Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 27 de julho de 2010

Poison - Flesh & Blood + Live At Monsters Of Rock [1990]


Isso andou acontecendo sem eu notar, mas todo fim de mês, desde abril, venho postando Poison. Pra não perder o costume, um post "maiorzinho" pra deleite dos fãs da banda!

Flesh & Blood [1990]

Depois do grande sucesso que foi "Open Up And Say... Ahh!", que manteve a média de qualidade do primeirão "Look What The Cat Dragged In", o Poison já não sofria tanto daquela pressão de ter que lançar um sucessor à altura da estreia. Dessa forma, trabalharam em um terceiro disco que mostra maior amadurecimento do que seu antecessor já apresentava. Sob a produção do ótimo Bruce Fairbairn, "Flesh & Blood" foi lançado em junho de 1990 pela Enigma Records, que desde 1989 era pertencente à Capitol/EMI. O quarteto se apresentava em ótima fase e não foi difícil se obter excelentes canções para a bolacha.

Por conta das temáticas mais sérias que foram abordadas, como o lado ruim de relacionamentos afetivos (que já eram abordados mas ganharam mais espaço), raiva, desilusão e angústia, pode-se afirmar que esse é o primeiro lançamento do grupo que pode realmente ser levado a sério. As composições, lideradas pelo talentoso frontman Bret Michaels, estavam mais intensas, mais cheias de emoção e menos corriqueiras. Tem-se, como prova, músicas do cunho de "Come Hell Or High Water", "Life Loves A Tragedy" e as power-ballads "Something To Believe In" e "Life Goes On".

Novas influências também dão as caras por aqui: o lado Blues do quarteto, que já dava alguns "alôs" bem discretos porém perceptíveis nos lançamentos antecessores, aflorou ao longo desse disco. "Poor Boy Blues" assinou o atestado, mas em outras composições isso é mais do que notável, principalmente pela fantástica guitarra de C.C. DeVille e seus riffs inspiradíssimos e blueseiros, bem como pela cozinha criativa e versátil de Bobby Dall e Rikki Rockett.


Todavia não se deve esperar chatice e pouca diversão do álbum pois os petardos festeiros ainda permanecem com a mesma energia de sempre: "Unskinny Bop", "Let It Play" e "Ride The Wind", entre outras, representam bem o lado que popularizou o Poison nos anos 1980.

"Flesh & Blood" manteve a popularidade angariada pelo quarteto naqueles tempos. Em um ano, o play já havia conquistado disco triplo de platina nos Estados Unidos por passar de 3 milhões de cópias vendidas, enquanto faturou disco de ouro no Reino Unido e quádruplo de platina no Canadá. Nos dias de hoje já vendeu 7 milhões de exemplares ao redor do mundo. A turnê, que já começou com a banda como headliner, foi um sucesso e deixou os norte-americanos na estrada por um ano e meio. E os singles de "Unskinny Bop" e "Something To Believe In" ocuparam respectivamente as posições 3 e 4 dos charts gerais da Billboard, também garantindo boa repercussão em vários países.

Infelizmente esse foi o último registro de estúdio com C.C. DeVille até seu retorno em 1999. Obviamente os tempos já eram outros e o Poison nunca chegaria ao patamar que já esteve. Felizmente produziram o excelente "Native Tongue" a seguir, mas o mesmo já foi abordado por aqui. No mais, tem-se aqui um puta discão, clássico do Hard oitentista. Confiram já esse petardo!

01. Strange Days of Uncle Jack
02. Valley Of Lost Souls
03. (Flesh & Blood) Sacrifice
04. Swampjuice (Soul-O)
05. Unskinny Bop
06. Let It Play
07. Life Goes On
08. Come Hell Or High Water
09. Ride The Wind
10. Don't Give Up An Inch
11. Something To Believe In
12. Ball And Chain
13. Life Loves A Tragedy
14. Poor Boy Blues

Bret Michaels - vocal, violão
C.C. DeVille - guitarra, violão, backing vocals
Bobby Dall - baixo, teclados, piano, backing vocals
Rikki Rockett - bateria, percussão, backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)



Live At Monsters Of Rock [1990]

Essa pepita foi gravada no lendário festival Monsters Of Rock, realizado no autódromo inglês de Donington Park no dia 18 de agosto de 1990. Juntamente do Poison, tocaram bandas como Thunder, Quireboys, Aerosmith e Whitesnake, sendo que as duas últimas fecharam a noite.

A performance, apesar de curtinha (apenas 50 minutos, considerando que os concertos do grupo duravam bem mais de uma hora), compensa ser conferida. Todos os integrantes esbanjam energia, presença de palco e boa forma em um repertório abarrotado de clássicos de se tirar o fôlego.

E pra convencer de vez, a gravação foi retirada da mesa de som - ou seja, sonzeira cristalina e pronta pra ser desfrutada!

01. Look What The Cat Dragged In
02. Look But You Can't Touch
03. Poor Boy Blues
04. Unskinny Bop
05. Every Rose Has Its Thorn
06. Ride The Wind
07. Let It Play
08. Fallen Angel
09. Nothin' But A Good Time
10. Talk Dirty To Me

Bret Michaels - vocal, violão
C.C. DeVille - guitarra, backing vocals
Bobby Dall - baixo, backing vocals
Rikki Rockett - bateria, backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver


26 comentários:

Anônimo disse...

Flesh & Blood [1990]

http://bit.ly/bS7IcF

***

Live At Monsters Of Rock [1990]

http://www.multiupload.com/2X91YFDR2O

RÖMEU 69 disse...

Adoro esse cd!! Tenho em vinil e fui no show do Hollywood Rock (mesmo a turne ñ sendo deste album). Sou mto fã de Poison!! Deram uma caida, mas mesmo assim continuam a animar a galera fã de um bom hard Rock... Belo post!!! Fico imagianndo aqui como deve ter sido bom este monster ai hein!! Poison , Whitesnake, Quireboys, Thunder.. Putz!!!! Abs. Andei sumido, mas to voltando!!! rs

Anônimo disse...

CLASSICO... pra min esse é de longe o melhor album do Poison,quanto ao show nem da pra imaginar como seria ver o poison naquela epoca,formaçao classica,perfomace incrivel,
Valeu Combe

Taliban Sexy Trucker disse...

O álbum eu já possuo, bem como a discografia em cd's e vinil, e o que eu posso afirmar é que a banda sempre foi e sempre será sensacional, adoro Poison, e esse ao vivo é maravilhoso, não havia escutado o msm, mais uma vez, valeu Combe...

Taliban Sexy Trucker disse...

O álbum eu já possuo, bem como a discografia em cd's e vinil, e o que eu posso afirmar é que a banda sempre foi e sempre será sensacional, adoro Poison, e esse ao vivo é maravilhoso, não havia escutado o msm, mais uma vez, valeu Combe...

Anônimo disse...

Valeu representou no post

Aii ouu Silverrrr!!
rsrs

PROCURADOSP disse...

Poison...grande banda mas que infelizmente é muito descriminada devido ao visual dos caras.
Mas p/ mim isso não importa, só sei que em termos de rock n roll e boa musica os caras estão muito bem cotados !!!
Parabéns pelo post e por mais uma vez mostrar que no blog não existe preconceito !
Valeu !

Rex Niskke disse...

PQP!!!!!!!!! A quanto etmo eu aguardava a postagem desse disco!!! Esse é na minha modéstia opinião o melhor disco do Poison e um dos melhores disco de toda a história!!!
Discão!!! E novamente parabéns pela exelente resenha e pelo ótimo blog!!

Anônimo disse...

showzaçoooooooooooooooooooooo!!!!!!!
Parabéns brother!!

Anônimo disse...

Poison rox

Kamelot disse...

Taí um EXCELENTE album,de uma GRANDE banda,e que faz um HARD ROCK como ninguem.
Na minha opinião,FLESH & BLOOD,pode ser considerado a "OBRA PRIMA" do POISON,embora eu curta todos os albuns da banda e admita que alguns deixaram à desejar.
Bom,pra variar destacar alguma música aqui é bem complicado,uma vez que o album é MUITO BOM.
Mas,vale a pena citar: Flesh And Blood(Sacrifice),Unskinny Bop,Life Goes On,Ride The Wind,Something To Believe In,Ball And Chain,e Life Loves A Tragedy.
Bom,não tem o que dizer,senão que isso aqui meu amigo é POISON..e ponto final.
Excelente Post "BY SILVER" (Como sempre mandado muito bem)........"BAIXEM"!!!!.
Abraços.

Weschap Coverdale disse...

Esse junto com o primeirão são meus prediletos do Poison! Nem preciso dizer a música que mais gosto né não silvoca? hsuahsuhauhsuhauhsuhauhsua

Anônimo disse...

Viva a Farofa!

Glam e Hard comanda!

Anônimo disse...

Tenho uma coletanea e gostei bastante do som, a partir de então estou buscando pelos albuns.

Belo post...valew

Anônimo disse...

Parabens pelo blog, otimas postagens e comentários idem! Sou fanzaço de hard e adoro as bandas dos anos 80 (famosas hair bands, rsrsrs). Nao desanimem, sempre que visitar o blog, postarei um comentário. Novamente,parabéns!!

dnlz disse...

Esse disco fecha uma trilogia, eu lembro que era um disco muito aguardado na época e não fez feio , pra dizer a verdade apavorou tanto que até enjoava de tanto que passava na tv. O lado ruim é que alguns apsectos dos solos de guitarra viraram clichês comuns em muitas músicas "sertanejas" posso dizer que virou até um padrão que até hoje se houve hehehehe. No mais um discaço , eu adoro os albuns com o Blues Sarraceno e com o Kotzen , mas esses ja não tem o mesmo clima dos 3 primeiros discos. Valeu!!!!!!!!!!!!!!!!!man!

@diegodlsantos disse...

Adoro Flesh & Blood. Esse CD me trás ótimas recordações de uma fase muito feliz onde estava descobrindo o rock n' roll. Minhas preferidas: Ball n' Chain e Don't Give Up An Inch... tenho em vinil (quase furado de tanto escutar), CD e mp3... Clássico...

Egídio Sabino de Magalhães Júnior disse...

Fodaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!

caue disse...

como disse o dniz acima, esse disco fecha uma trilogia.
o poison dos tres primeiros plays é um, com o Kotzen é outra. O estilo dele não me agrada, não desmerecendo o cara.

empolgante, festeiro, sujo e depravado e disco após disco se tornando mais adulto, sério em alguns momentos e maduro, claro q sem perder a energia contagiante q os faz ser o Poison.

adoro essa farofada.
tenho inclusive um dvd de um registro ao vivo deles, só não m e lembro onde e quando pq me roubaram o disco =P

mas é isso aí. mais um ótimo post (sem deixar de ser óbvio) caracteristico desse blog e desse motorista.

Vlw e parabéns Silver

mp_bueno disse...

Que banda animal! Parabéns pra galera do Combe. Visita diária e essencial.
Abraço.

sueco disse...

CARALHO! MAIS DE 10 COMENTÁRIOS SEM SER DE BRIGA! PEPITA ISSO! =O

ZORREIRO disse...

Vamos combinar que esse Monsters of Rock de 1990 deveria ter uma versão completa em DVD ou Bluray.
Puta que pariu. Só pedrada Hard Rock.
Eu achei esse bootleg ainda melhor que o Swallow this (oficial).

Capitão disse...

Taí uma das bandas mais legais de se ouvir, curto muito o som desses caras, esse show do Monsters of Rock devia estar muito foda, tem no You Tube o video deles tocando "Look What The Cat Dragged In" é tá muito bom. Poison é diversão garantida!

Parabéns pelo blog aí galera.

Anônimo disse...

Bonzão!

Anônimo disse...

- este foi um LP q eu comprei, depois o CD e creio ser o melhor álbum do Poison, minha surpresa foi ver tanta gente comentando... E eloginado... Lembro claramente que na época q este álbum foi lançada, o Poiso era odiado pela grande maioria, quando se falava a palavra "poser" logo em seguida alguém ja falava algo do tipo; "Aquela merda do poison" (((RisoS)))

O Monster Of Rock 1990 eu só havia visto alguns pedaços na MTV ( época q a MTV é Televisão de musica)...

- Existem uma álbum "projeto solo de CC deville chamado Nedle Park contava com o Vocalista do Quireboys (vocal) o Baixista Derek Hendrix (tocou c/ outras bandas obscuras) e o Baterista não lembro o nome ((risos))

- Se alguém tiver o link, ou puder upar ???? Creio ser esta uma grande raridade e provavelmente um ótimo CD o CC tbm teve um outro projeto Samantha 7 Este eu tenho e achei uma BOSTA!!!!

Grande a braço a vc´'s do Blog E parabéns !!!!

Alexandre disse...

muito bommm