Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 28 de agosto de 2010

Guns n' Roses - Use Your Illusion I e II [1991]



Existem discos que já nascem clássicos e que rotulam definitivamente uma banda como lendária. E a última das bandas que adquiriu este status, pelo menos para mim, foi o Guns n' Roses com os estupendos "Use Your Illusion". Se anteriormente eles já haviam abalado o mundo com seu excelente disco de estréia, em que a mistura de atitude punk com hard rock casou de maneira perfeita, soando de maneira selvagem, podemos dizer que com estes dois registros (que alguns consideram um disco duplo) eles definitivamente se consagraram e se tornaram as lendas que hoje são, e até não fãs, assim como eu, somos obrigados a reconhecer que o trabalho feito aqui beira a perfeição.

Em "Use your Illusion" a banda passa a incrementar o som, colocando teclados com a entrada de Dizzy Reed no grupo assumindo os teclados, e abusa de metais, adicionam música clássica, country e blues ao hard rock praticado anteriormente, mostrando uma evolução notável no som sujo praticado por eles anteriormente. Enquanto no primeiro disco ainda temos alguns traços de sua fase anterior, o segundo é um disco é extremamente épico, sendo que outra coisa legal é ver a participação de Izzy e Duff fazendo vocais de canções, que em discos anteriores se limitavam apenas aos backing vocals.

Sanfona hero? (rs, cortesia do nosso amigo Silver!)

Uma amostra da sofisticação aqui já pode ser vista por sua capa, sendo uma parte da pintura "scuola di atene" do pintor renascentista italiano Rafael, e nas capas dos dois discos o que muda são as cores utilizadas, enquanto no primeiro são utilizados tons vermelhos e amarelos (que ressalta agressividade, por serem cores fortes), no segundo são utilizados tons azuis e roxos (cores suaves que transmitem suavidade) e que se refletem no som, uma curiosidade interessante e que mostra o quanto esses discos foram pensados em todos os seus conceitos.

E podemos dizer que realmente isso deu certo, pois em apenas uma semana após o seu lançamento, que ocorreu a meia-noite do dia 17 de setembro de 1991, foram vendidas mais de 1,5 milhões de cópias em sua primeira semana apenas nos Estados Unidos, com o primeiro atingindo o número #2 e o segundo o número #1 na parada da Billboard, sendo que alem de sucesso de público, também ganhou a crítica mundial, além de seus excelentes clipes, produções muito bem trabalhadas

Duas obras primas que são extremamente essenciais na discografia de qualquer roqueiro que se preze, se ainda não os possui, corrija esse sacrilégio nesse momento.



Use Your Illusion I

Neste primeiro disco, o que temos é o Guns n' Roses mais próximo do início de sua carreira, sendo que muitas dessas músicas foram compostas antes da gravação de Apettite, como "Don't Cry" (que Axl inclusive citava na turnê como sendo a primeira canção que eles compuseram juntos), "Bad Obesession" e "The Garden", só para citar algumas destas. Mas temos algumas nuances de mudança, com músicas mais longas e progressivas já começando a dar sinais por aqui.

Abrindo os trabalhos temos a violenta e agressiva "Right Next Door to Hell", que poderia estar facilmente no disco de estréia da banda, devido ao clima da mesma, uma paulada respeitável . O cover “Live and Let Die" não pode ser considerado menos que excelente, inclusive superando na minha opinião superando a versão original , que ficou com a cara do grupo. A clássica balada "Don't Cry" foi um dos grandes sucessos desse disco.

"Bad Obsession" com sua pegada southern é contagiante e faz ter a certeza de que se eles investissem nesse estilo, não decepcionariam. “November Rain" é o primeiro grande épico, grandiosa no sentido absoluto da palavra em que vemos o feeling de todos os integrantes serem expostos de maneira absurda, se tornando um dos grandes clássicos da banda e da história do rock. "The Garden" tem a participação do rei do shock rock, Alice Cooper, com um andamento feito sob medida para ele, em uma canção lenta e até um certo ponto sombria, perfeita para interpretação dele.

"Garden Of Eden" é a canção mais punk desse disco, com pouco mais de dois minutos de duração, energética e empolgante, soando como uma boa banda de garagem. "Bad Apples" mistura pitadas do soul e black music dos anos 70 e é uma canção no mínimo agradável de se ouvir e interessante a mistura feita aqui. "Dead Horse" começa calma, com apenas um violão para se tornar uma música com solos cativantes e que ganham o ouvinte em sua audição. Um disco que definitivamente tem a cara do Guns n' Roses.

1.Right Next Door to Hell
2.Dust N' Bones
3.Live and Let Die
4.Don't Cry
5.Perfect Crime
6.You Ain't the First
7.Bad Obsession
8.Back Off Bitch
9.Double Talkin' Jive
10.November Rain
11.The Garden
12.Garden of Eden
13.Don't Damn Me
14.Bad Apples
15.Dead Horse
16.Coma


Use Your Illusion II

Se o primeiro disco era mais parecido com tudo o que já havia sido feito pelo Guns, a história muda completamente de figura com o segundo. O que temos aqui são grandes épicos e as músicas mais inspiradas desse lançamento. Uma prova disso já é dada na excelente faixa de abertura "Civil War", com sua letra inteligente questionando a guerra e linda melodia, o que é outra característica aqui encontrada, um a banda proporcionando belas passagens instrumentais a todo momento e letras cativantes.

"Yesterdays" é uma bela balada, em que acertam em cheio mais uma vez na execução e mostra o quanto Axl evoluiu como compositor, com letras intimistas e sentimentais e que podem fazer qualquer um se identificar prontamente com algumas canções. O cover desse disco, "Knockin' on Heaven's Door" ficou grandioso e se tornou um grande sucesso, soando quase como uma grande homenagem ao mestre Bob Dylan. "Get in the Ring" com seu começo meio bluseiro, se transforma em um hard que gruda em sua primeira audição, dando aquela vontade de repetir novamente após a sua primeira execução.

"Breakdown" também é outro destaque, mesmo tendo sete minutos, acaba prendendo o ouvinte para toda sua execução, com várias mudanças de andamento e o piano de Axl ao fundo presente em vários momentos durante sua execução. "Pretty Tied Up" é uma boa composição de Izzy, e que também segura o ouvinte para toda a sua execução. "So Fine" é o momento mais calmo desse disco e que a participação de Duff com mais destaque dividindo os vocais com Axl é bem interessante, cantando de maneira tão displicente que acaba se tornando envolvente.

"Estranged" é o ponto máximo desse disco na minha opinião, uma balada com letra envolvente e muito intimista, talvez uma das melhores composições de Axl Rose, é difícil não se identificar com esta canção, sendo para mim uma das mais belas letras que já ouvi, sem falar em seu clipe, que é uma grande produção. "You Could Be Mine" fez muito sucesso também por ter feito parte da trilha sonora do filme Exterminador do futuro é a canção mais pesada deste e ainda temos uma versão de "Don't Cry" com uma letra diferente da versão original. Um disco épico e que com certeza deve ser apreciado sem moderação.


1. Civil War
2.14 Years
3.Yesterdays
4.Knockin' on Heaven's Door
5.Get in the Ring
6.Shotgun Blues
7.Breakdown
8.Pretty Tied Up
9.Locomotive
10.So Fine
11.Estranged
12.You Could Be Mine
13.Don't Cry [Alternate lyrics]
14.My World


Axl Rose - Vocais, Backing Vocals, Piano, Sintetizadores, Percussion, Violões
Slash - Guitarra Solo, Guitarra Base, Violões, Six String Bass, Backing Vocals
Izzy Stradlin - Guitarra Base, Guitarra solo, Violões, Backing Vocals, Vocais em "14 Years", "Dust N' Bones", "You Ain't The First" e "Double Talkin' Jive"
Duff McKagan - Baixo, Backing Vocals, Vocais em "So Fine"
Matt Sorum - Bateria, Percussão, Backing Vocals
Dizzy Reed - Piano, Teclados, Sintetizadores, Backing Vocals

Músicos convidados:
Alice Cooper - Vocais em "The Garden"
Shannon Hoon - Backing Vocals em "Don't Cry"



LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS





By Weschap Coverdale

13 comentários:

Anônimo disse...

"Guns n' Roses - Use Your Illusion I [1991]":

http://www.multiupload.com/NW1O5FCTHD

"Guns n' Roses - Use Your Illusion II [1991]":

http://www.multiupload.com/PROXUCH15J

Leo disse...

Super Post!!!! ja tenho e toco eles inteiros! recomendo!!!! vlwS!

Willian disse...

Outro destaque a ser mencionado é a música "Coma", que apresenta vários andamentos e uma atmosfera meio soturna durante toda a composição. Muito boa! Não escuto mais Guns, mas ainda os respeito como uma banda que soube marcar o nome na história do Rock n' Roll!

wagner disse...

Muito bom, pena que os posts de grandes bandas não durem muito rsrsrs, então vamos baixar e comentar !!!

wagner disse...

Muito bom, pena que os posts de grandes bandas não durem muito rsrsrs, então vamos baixar e comentar !!!

Anônimo disse...

opa!! illusion 1 e 2 :)
vlw ae ...
e vida longa ao blog e ao rock

Eddie disse...

Aprendi a gostar de rock ouvindo o esses discos.A ultima do album azul música era um prenuncio do que viria a se tornar a banda....

Gabriel L. F. Krüeger disse...

Muito bom, os dois são obras de arte!

biootti disse...

o mais interessante é a tradução que esses links tem: Usando a Ilusão das rosas armadas HUAHUAHUAHUAAHUHUA

fora isso, obrigada combe, mais uma vez deixando minha coleção + completa xD

Weschap Coverdale disse...

kkkkkkkk, a gente sempre procura tirar uma nos links, é pra descontrair! hsuahshuahshau

fernando disse...

Só a combe mesmo viu, me fazer voltar a ouvir guns....me traz boas lembranças de quando tinha uns 13~14 anos, fiz amigos (e inimigos) por causa desta banda; pena que esses foram os últimos bons discos deles...


Ah, também morro de rir dos nomes dos arquivos hahahaha

Ricardo Brovin disse...

Só disco bom!!! parabéns pelo post!!!
Valeu!!!!!

Anônimo disse...

Parabens pelo site, ele é otimo, Ha Guns que Saudades do tempo da banda original !