Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 18 de setembro de 2010

W.A.S.P. - The Last Command (Remastered) [1985]


Se o debut do W.A.S.P. já foi maravilhoso, o que esperar então do álbum seguinte? Após o êxito obtido com a estreia, bastou uma substituição (Tony Richards saiu para Steve Riley assumir as baquetas) para que o terreno estivesse preparado para o mais bem-sucedido lançamento do grupo comandado por Blackie Lawless.

"The Last Command" foi gravado durante um período consideravelmente longo para aqueles tempos: de outubro de 1984 até o meio do ano seguinte. A produção foi assinada por Spencer Proffer, responsável pela produção dos ótimos "Metal Health" e "Condition Critical" do Quiet Riot, entre outras jóias do Hard Rock, e vale salientar que esse foi o único álbum da discografia que Lawless não participou como produtor.

No geral, o play assume a mesma postura que seu antecessor, porém com uma perspectiva mais Hard Rock do que toda aquela crueza Heavy anteriormente presente. Há uma proposta levemente mais comercial, mas nada que descaracterize a paulada na face que é o som do W.A.S.P., que naqueles tempos poderia ser definido como "Hard n' Heavy inconsequente, sanguinário e altamente pornográfico".


Blackie Lawless, inspiradíssimo, providencia incríveis e potentes vocais e boas linhas de baixo, além de assumir quase toda a autoria do disco (como sempre), com exceção de algumas canções compostas em parceria com os outros integrantes e de "Running Wild In The Streets", uma sobra do Kick Axe escrita em conjunto de Proffer. A dinâmica dupla das seis cordas, Chris Holmes e Randy Piper, comprovam eficiência e habilidade com timbres pesados, solos precisos e riffs cortantes. Steve Riley, batera básico e direto, faz muito bem o seu trabalho, apesar da minha preferência por Richards.

A bolacha conquistou relativo sucesso principalmente na terra do Tio Sam, chegando à 47ª posição das paradas da Billboard e adquirindo um disco de ouro nos Estados Unidos pelas 500 mil cópias vendidas. Os singles de "Wild Child" e "Blind In Texas" receberam boa rotatividade nas rádios e na MTV e se consolidaram como duas das mais indispensáveis e conhecidas canções da carreira da banda. No entanto, ainda acredito que os caras mereciam mais sucesso - não apenas com esse disco.

Imagem contida no encarte. Traduzindo a frase em vermelho:
"As letras podem ser consideradas ofensivas para algumas audiências" (risos)

Além dos singles, há de se destacar as maravilhosas "Widowmaker" e "Ballcrusher" e a melancólica "Cries In The Night". No mais, W.A.S.P. é lindo. Se você, caro leitor, discorda da afirmação... é... ninguém é perfeito. Confira já!

PS: a versão dessa postagem é a remasterizada e expandida que saiu em 1998 com sete faixas adicionais, incluindo a engavetada "Savage", o cover do clássico "Mississippi Queen" do Mountain e versões ao vivo de canções do debut. O álbum em si está separado das bônus nos arquivos disponibilizados.

CD 1:
01. Wild Child
02. Ballcrusher
03. Fistful Of Diamonds
04. Jack Action
05. Widowmaker
06. Blind In Texas
07. Cries In The Night
08. The Last Command
09. Running Wild In The Streets
10. Sex Drive

CD 2 - Bonus Tracks:
11. Mississippi Queen (Mountain cover)
12. Savage (Unreleased)
13. On Your Knees (Live In 1984)
14. Hellion (Live In 1984)
15. Sleeping (In The Fire) (Live In 1984)
16. Animal (Fuck Like A Beast) (Live In 1984)
17. I Wanna Be Somebody (Live In 1984)

Blackie Lawless - vocal, baixo
Chris Holmes - guitarra
Randy Piper - guitarra, backing vocals
Steve Riley - bateria, backing vocals

Músicos adicionais:
Carlos Cavazo - backing vocals
Chuck Wright - backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

11 comentários:

Anônimo disse...

The Last Command [1985]

CD 1:
http://www.multiupload.com/PNUEBQQAJT

CD 2 (Bonustracks):
http://www.multiupload.com/T2DGZ8MMB1

Anônimo disse...

Muito bom o post e a banda eh claro xD

Gabriel S disse...

outra banda do meu top 5
puta post

Anônimo disse...

só me lembro de uma coisa quando ouço WASP

I FUCK LIKE A BEAST!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

GrassHoper disse...

Grande clássico!
W.A.S.P. é uma das minhas bandas de coração, adoro toda essa patifaria dos caras no começo da carreira e esse disco só tem pedrada após a outra!

Para ouvir e bancar o iconoclasta!!

Anônimo disse...

Muito bom esse post. W.A.S.P. é foda pra caralho *-*

mauricio_jolt disse...

Valeu meu velho! Houve momento na minha vida de eu achar que ninguém além de mim curtia Hard Rock! Tenho só 40 aninhos e curti toda aquela levada hard dos anos 80! E também fiquei triste com a queda do Hard por causa da moda do Grunje.
PS: Sou fão do Joe Lynn Turner, "caça" aí umas pérolas do cara!

Um grande abraço meu irmão!

Mauricio_jolt

Anônimo disse...

"Eu ACHAR"?"Grunje"?ARGH.

Anônimo disse...

Muito bom o album , gosto muito de hard rock

quero fazer um pedido postem algum album de estudio do scorpions dos anos 80 ou o novo album deles

Ismaily disse...

Opa, não tinha esse remaster, vlw!

Anônimo disse...

Lembro que na época de lançamento desse disco eu era um molequinho de uns 12 anos e pedi de amigo oculto e uma tiazona me tirou e me deu ele. Deve ter ficado apavorada com a capa !!! srsr Nunca mais deve ter me olhado com bons olhos.
Bom, depois disso ouvi até quase furar o vinil ! O melhor do Wasp.