Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Metal Church - The Dark [1986]

O disco de hoje é digno de "51 com Torresmo" (R.I.P.), jogando Mortal Kombat no fliperama. É música pra macho, se você é frutinha e gosta de coisinhas trabalhadinhas e bonitinhas, é melhor nem continuar lendo o post, a não ser que você queira ter seu ouvidinho fresco totalmente destroçado por toda a pancadaria que o Metal Church nos proporciona.

Quem é fã de Metal sabe de toda a influência e importância da banda no meio do estilo, seja para o Thrash, para o Power, ou para o Speed, já que os 3 estilos são muitíssimo bem englobados por aqui, formando um som único e próprio para cantar os refrãos com a mão pro alto, vociferando os vocais em côro que temos na maioria das músicas.

Depois do lançamento da demo "Four Hymns" e do full-length auto-intitulado, ambos com a mesma proposta, "The Dark" foi lançado e tornou-se um dos maiores clássicos do Metal oitentista, reunindo o peso dos anteriores, com uma direção mais acessível, mas, mesmo assim, o que temos aqui é o Heavy Metal no seu mais puro estado: riffs rápidos, solos com boas técnicas, cortesia da dupla Kurdt Vanderhoof e Craig Wells, pedal duplo do grande Kirk Arrington comendo solto, o baixo de Duke Erickson rápido com muita presença e os vocais de David Wayne (R.I.P.²) em seu melhor estado, com belíssimos agudos, mostrando como se cantava Metal antigamente. As letras ainda são bem obscuras, falando sobre ocultismo em geral, e o álbum também marca a gravação do primeiro clipe da banda, para a belíssima "Watch The Children Pray", que tornou-se também um grande clássico. O álbum ainda foi dedicado ao lendário Cliff Burton, do Metallica, que morrera pouco tempo antes do lançamento desta pedrada.

Chegando aos destaques, além da "Watch The Children Pray", que é indispensável, posso citar facilmente faixas incríveis como "Start The Fire", "Over My Dead Body", "Line Of Death", a faixa-título e a ótima "Western Alliance", que fecha o álbum com muita pedrada "nazoreia", mostrando como se faz Metal de verdade.

Enfim, galerinha, se vocês gostam de música pra meter o dedo no olho dos outros, dar bico na canela, pescoção e derivados, aqui está um grande álbum!

David Wayne - Vocals
Kurdt Vanderhoof - Guitar
Craig Wells - Guitar
Duke Erickson - Bass
Kirk Arrington - Drums

1. Ton Of Bricks
2. Start The Fire
3. Method To Your Madness
4. Watch The Children Pray
5. Over My Dead Body
6. The Dark
7. Psycho
8. Line Of Death
9. Burial At Sea
10. Western Alliance

Link nos comentários / Link on the comments

Bruno Gonzalez

8 comentários:

Anônimo disse...

http://www.4shared.com/file/MAZCF3BY/Metalchurchthedark_by_Bruno.html

dnlz disse...

Essa banda me lembra muito Living Death, que eu ouvia pra caramba na época ,ainda bem que eu não dirigia na época se não tinha batido o carro.

Silver disse...

PESCOTAPA!!!

tomas myth disse...

esse album é sensacional!!!!

Hairbanger disse...

vcs nao sabem como eu curto essa banda, inclusive tenho ouvido bastante ultimamente no vinilzao, e ateh pensava em baixar soh pra postar na combe! thrash de primeira! parabens pelo otimo post!

Anônimo disse...

Estou conferindo ^^ ate agora nao me decepcionei, as musicas estao muito fods

roadkill guitarplayer disse...

esse album e insano!!

Anônimo disse...

Tô baixando!!!! Trabalhei em loja de cd e me arrependo de nunca ter colocado um play do Metal Church pra ouvir!!