Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Suicidal Tendencies - Suicidal Tendencies [1983]

Inaugurando a sessão crossover thrash, venho hoje postar o primeiro disco do Suicidal Tendencies, uma de minhas bandas preferidas.

A história do Suicidal começa no início dos anos 80, quando Mike Muir (o "cabeça" do Suicidal, digamos) e mais 3 carinhas, Louiche Mayorga, Grant Estes e Amery Smith, todos de origem latina e habitantes de Venice, decidiram formar uma banda. Tinham um visual diferente, inspirados na cultura latina e negra.

Com o tempo, a banda começou a atrair um público, basicamente composto por punks e skatistas.

Como o Suicidal tinha certas ligações com algumas gangues (e também por todos os integrantes terem origem latina), a polícia estava sempre na cola da banda, principalmente nos shows, que costumavam sempre acabar em pancadaria.

Após o lançamento desse álbum, em 1983, começaram uma tour pelos EUA. Como eles não tinham quase dinheiro algum, fizeram muitos shows de graça, ou por troca de alguns centavos. E também, o PMRC (Parental Music Resource, espécie de censura americana às canções), iniciou uma perseguição ao grupo, alegando que o nome, a postura e as músicas da banda eram ofensivas. A polêmica atraiu mais fãs, mas, a justiça conseguiu proibir o Suicidal de fazer qualquer tipo de apresentação ou de gravar algo durando 5 anos. A gravadora da banda interveio, e negociou para encurtar o prazo para 2 anos apenas.

Após o recesso a banda grava o "Join in the Army"...Mas bem, isso é história pra outro post. Agora, falando do álbum em si: em minha opinião é o melhor do Suicidal, total porrada, insano, com letras muito críticas e bem pesadas pra época, tanto que deu todo esse rolo de eles ficarem proibidos de tocar por 2 anos...

O som é totalmente agressivo, hardcore/crossover na mais pura essência, sem viadagens ou frescurites! Meus destaques vão para "Suicide's An Alternative/You'll Be Sorry", "Two Sided Politics", Institutionalized" (que tem em algum Guitar Hero por ae e é provavelmente o maior hit da banda, e tem também um clipe muito louco), "Memories of Tomorrow", "I Saw Your Mommy" e "Suicidal Failure".

Se você gosta de tomar tapa na orelha e ainda não tem esse álbum, não perca tempo e baixe agora!

1. Suicide's an Alternative / You'll Be Sorry
2. Two Sided Politics
3. I Shot the Devil
4. Subliminal
5. Won't Fall in Love Today
6. Institutionalized
7. Memories of Tomorrow
8. Possessed
9. I Saw Your Mommy...
10. Fascist Pig
11. I Want More
12. Suicidal Failure

Link nos comentários
Link on the comments


(1000 tretas e 1000 cycos)

6 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?t0393zacfiwd7zl

Bang your head disse...

Discão... muito bom, conheci a banda na época do "Join the army", comprei em vinil (!!!!), foi uma porrada, tipo 1987 ou 88, muito bom... faltou mencionar que no clipe desse álbum, o Tom Araya do SLAYER aparece fazendo uma ponta (ele é o banger com a camisa da banda), yeah! Grande post!!

sueco disse...

PEPITA!!!

POST DO CARALHOO!!!!

FODA DEMAIS!!!

Isaac disse...

Muito bom!
Não conheço muito bem a banda e essa será a oportunidade.
Valeu!
\m/

Anônimo disse...

Disco foda pra caralho !!!
Clássico !!!

Anônimo disse...

Bicho, eese disco é hardcore puro não tem nada de crossover.
O Join the army que é crossover.