Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Mötley Crüe - Live At Starwood (First Shows Ever) [1981]


"Rude, barulhento, agressivo". Os adjetivos que o guitarrista Mick Mars atribuiu à si próprio no anúncio para o jornal The Recycler, onde foi achado por Nikki Sixx e Tommy Lee nos tempos de formação do Mötley Crüe, se encaixam perfeitamente no que foi a banda nos tempos de underground, principalmente.

O registro dessa postagem pode resumir o que foi anteriormente dito com maestria - até porque, se trata de um apanhado das duas primeiras apresentações do Mötley Crüe. Sim, se trata da estreia dos futuros rockstars. que se deram nos dias 24 e 25 de abril de 1981 no Starwood Night Club, casa de shows hollywoodiana que abriu o primeiro espaço para outras bandas como Van Halen, The Runaways e as já citadas Dokken e Quiet Riot.

Nessas datas, o Crüe abriu para o Y&T, que também pertencia ao underground mas já era mais conhecido. Segundo depoimentos dos integrantes e de presentes, a plateia urrava por mais Mötley e o Y&T, apesar de ser um grupo de qualidade estupenda, tocou apenas para metade do público anteriormente presente. Uma estreia com tal reação explica perfeitamente as conquistas do quarteto anos depois.


Do repertório escolhido, duas canções entraram no debut dos caras, lançado 7 meses depois: "Public Enemy #1" e "Too Fast For Love" (faixa-título do álbum). Outras seriam lançadas no futuro em coletâneas e na remasterização do disco de estreia, como "Toast Of The Town", "Stick To Your Guns" e "Tonight", esta cover do The Raspberries. Mas duas permaneceriam para sempre no anonimato: "Why You're Killing Yourself?" e "Nobody Knows What's Like To Be Lonely".

Apenas pelo áudio - que tem uma boa qualidade de som para uma gravação de plateia -, pode-se facilmente notar a energia dos caras. Algo incrível, diferenciado e potente, que os diferenciou da maioria das bandas de Hard da época. A fusão entre Punk e Hard/Heavy, as guitarras afinadas um tom abaixo do padrão, os vocais estridentes, a cozinha rápida, os backing vocals gritados e alguns outras características foram essenciais para a explosão do Mötley.

E todos esses elementos e muito mais estão aqui, esperando a conferida do caro leitor-ouvinte da Combe!

PS: postagem dedicada ao camarada Logan, do chat de MSN do blog. O mesmo salientou que nenhuma loja da Galeria do Rock de São Paulo possuía tal registro para venda. Aqui vocês encontram, de graça, porque vender bootleg é uma "puta falta de sacanagem".

01. Too Fast For Love
02. Nobody Knows What's Like To Be Lonely
03. Why You're Killing Yourself?
04. Paperback Writer - Cut (The Beatles Cover)
05. Public Enemy #1
06. Stick To Your Guns
07. Toast Of The Town
08. Tonight (The Raspberries Cover)
09. Public Enemy #1 (Reprise)

Vince Neil - vocal
Mick Mars - guitarra, backing vocals
Nikki Sixx - baixo, backing vocals
Tommy Lee - bateria

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

11 comentários:

Anônimo disse...

Live At Starwood [1981]

http://www.multiupload.com/GLJ8BDJTPR

Weschap Coverdale disse...

Apenas uma palavra para definir este post: HISTÓRICO. Imperdível e exclente post Silvoca!

Tiago disse...

Valeeu Silver!
Esse ainda não ouvi vou conferir agora.

Anônimo disse...

Mötley fucking Crüe =]
tambem acho que seria uma "puta falta de sacanagem" eu nao baixar para conferir \o

Hairbanger disse...

tenho nem o q falar sobre este post. vou repetir o q o weschap disse: HISTÓRICO!

ZORREIRO disse...

Esse são guerreiros!!!!!!

Anônimo disse...

banda foooooodddaaaa!!!
Ótimo post, vou conferir a qualidade!

Valew!!

Anônimo disse...

Aiô Silver!!! Valeu, man!

Anônimo disse...

cara o link tá quebrado posta outro ae. valeu!!!!!!

Silver disse...

Acabei de testar e o link está normal. Você que não deve estar sabendo como baixar em meio à tantas opções.

Rex Niskke disse...

cara a "Nobody Knows What's Like To Be Lonely" xegou a ser grqavada como demo pra ser incluida no debut dos caras,o "Too Fast for Love",mas nao foi incluida no album,eu tenho uma gravaçao demo dela aqui de estudio,que nao esta 100% cristalina,mas acho que esta um poco melhor que a desse boot,se quiserem eu upo ela e umas otros demos de umas outakes que tenho deles aqui,juto com uasm outtakes do "Shout ate the Devil" e do "Dr. Feelgood",quanto a otra faixa,eu nunca conseguia encontrar nda sobre ela e tbm gostaria de saber se eles xegarama gravar alguma demo dela pro debut,e vlw pelo boot