Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Def Leppard - Hysteria [1987]


Existem discos que são divisores de água na carreira de alguns grupos, e que mudam totalmente a sua sonoridade e reinventa tudo o que havia sido feito anteriormente pela banda. O que normalmente ocorre após estes discos é que o feito não é repetido, gerando registros de qualidade inferior, ou mesmo daí para frente não tendo mais nenhum sucessor a altura. Mas como toda regra tem a sua exceção, podemos colocar o Def Leppard nesta categoria, com o espetacular Hysteria.

E a história para gravação desse disco é algo digno de roteiro de filme Hollywoodiano. Após começarem a carreira participando da NWOBHM (New Wave of British Heavy Metal), em 1983 conheceram o sucesso com o magnífico Pyromania, com hinos do calibre de "Photograph" (que chegou com seu clipe a desbancar o clássico "Beat It", que nem preciso falar de quem é, sendo o clipe mais pedido na época), "Foolin", "Rock of Ages" entre outros, se tornando uma das bandas mais populares do mundo. Após este petardo, no ano seguinte estava sendo programado o início das gravações do sucessor, mas uma tragédia interferiria esta programação. No dia 31 de dezembro de 1984, o baterista Rick Allen perdeu o seu braço esquerdo, após um acidente em uma estrada com seu Corvette, ao bater contra uma parede de pedra, devido não suportar ter sido ultrapassado por um Alfa Romeo. Isso seria apenas o suficiente para que Allen fosse despedido e que fossem atrás de um novo baterista, ou que a banda acabasse.

Mas a união da banda neste momento prevaleceu, Allen após uma lenta recuperação, desenhou uma bateria com a qual ele tocava com os pés e apenas um braço só e voltou aos palcos em 1986, durante o festival Donington Monsters of Rock, mostrando que havia dado a volta por cima, e fez com que a banda fosse para o estúdio com a produção de Robert "Mutt" Lange, que tinha como conceito fazer um Thriller versão rock, onde cada música tivesse o potencial de ser tornar um single.


Iniciando o disco, temos "Women" com sua levada mais cadenciada e que foi o primeiro single nos E.U.A, com o objetivo de se aproximar de seu público da fase inicial, mas que não deu muito certo, pois foi a música do disco que atingiu a posição mais baixa nas paradas com um modesto 80º lugar nas paradas, mas se mostrando um hard vigoroso. "Rocket" com seu lado mais experimental, investindo nas vocalizações do grupo e ritmo ainda cadenciado, como se fosse um esquenta para a seleção de sucessos que viriam daí para frente.

E o primeiro grande petardo do disco vem na clássica, animadíssima e selvagem "Animal", com sua levada festiva, refrães impecáveis e melodia memorável, daquelas que grudam na cabeça e ficam martelando durante dias, mostrando a inspiração nas composições e produção do disco, deixando ainda mais empolgado com a seqüência que vem a seguir. A baladaça "Love Bites", se tornaria um dos grandes clássicos do grupo e uma das maiores power ballads da história do rock , onde a banda acerta mais uma vez nas vocalizações e refrães e conquista o ouvinte, mostrando que se o objetivo era criar hits, foram bem sucedidos no mesmo.

"Pour Some Sugar on Me" vem com uma pegada mais sensual, tanto que se tornou uma música que foi muito executada em boates na época, com sua letra picante e ritmo cativante, em um hard extremamente melódico e grudento, que gruda e não sai da cabeça durante dias, e refrão que pode ser facilmente cantado a plenos pulmões, sendo mais um clássico apresentado por estes grandes britânicos, fazendo que a cada minuto este disco se torne memorável. "Armageddon It" continua com o astral lá em cima e continua com o nível altíssimo nível do disco, com solos legais, sendo capaz de levantar até defunto com o nível de alegria apresentado até aqui.


"Don't Shoot Shotgun" e "Run Riot" continuam com o clima festivo do disco e mostram em que nenhum momento houve enchimento de lingüiça, e que tudo aqui era bom e realmente memorável como era a proposta a inicial do disco. "Hysteria" e "Love and Affection" encerram este disco com chave de ouro, sendo mais duas baladas melódicas e marcantes, com o padrão Def Leppard, que é uma das bandas dentro do hard especialistas nesse quesito, e que deixam a vontade de voltar e ouvir tudo novamente.

Então se você ainda não conhece (o que acho improvável), essa é uma ótima pedida para se amarrar no som dessa grande banda. Se você ouviu e não gostou anteriormente, dê uma nova chance com a mente aberta e se lamente o tempo perdido. Disco obrigatório na coleção de qualquer um que se julgue amante do bom e velho rock n' roll.


1.Women
2.Rocket
3.Animal
4.Love Bites
5.Pour Some Sugar on Me
6.Armageddon It
7.Gods of War
8.Don't Shoot Shotgun
9.Run Riot
10.Hysteria
11.Excitable
12. Love and Affection

Joe Elliot - Vocais
Phil Collen - Guitarra
Steve Clark - Guitarra
Rick Savage - Baixo
Rick Allen – Bateria

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS



By Weschap Coverdale

23 comentários:

Anônimo disse...

http://www.multiupload.com/IJILHPYL77

Silver disse...

Crássico!

Anônimo disse...

Esse é sem dúvidas um must have

Marcus V. disse...

Belo up, discaço..

Kamelot disse...

Se tem um album que poderíamos chamar de PERFEITO,esse sem sombra de dúvidas é o HYSTERIA do grande DEF LEPPARD.
Indiscutivelmente,esse é o MELHOR album da banda,e aqui estão as melhores músicas da banda.
Claro que como fã,eu curto TODOS os albuns da banda,mas dizer que eles não pisaram na bola em alguns albun seria hipocrisia...e ainda estão devendo um bom album.
Bom,tudo nesse album é de tirar o chapéu,desde a produção(maravilhosa),Músicas(Sem comentários...),Banda(Perfeita..),Backings (Como poucos sabem fazer..),e HITS que certamente fará até sua BISAVÓ bater a cabeça....
Por esse "PEQUENO" motivo,não vou destacar alguma faixa em especial pois certamente seria uma COVARDIA,e um PECADO dos grandes,afinal o album é sim uma OBRA PRIMA do HARD ROCK...mas me arrisco a dizer que GODS OF WAR,e ARMAGEDDON IT,são as melhores músicas que já ouvi em minha vida...(Claro que assumo meus exageros..rss)..mas essas músicas são especiais pra mim.
Enfim...um album MARAVILHOSO,que saiu após muitas pedras no sapato da banda.
O Def Leppard,é na minha opinião o EXEMPLO de superação...pra quem conhece muito bem a banda,sabe bem do que estou falando....e só por isso,esses caras merecem NOTA MIL...
Parabens pelo excelente POST...indiscutivelmente,na minha opinião..."O MELHOR POST DE TODOS OS TEMPOS".
BAIXEM....e curtam A MELHOR BANDA DE HAR ROCK DO MUNDO....
Abraços.

CArlos Sugawara disse...

"crássico é crássico e visse verça"

Hairbanger disse...

clássico absoluto... n sabia da historia de rick allen n querer deixar barato a ultrapassem de um alfa romeo... adoro essas curiosidades. verdadeira clássico, uma ótima pedida para quem nunca ouvia nada sobre rock n roll.

Anônimo disse...

eu até prefiro o Adrenalize, mais o Histeria é um classico do rock!

Anônimo disse...

Discão!!!!!!!

Anônimo disse...

Discaço! Belo post!!

kaique disse...

Disco incrivel, pra mim ah melhor banda do mundo, Def Leppard

ZORREIRO disse...

Quem tiver, leia o texto do encarte do LP.
É um desabafo sobre todas as merdas que estavam ocorrendo com eles na época.
Sinceramente, Steve Steaming Clarke faz uma puta falta...

Agent Orange disse...

Só por curiosidade, o Def Leppard estava com seu primeiro Show no territorio brasileiro agendado no Rock'N'Rio de 1985 quando Rick Allen sofreu o acidente e tiveram que cancelar a apresentação e foram substituidos na época pelo também grande Whitesnake.
A sina de "Banda Maldita" sempre seguiu o Leppard pois além de perder seu guitarrista Steve Clark em 1991 para o alcolismo, era ela quem abria para Ozzy Osbourne quando o fatídico acidente de avião encerrou a precoce e sensacional carreira de Randy Rhoads.
Mas apesar dos fatídicos "acidentes" sempre primou por um ótimo Hard/Pop Rock.

Ernesto disse...

O LINK TA OFF...

Silver disse...

Tá doido ou comeu cocô? O link funciona perfeitamente!

Anônimo disse...

Existem poucos discos na minha opinião que não tem defeitos. Hysteria é um deles.

Poderia colocar junto todos os oito primeiros discos do KISS de estudio (os Alives não valem, porque passam da perfeição), Look what the cat dragged in do Poison, Poison do Alice Cooper, Apettite for destruction do Guns, Whitesnake de 1987, o 1° do Frehley's Comet.

Def Leppard rox!

Diogo disse...

Só tinha ouvido falar da banda, mas agora eu posso dizer que é muito bom o som dos caras.

Israel disse...

clássicão!

roadkill guitarplayer disse...

magnifico up!!

Anônimo disse...

realmente show de bola

Anônimo disse...

Fodástico, sem pensar duas vezes

Anônimo disse...

O bom é começar ouvir dos classicos

=)

Daniel disse...

Já ouvi falar dessa banda, mais nunca ouvi um álbum deles. Baixando para conhecer.

Abraço
Daniel