Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 3 de agosto de 2010

TNT - Tell No Tales [1987]


O TNT foi formado em Trondheim, Noruega. A formação inicial contava com Dag Ingebrigtsen no vocal e na guitarra, Ronni Le Tekrø na guitarra, Steinar Eikum no baixo e Morten "Diesel" Dahl na bateria. Dag e Steinar deram lugar, respectivamente, para Tony Harnell e Morty Black. Antes do play dessa postagem, o grupo tinha dois lançamentos no curriculum - um com a primeira formação e um com a posterior - com bastante peso e calcados no Heavy Metal tradicional, com influências latentes do NWOBHM.

Apesar de já terem conquistado sucesso considerável na Escandinávia, o quarteto queria mais. Nessa levada, assinaram com a PolyGram Records para uma distribuição mundial (já estavam no cast da gravadora mas apenas em âmbito nacional) e lançaram "Tell No Tales" em 1987.

A sonoridade mantém alguns elementos do Heavy apresentado nos antecessores, mas em geral os noruegueses mergulham de cabeça na farofa, apresentando um Hard n' Heavy coeso, melódico e muito bem tocado. As canções não ficaram nem mais leves nem mais pesadas, apenas receberam um foco mais comercial, com refrães e melodias que podem deixar o ouvinte assobiando ao longo do dia. Apesar de curtinha (30 minutos de duração), essa jóia rara é viciante!


O instrumental potente é um presente dos céus de Black, Dahl e Tekrø, principalmente este, com guitarras habilidosas e pesadas. Mas não há como competir com Tony Harnell. O californiano de São Diego não foi chamado de sua terra natal para a fria Noruega à toa, pois é um dos vocalistas mais competentes que já ouvi. Sua voz poderosa e aguda atinge tons inimagináveis, sendo um deleite para os apreciadores de "berros estridentes".

"Tell No Tales" conquistou moderado sucesso fora da Escandinávia provavelmente por serem de lá, já que o mercado estaduniense e inglês, principais consumidores de música na época, se fechavam um pouco para atrações estrangeiras. Mas ainda assim tiveram êxito, chegando ao Top 100 norte-americano e ao primeiro lugar nas paradas norueguesas, e emplacando "10,000 Lovers (In One)" e "Everyone's A Star" com vídeo-clipes e tudo o mais.

No mais, deve-se aproveitar esse discão da cabeça aos pés, já que não há nem como realizar um destaque em particular. Vale muitíssimo a pena conferir!

01. Everyone's A Star
02. 10,000 Lovers (In One)
03. As Far As The Eye Can See
04. Sapphire (Instrumental)
05. Child's Play
06. Smooth Syncopation (Instrumental)
07. Listen To Your Heart
08. Desperate Night
09. Northern Lights
10. Incipits (Instrumental)
11. Tell No Tales

Tony Harnell - vocal
Ronni Le Tekrø - guitarra, violão, backing vocals
Morty Black - baixo, backing vocals
Morten "Diesel" Dahl - bateria, percussão

Músicos adicionais:
Håkon Iversen - backing vocals
Baard Svensen - teclados
Bjørn Nessjø - teclados
Carlos Waadeland - teclados

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

7 comentários:

Anônimo disse...

TNT - Tell No Tales [1987]
(55,5mb ~ 256kbps)

http://www.multiupload.com/NQH6KEH4XS

ZORREIRO disse...

O guitarrista dessa banda foi eleito pela Guitar World americana do ano passado como um dos mais cult da história, junto com Roberto Johnson, Mike Bloomfield e outras feras do instrumento.
E de fato, o cara é diferenciado.

Anônimo disse...

Esse cd é simplesmente um dos melhores dos anos 80 na minha opinião !!! Fodástico !! Demais mesmo !!!

Anônimo disse...

O Knights of the New Thunder mostrou q o então novo vocalista do TNT possuía uma das vozes mais estridentes do hard 'n' heavy (quem disser q o Knights é só hard nunca parou para ouvi-lo direito)

Neste Tell No Tales, o TNT provou para o mundo q seu som poderia ser comercial sem perder em qualidade. Sem contar q o Harnell continuou cantando q era uma barbaridade.

Discão histórico. Apesar de para mim ser o terceiro melhor da banda, possui a minha música favorita: EVERYONE'S A STAR.

by Meanstreet @ work

Frank disse...

10 000 in one é bem legal. Espero coisas boas desse cd.

jantchc disse...

ouvi o ao vivo deles dos anos 90 e achei a banda bem chatinha, pareceia q tava faltyando alguma coisa nas musicas deles, talvez um teclado..

mas vou arriscar e baixar este aqui..

Anônimo disse...

discasso, Tony é o melhor vocalista q ja ouvi, sou fanzasso dessa banda, tenho todo material deles e ao vivo entao é aula d vocal. Valeu a postagem. abs.