Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 24 de julho de 2010

Silverchair - Frogstomp [1995]


O Silverchair foi formado em 1992 na cidade de Newcastle, Austrália, por colegas de escola. Inicialmente sob o nome Innocent Criminals, a formação consistia em Daniel Johns (vocal e guitarra), Tobin Finnane (guitarra), Chris Joannou (baixo) e Ben Gillies (bateria), mas Finnane logo saiu para morar na Inglaterra.

O trio continuou tocando covers até terem músicas próprias e encontrarem a sorte grande ao vencerem, em abril de 1994, a competição Pick Me, que tinha âmbito nacional. Mudaram o nome, finalmente, para Silverchair, inspirados na obra "The Chronicles Of Narnia: The Silver Chair", de C.S. Lewis (apesar de mentirem a origem do nome por muitos anos), e foram contratados pela Sony Music no mesmo ano. A estreia dos rapazes, que tinham apenas 15 anos quando aconteceu, foi em grande estilo.

Gravado em menos de um mês e lançado em março de 1995, "Frogstomp" surpreende até o mais experiente ouvinte de música, seja lá qual for seu gênero preferido. A molecada ainda insistia em estudar até terminarem o segundo grau e é incrível pensar que fizeram tamanha obra-prima com essa idade e dividindo compromissos. Só há uma resposta compreensível pra isso: talento nato. São uma das únicas bandas de escola que realmente vingaram.

Passados vários anos que conheci esse disco e viciei em seu conteúdo, ainda me dá um arrepio na espinha quando coloco-o pra tocar. Rótulos à parte, "Frogstomp" é pesado, coeso e potente. Traz toda aquela energia colegial aliada à composições maduras e que realmente tinham sentido, guitarras cruas, baixo presente e bateria avassaladora. Funciona até hoje como uma pedrada na janela do vizinho.


A influência Grunge é latente, principalmente do Pearl Jam, mas havia algo de diferente. Havia uma pitada de Black Sabbath e Metallica, notável em vários riffs ("Leave Me Out" é quase uma "Sweet Leaf") e decisiva para diferenciá-los, por exemplo, do Nirvana e do Stone Temple Pilots. Ainda havia espaço para uma visibilidade Pop mais saliente nas canções, que garantiu o sucesso estrondoso da bolacha. E outra distinção interessante é que Daniel Johns cantava de forma mais limpa e tinha um alcance vocal interessante, além de um timbre vocal característico e competência rara em sua idade.

"Frogstomp" permaneceu em um mês no topo das paradas australianas e chegou ao segundo e nono lugares na Nova Zelândia e nos Estados Unidos, respectivamente. Conquistaram disco de platina em menos de um ano na terra do Tio Sam, já acumulando duplo de platina por lá e nove (!) em sua terra natal. De quebra, o Silverchair viajou o mundo com o Red Hot Chili Peppers e tocaram até no teto do Radio City Music Hall, teatro de Nova Iorque. (risos)

Os destaques da pepita ficam para as conscientes pauladas "Israel's Son" e "Pure Massacre", para as semi-baladas "Shade" e "Suicidal Dream" e para o mega-hit "Tomorrow", que atingiu o topo das paradas australianas e neo-zelandesas e foi a canção responsável pela vitória no Pick Me - ou seja, a responsável por isso tudo.

Vale a pena conferir, sem lembrar da banda que fez canções melosas anos depois e sim do Silverchair roqueiro e pesado dos "dias de luta".

01. Israel's Son
02. Tomorrow
03. Faultline
04. Pure Massacre
05. Shade
06. Leave Me Out
07. Suicidal Dream
08. Madman
09. Undecided
10. Cicada
11. Findaway

Daniel Johns - vocal, guitarras
Chris Joannou - baixo
Ben Gillies - bateria

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

12 comentários:

Anônimo disse...

Silverchair - Frogstomp [1995]

http://www.multiupload.com/PB68BG0TVC

sueco disse...

bom demais!

discão!

jantchc disse...

lembro qdo eles estrearam na mtv brasileira..

a musica era bem legal..

vale a pena o download..

dnlz disse...

Tai uma banda que eu não botava muita fé , mas depois que conheci posso dizer que é uma banda poderosa, ainda mais ao vivo.

Joaquim Rodrigues disse...

Beleza de blog, já estou seguindo.
Se topar parceria tenho os blogs www.atituderocknroll.blogspot.com e o www.ozzyosblog.blogspot.com , será uma grande honra um parceria.

Joaquim Rodrigues disse...

Queria agradeçer a parceria, já add o combe do Iommi. queria te falar que os blogs estão aparecendo duas vezes na sua lista.
Grande abraço.

Anônimo disse...

Muito Obrigado pelos posts SEMPRE!

jesusbiblio disse...

Cream é super foda! e influenciou bandas de muitos estilos ao longo dos anos, o metal nao seria táo bom se eles nao fossem os precursores do estilo!! post nota 10!

Lyn disse...

Apesar de gostar muito de rock alternativo, não gosto muito Silverchair.

Entretanto, pra idade da molecada dessa banda na época desse cd é um trabalho bem maduro e de boa qualidade. Pra quem curte os garotos, é um ótimo CD.

RÖMEU 69 disse...

Baixei esse cd confundindo com outra banda totalmente diferente deles...Mas até q gostei!! Não sou mto fã desse estilo/genero não, mas achei legal!! Bom pra variar de vez em qdo!! Abs.

Anônimo disse...

um ótimo disco. pena q depois eles começaram com a viadagem...

JOE disse...

Animal esse disco!
Silverchair em suas raíZes...
Valew mesmo!