Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Black N' Blue - Without Love [1985]



Várias bandas surgiram na fase dourada do hard e sem nenhum motivo aparente e apesar da competência de seus membros, acabaram sendo injustiçadas e não tendo a atenção que mereciam. Entre muitas dessas bandas temos uma surgida no ano de 1981, com o nome de Movie Star e que tinha em sua formação o vocalista Jaime St. James e o guitarrista Tommy Thayer. Sendo que os dois tinham ganho mais destaque que os outros membros, acabaram com o tempo montando a sua própria banda, o Black N' Blue, que ainda tinha em sua formação o guitarrista Jeff Warner, o baixista Patrick Young e o baterista Pete Holmes.

Após conseguirem um contrato com uma grande gravadora e ter lançado o seu primeiro disco em 1984, que teve o hit "Hold On a 18" e que deu um relativo sucesso à eles e cultivou poucos, porém fiéis fãs. Em uma tentativa de estourar de vez, eles modificaram a proposta, apresentando um som mais comercial e trabalhado, e guiando seu som para o hard praticado pela maioria das bandas naquele momento. Após essa mudança muitos torceram o nariz para a banda, que nunca teve a atenção que eles realmente mereciam, mesmo sendo apadrinhados por Gene Simmons em seus dois álbuns posteriores.

E isso fica sendo mais difícil de entender ao ouvir esta gravação, pois o que temos aqui é "farofa" da melhor qualidade, um álbum empolgante, alegre e festeiro até o fim, sendo pouquíssimos os seus pontos baixos. Refrães contagiantes, belo trabalho nas guitarras, sem muito exagero, mas com riffs grudentos e certeiros. Uma prova disso já é dada na primeira faixa, o rock anthem "Rockin' on Heaven's Door", eletrizante e que contagia com a alegria demonstrada logo de cara e St. James empolga com os vocais para cima, mesmo não sendo nada fora do comum.


"Without Love" não deixa a peteca cair e continua com o clima de festa sendo apresentado aos ouvintes, e dessa vez tendo como principal trunfo os seu refrão que gruda feito chiclete e riffs animadíssimos da inspirada dupla Thayer e Warner, fazendo o arroz e feijão da melhor maneira possível e com uma letra bem legal. "Nature of the Beach" continua com o clima lá em cima e deixa o ouvinte ainda mais empolgado com o registro e com a certeza de que a banda merecia ter chegado ao sucesso ou ter mais reconhecimento.

"Miss Mystery" é a primeira balada do disco e é bem agradável de se ouvir, com toda a banda entregando uma atuação redondinha e não deixando a qualidade do que foi apresentado até aqui, sendo que mesmo que se o objetivo fosse soar mais comercial, isso fosse feito com qualidade. "We Got the Fire" é um hard um pouco mais agitado que os outros apresentados anteriormente, com uma linha de baixo presente e guitarras cheias de distorção pra ninguém botar defeito. "Strange Things" lembra alguns sons do Ratt e com a atuação mais destacada de Thayer até aqui. "Two Wrongs (Don't Make It Love)" é mais uma balada desse disco, com um lado um pouco mais bluesy e é a música mais arrastada desse registro, abrindo alas para a legal versão de "Same Old Song and Dance", que finaliza esse disco que merecia ter mais atenção do que foi dada ao mesmo.

Se você estiver triste e quiser escutar música para se alegrar ou se curte bandas como Twisted Sister e Slade, essa é uma ótima escolha. Não espere por nada que vá mudar sua vida, mas com certeza espere por bons momentos de diversão e música descontraída.


1.Rockin' on Heaven's Door
2.Without Love
3.Stop the Lightning
4.Nature of the Beach
5.Miss Mystery
6.Swing Time
7.Bombastic Plastic
8.We Got the Fire
9.Strange Things
10.Two Wrongs (Don't Make It Love)
11.Same Old Song and Dance (Bonus Track)


Jaime St. James: Vocais
Tommy Thayer: Guitarras, teclados
Jeff Warner: Guitarras
Patrick Young: Baixo
Pete Holmes: Bateria

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS




By Weschap Coverdale

8 comentários:

Anônimo disse...

http://www.multiupload.com/58RPB4C6IQ

Hairbanger disse...

tava pensando em postar esse clássico, que é um dos melhores discos que já ouvi em minha vida, o mais breve possível. Tenho em vinil, mas vou baixar agora só para poder ouvir no fone agora! valeu.

jantchc disse...

como acontece com frequencia, mais uma resenha q me motiva a baixar um cd q, caso eu só tivesse visto o link, não teria baixado..

otima resenha..

Scova disse...

Banda muito foda, estou re-baixando pois tinha perdido este album, mais uma vez, parabens a equipe do Combe porque aqui so tem banda phoda demais. abraços

caique disse...

great!

Dorivan disse...

Parabéns ao pessoal da combe, é sempre relembrar as pérolas dos anos 80.

Frank disse...

muito engraçado o TT com essas roupas e o cabelo farofa.

Muito bom cd, tenho desde que foi postado pela 1ª vez.

Vince Neil disse...

Caras, conheci o blog recentemente, fico triste com a pouquissíma quantidade de comentários elogiando, o acervo de vocês é fantástico, o amigo que me indicou o blog disse que o acervo de você era bem maior, mais vocês tiveram problema e tiveram que recomeçao o blog né?
Enfim, 2º disco que to baixando e ja comentando, isso é reconhecimento, vocês merecem, e como disse o amigo abaixo, as resenhas nos motivam a baixar os discos, são bem escritas apesar de não possuirem cunho jornalistico, são resenhas sem frescuras que os criticos politizados tem.