aqui, até porque os principais compositores da banda, Bruno Ravel e Steve West, sempre estiveram por aqui.

Tem-se, durante "Four The Hard Way", Hard Rock muito bem feito, mesclando elementos de composição mais atuais e um 'quê' de AOR. É coerente afirmar que o play alia os dois trabalhos com Ted à modernidade de "Dawn". O resultado? Riffs fortes e imponentes, cozinha poderosa, criatividade ímpar, teclados básicos e vocais dignamente Hard de Laine.

A abertura, com "Still Kickin'" e "Sick Little Twisted Mind", remete o ouvinte ao estilo clássico do Danger Danger, mesmo sendo esta um pouco mais moderna, justamente por serem duas faixas do engavetado "Cockroach", terceiro álbum com Poley que só sairia em 2002. Em seguida, duas composições de Paul: "Jaded", que continua o approach moderno aliado a um Hard Rock belíssimo e a balada "Captain Bring Me Down", que é uma ótima e melancólica faixa, onde Laine simplesmente BRILHA.

Capa para o resto do mundo

"Goin' All The Way" novamente lembra a sonoridade clássica do DD, com um baita riff e uma melodia apaixonante, enquanto a sucessora "The Girl Ain't Built To Sleep Alone" é um pouco experimental mas mantém a essência. "Goin' Goin' Gone" e "Afraid Of Love", outras duas faixas do álbum "Cockroach", representam duas das melhores investidas do play aqui resenhado, sendo esta uma belíssima power-ballad e aquela, uma paulada dignamente Danger com destaque às guitarras mágicas de Andy Timmons (responsável pela maioria das guitarras aqui).

O álbum fecha lá na estratosfera com "Heartbreak Suicide", outra composição de Laine e um digno hino hard-rocker, e "I Don't Need You", Hard meio moderno de ótima letra. Ainda, na versão que trago-vos nessa postagem, encontra-se uma faixa bônus mais do que excelente: uma regravação de "Comin' Home", balada do clássico "Screw It!", de 1991, em que a voz poderosa de Paul simplesmente mata a paulada com uma performance repleta de feeling.

"Four The Hard Way" é um puta disco de Hard Rock dos anos 1990, provavelmente um dos melhores lançados após o declínio do gênero. E, de fato, é um belo tapa na cara de quem disse que o Hard Rock morreu após a ascenção do Grunge.

01. Still Kickin'
02. Sick Little Twisted Mind
03. Jaded
04. Captain Bring Me Down
05. Goin' All The Way
06. The Girl Ain't Built To Sleep Alone
07. Goin' Goin' Gone
08. Afraid Of Love
09. Heartbreak Suicide
10. I Don't Need You
11. Comin' Home '98 (Bonustrack)

Paul Laine - vocal, guitarra
Bruno Ravel - baixo, guitarra, teclados, backing vocals
Steve West - bateria, percussão, backing vocals

Músicos adicionais:
Andy Timmons - guitarra, backing vocals
Kasey Smith - teclados adicionais, backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

7 comentários:

Anônimo disse...

Four The Hard Way [1998]
(45,7mb ~ 128kbps)

http://www.multiupload.com/I90LXN5DP2

jantchc disse...

não gostei do 1º disco do DD, mas como é dito q aqui a roupagem é um pouco mais moderna, vou experimentar..

valeu..

sueco disse...

não é possível não gostar do primeiro disco deles...

Weschap Coverdale disse...

Repito as palavras do SUECO:

não é possível não gostar do primeiro disco deles... [2]

jantchc disse...

demorou muito mas escutei este cd..

achei bem legal..

as duas primeiras são fodas, mas depois o disco baixa o ritmo, tendo algumas faixas boas e outras ruinzinhas..

e na verdade não gostei dos dois primeiros cds deles..

mas este é bom

Xandss disse...

Muito bom esse CD !!
Hard Rock com roupagem mais moderna, sem ser POP.
Destaques (na minha opinião):
Still Kickin'
Jaded
Captain Bring Me Down
Goin' All The Way.

Valeu pessoal do BLOG, valeu mesmo.
Já fui uploader dos antigos e finados Keepers of Metal (Fórum e BLOG) e do Metal Resurrection (Fórum) e sei o qnto é importante os comentários para a equipe.

Anônimo disse...

rare!!!