Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Dio – Inferno: The Last In Live [1998]


Eis um dos discos ao vivo mais polêmicos da história do Rock. E o responsável por gerar a discórdia chama-se Tracy G. O guitarrista nunca foi bem aceito pelos fãs de Dio, por mudar demais alguns solos clássicos de Vivian Campbell, Tony Iommi e Ritchie Blackmore. Por vezes, soava como um instrumentista muito puxado para o lado Industrial, algo que vai contra a sonoridade clássica do saudoso baixinho. Seu estilo refletiu diretamente nas composições dos álbuns Strange Highways e Angry Machines, bem mais ‘sujos’ se comparados ao que temos nos clássicos como Holy Diver e The Last In Line. Não à toa, esses plays acabaram tendo suas músicas rapidamente ignoradas pela banda com o passar dos anos.

Mas aí você pensa: depois dessa baita esculhambada em algo tão importante como o guitarrista, ainda vale a pena baixar? Pois eu digo que sim! Primeiro, porque Ronnie está em um momento brilhante, cantando muito. Segundo, temos o grande Vinnie Appice na bateria, com suas viradas espetaculares, conduzindo as músicas como só ele sabe fazer. E, no mais, com a adrenalina lá em cima, a gente esquece o detalhe negativo. O álbum foi construído com músicas retiradas de quatro shows diferentes, nas cidades de Chicago, Nova York, Tóquio e Bremen. Impressionante notar como, independente do local, Dio tinha a platéia nas mãos, fazendo todo mundo agitar e cantar junto.


O setlist traz algumas curiosidades. Além das faixas então recentes, que não mais seriam tocadas, uma versão para “Mistreated”, do Deep Purple, relembrando o clássico disco ao vivo do Rainbow, On Stage, emendada com “Catch The Rainbow”. Detalhe que no material de divulgação, apenas Dio, Apiice e Tracy apareciam. O baixista Larry Dennison, que substituiu Jeff Pilson durante a tour e o tecladista Scott Warren não dão as caras por questões contratuais, o que desagradou Ronnie, que gostaria que ambos fossem incluídos nas fotos promocionais. Apesar dos pesares, vale a pena conferir, os aspectos bons superam os ruins. Mas que foi benéfica a saída de Tracy G e a volta de Craig Goldy, não tenha dúvidas.

Ronnie James Dio (vocals)
Tracy G (guitars)
Vinnie Appice (drums)
Larry Dennison (bass)
Scott Warren (keyboards)

CD 1

01. Intro
02. Jesus, Mary & Holy Ghost
03. Straight Through The Heart
04. Don’t Talk To Strangers
05. Holy Diver
06. Drum Solo
07. Heaven And Hell
08. Double Monday
09. Stand Up And Shout
10. Hunter Of The Heart

CD 2

01. Mistreated/ Catch The Rainbow
02. Guitar Solo
03. The Last In Line
04. Rainbow In The Dark
05. The Mob Rules
06. Man On The Silver Mountain
07. Long Live Rock And Roll
08. We Rock

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

7 comentários:

Anônimo disse...

Dio – Inferno: The Last In Live [1998]

192 kbps

CD 1 (63 MB): http://www.mediafire.com/?q27r450un5gvqad

CD 2 (56 MB): http://www.mediafire.com/?xv565yph363fzc5

Bruno Assis disse...

Um petardo do Mestre! Valeu Combe!

Anônimo disse...

Gracias por el material de la voz del metal... a escuchar!

ZORREIRO disse...

Alguns vão berrar, mas prefiro Tracy G ao vivo do que G. Goldy.

jantchc disse...

cd com o dio merece ser baixado com certeza..

valeu..

Anônimo disse...

Dio é um deus

Anônimo disse...

Um referencia do rock mundial não poderia deixar de ter um registro ao vivo que marcasse para sempre sua passagem pela terra. Eis aqui o " GRANDE DIO " .