Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 31 de julho de 2010

AC/DC - Black Ice [2008]


Essa semana o mundo recebeu a notícia de que o AC/DC finalizou a turnê do disco dessa postagem e alcançou a arrecadação de 441,6 milhões de dólares - a segunda maior da história das turnês, perdendo apenas para "A Bigger Bang Tour", do The Rolling Stones, que acumulou 558,1 milhões de dólares. Inspiro-me, então, a postar tal petardo.

Foi o maior alvoroço quando fora anunciado que o AC/DC lançaria um novo álbum de inéditas. Desde "Stiff Upper Lip", em 2000, o quinteto australiano não colocava uma nova bolacha nas prateleiras. O lançamento se deu em outobro de 2008 e a Combe vazou o play, sendo um dos primeiros blogs a vazá-lo antes mesmo de seu lançamento, mas isso pouco importa - até porque, logo fomos "castrados". (risos)

"Black Ice" foi gravado durante os meses de março e abril de 2008 nos estúdios Warehouse de Vancouver, Canadá. Suas composições começaram a ser trabalhadas em meados de 2006 e o álbum estava previsto para sair ao fim do mesmo ano, mas esse atraso ocorreu por conta de uma lesão sofrida pelo baixista Cliff Williams e por uma troca de gravadora - o grupo passou da Epic para a Columbia Records. A produção foi assumida por Brendan O'Brien, que tem um curriculum extenso com nomes do porte de Pearl Jam, Jackyl, Velvet Revolver, Bruce Springsteen e por aí vai.

Muito se falou sobre ser "o melhor disco desde 'Back In Black'", "volta aos velhos tempos" e afins, porém isso não passa de balela de gente empolgada com novo lançamento, já que a banda nunca deixou de fazer a sonoridade que os consagrou e desde sempre vem lançando discos inspiradísismos.

As diferentes capas de "Black Ice"

A magia de "Black Ice" é bárbara, em particular. É um "mais do mesmo" que garante a diversão de milhões de ouvintes. Desde o surgimento do grupo, a proposta é a mesma. O foco nunca deixou de ser o Rock n' Roll meio-blueseiro-meio-hard com guitarras fabulosas, solos tocantes, cozinha básica, vocais esganiçados, melodias diretas e letras repletas de testosterona. O que impressiona é que, mesmo fazendo a mesma coisa, o som do quinteto nunca deixou de ser viciante e adorado por qualquer tipo de rocker. Segue a fórmula de sempre sem permitir que a música fique obsoleta. Então há, sim, uma espécie de "reinvenção". Meio escondida dos ouvidos mais leigos, mas há.

Como sempre, a recepção foi calorosa. "Black Ice" atingiu a primeira posição das paradas de 30 países, desde os tradicionais Estados Unidos, Austrália, Japão e Reino Unido até os mais peculiares como Cingapura, Hungria e Argentina. Os singles de "Rock N' Roll Train", "Big Jack" e "Anything Goes" conquistaram boas posições nas paradas especializadas e, nos dias de hoje, estima-se que já tenha vendido 5,5 milhões de cópias por todo o mundo, sendo 50 mil destas apenas no Brasil, onde o disco recebeu disco de ouro - raro para uma banda de Rock estrangeira.

Ao meu ver, destacam-se das demais a abertura "Rock N' Roll Train", as pesadas "Wheels" e "War Machine", as divertidas "Big Jack" e "She Likes Rock N' Roll", a blueseira "Stormy May Day" e a ótima "Anything Goes", irmã bastarda de "Who Made Who". Mas vale ouvir tudo, no último volume, tocando air-guitar e tudo o mais - afinal, estamos falando de AC/DC.

01. Rock N' Roll Train
02. Skies On Fire
03. Big Jack
04. Anything Goes
05. War Machine
06. Smash N' Grab
07. Spoilin’ For A Fight
08. Wheels
09. Decibel
10. Stormy May Day
11. She Likes Rock N' Roll
12. Money Made
13. Rock N' Roll Dream
14. Rocking All The Way
15. Black Ice

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo, slide guitar em 10
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria, percussão

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

15 comentários:

Anônimo disse...

Black Ice [2008]
(89mb ~ 224kbps)

http://www.multiupload.com/446ZEB2ZE1

arthur disse...

esse album realmente valeu a espera. 8 anos de jejum mas em seguida 15 faixas das mais inspiradas

Anônimo disse...

awesome!

caique disse...

As capas mais legais são a branca e a amarela :D

Yusef disse...

uoooooooooooooooooooooooouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
é de chutar o pau da barraca com esse disco...!
Vlw Combe

Rodrigo Thomas disse...

como dito na resenha, é mais do mesmo! mas não deixa de ser bom.

dnlz disse...

Até que em fim um som de baixo decente em um disco do AC DC, posso até arriscar mas acho que depois do Back in black esse é o segundo melhor da segunda fase

Anônimo disse...

Lembro que alguém aí da combe me mandou o ink por email depois da "castração", ahaha..É um dicaço, tanto que depois comprei o original. Vale muito!!

Weschap Coverdale disse...

Quem dera todo mais do mesmo fosse assim. E que nunca mude, continue assim para sempre, fazendo rock carregado de testosterona...

ZORREIRO disse...

Concordo com DNLZ, apesar de que the razor's edge também é foda.
Estou em dúvida....
thunderstruck é pra tocar no meu velório...

gui disse...

eu baixei aqui depois fui comprar o original. rock and roll nao morreu porra!!!

jantchc disse...

o disco é legal, mas prefiro qq disco ao vivo dos caras..

acho q eles arregaçam muito mais ao vivo do q no estudio..

Anônimo disse...

melhor Rock do mundo

Anônimo disse...

e q venham mais 30, 40 50 anos de carreira para eses caras

Anônimo disse...

Eu sabia que ira encontrar aqui. Valeu!!