Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 14 de agosto de 2010

Iron Maiden - Edward the Great [2002]

Iron. Quando pequeno, quem aqui não curtiu e matava e morria por? É normal na puberdade e até pós-puberdade ficarmos encucados com uma banda que temos como divina. Esse era o Iron pra mim. Contudo, a gente vai conhecendo o mundo e todos os meandros da música e vê que este grupo ainda o é.

Fico achando engraçado quem critica a postura do Maiden. ("Eles estão chatos!") E também gargalho quando vejo um fã esquizofrênico. ("Maiden! Maiden! 666!!!") Então prefiro ficar no meio termo. Não, não quero ser o crítico musical que come pelas beiradas. Não fujo da responsabilidade.

Mas, pra entender essa banda, há a necessidade de se viver a aura dela; sentir a música em cada acorde e letra. Eu sou de uma geração - tenho somente 20 anos - dos que pegaram o Maiden voltando "às origens". Bruce Dickinson retornou em 1999 e já foi emplacando o ótimo "Brave New World" no ano seguinte. Depois disso, veio o Rock in Rio III.

Parecia que o novo milênio era um novo começo para uma banda renovada. Tudo novo; até a formação, com três exímios guitarristas. O Iron virou febre novamente. No entanto, o que viria a seguir seria uma banda calcada no metal progressivo - o que causou/causa muita, mas muita estranheza para os fãs das diretas "The trooper", "Can I play with madness", Aces high" e "Run to the hills".

É saudável frisar que a 'mudança' da banda não é de agora. No álbum "Fear of the dark" (1992), é evidente o flerte com o hard rock - só para dar um exemplo. Às vezes ouço: "O Iron tem medo de arriscar". Como assim?! Ele praticamente tá batendo de frente com o desejo de inúmeros fãs sem-noção que querem outras thenumberofthebeasts. Um radialista americano, após ouvir o novo CD do sexteto, disse: "Eles não sabem mais fazer hits".

É bem verdade que uma banda precisa disso pra se tornar pop. Prova disso foi a turnê última que a banda fez aqui no Brasil, só com canções antigas - claramente para o agrado dos fãs. E que necessidade é essa de fazer hit? Ao pensarmos assim, estamos querendo músicas que vendam e não que sejam músicas. Por isso que aprecio o circuito underground. Fazem a música pela música, em troca de algumas boas cervejas geladas nos fins de show.

Para não parecer mais chato, que quero dizer é: o Maiden não errou, por mais que eu ouça as pessoas dizendo que sim. A exemplo deles, temos os Rolling Stones, com mais de 45 anos na ativa, e não lançam hits desde... desde, sei lá, a década de 1990. E essa é a graça. Eles já são o hit! Ver os Stones no palco é um prazer incomensurável, bem como o Maiden.

E para rememorar todos os anos de críticas de jornalistas empenhados em difamar (ou não) a carreira da banda, aqui vai um dos greatest hits dos ingleses. "Edward the Great" foi lançado em 5 de novembro de 2002, pela gravadora EMI. Em seus 74 minutos, mostra todo o poder e a precisão de uma das bandas mais importantes do rock. E reúne os sucessos não muito comuns em coletâneas "Flight of Icarus", "Holy smoke", "Infinite dreams" e "Futureal".

Pra quem não está inteirado, a turnê mais nova do Iron Maiden começou dia 9 de junho e denomina-se "The Final Frontier World Tour". Os integrantes da banda, na verdade, dizem que esta não é a última empreitada deles - pelo menos trabalhando juntos. O lançamento do novo trabalho, que dá nome à turnê, está previsto pra dia 16 desse mês.

PS - Uma coisa é certa: eu não serei um adulto normal sem ir pra um show deles. Ponto.


1. Run to the hills
2. The number of the beast
3. Flight of Icarus
4. The trooper
5. 2 Minutes to midnight
6. Wasted years
7. Can I play with Madness
8. The evil that men do
9. The clairvoyant
10. Infinite dreams
11. Holy smoke
12. Bring your daughter... to the slaughter
13. Man on the Edge
14. Futureal
15. The Wicker Man
16. Fear of the Dark (live at Rock in Rio)

Bruce Dickinson -vocais
Steve Harris - baixo
Dave Murray - guitarra
Adrian Smith - guitarra
Janick Gers - guitarra
Nicko McBrain - bateira

(Link nos comentários / link on the comments)


Por Breno Airan Meiden


10 comentários:

Anônimo disse...

link - http://www.multiupload.com/JVM2YY28GW

Marcos! disse...

Ola pessoal! ótimo texto, a combe sempre bem elaborada!

E sobre o post... Maiden é Maiden! Depois de anos os caras mudam, lançam ótimas musicas num estilos diferenciado e ainda me fazem chorar que nem bebê em seus shows!

Essa coletânea em minha opnião só não é melhor que a Best Of The Beast(digipack) pq não está tão completa! Mas ótima pedida para revisitar os eternos classicos da Donzela!

Abraço a todos!

babalu disse...

é gurizada...IRON É IRON....de qualquer jeito...eles sempre são matadores mesmo!!!

Anônimo disse...

Pessoal, daqui há 20 anos, estaremos todos mais velhos, eu com 63, e vou olhar pra tras e dizer :
O IRON FOI A MAIOR DE TODOS OS TEMPOS....................
simples assim...........
abraços

GrassHoper disse...

Coletânea pau!!!

Lembro que foi com ela que adentrei na maravilhosa discografia do Maiden, desfrutando de cada clássico ali presente!
Pura nostalgia!

De fato há algumas músicas presentes no Best of The Beast e que fizeram uma falta considerável, mas por outro lado, este EtG conta com jóias como Infinite Dreams (uma das minhas favoritas) e Flight of Icarus, não presentes na primeira coletânea da banda.

Álbum incrivelmente recomendado para aqueles recém-iniciados na carreira da maior banda de Heavy Metal da história ou quem só ouviu falar (será possível??), ou mesmo como uma seleção pra fã nenhum pôr defeito!

Parabéns pelo post!!! =D

wcgdist@hotmail.com disse...

Caraca, a galera é Iron Maiden e ponto!!!
Só a respeito do texto, hoje vc tem 20 anos, então qdo nasceu o Maiden já tinha 10 albuns lançados,e estava no 3º com sintetizador....
Pra mim Iron Maiden foi a maior banda de Heavy de todos os tempos sem dúvida nenhuma, porém como nada é eterno a qualidade da banda não é a mesma desde a saída de Bruce Dickinson,e outras tantas bandas surgiram, só pra citar uma METALLICA, que o Iron após a saída de Dickinson se tornou apenas mais uma, sempre com alta qualidade, mas nada inovador como foi em seus primórdios.
Não me xinguem, esta é a minha opinião e adoro Iron Maiden!!
abço
Wlad - Ubatuba

fernando disse...

Ótimo post...e uma dica pro pessoal: o Final frontier já vazou!!!

Baixem:
http://www.megaupload.com/?d=B7U4KPBK

a senha para desbloquear o arquivo é tff

Alexandre disse...

Caras! Fazia tempos que eu estava atras de uma coletanea dessas!
Valeu!!!

Caio disse...

vlw ae :)
continuem assim...
se possivel... coloquem mais posts de NWOBHM plz :)

Anônimo disse...

Pow, galera! O que dizer além de que Iron Maiden foi, é e sempre será a melhor banda, não só de heavy metal, mas dentre todos os estilos de música que existe, o sexteto é simplesmente o melhor do mundo.
UP THE IRONS!
Jonatan Sartor Mendes