Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 18 de setembro de 2010

Alice in Chains - Dirt [1992]

Olhando os posts feitos anteriormente aqui no blog, reparei que não temos NADA do Alice in Chains ainda, e isso é quase que um sacrilégio com uma das maiores bandas dos anos 90, que ajudou a impulsionar cada vez mais o nome do chamado Grunge, que dominou o mundo na primeira metade da década.

O Alice in Chains, na minha opinião, é a melhor banda de todas essas que surgiram, pois conseguiam ser totalmente diferentes de praticamente todas as bandas de Seattle, que faziam, na maioria das vezes, um Punk mais sujo, misturado com música alternativa e Hard Rock. O Alice in Chains levou o nome para o lado mais pesado da força e chegou com uma proposta totalmente Heavy Metal, assemelhando-se em apenas uma coisa às outras: a sujeira do som. Sim, meus caros, o som é bem sujo por aqui, com instrumentos com afinações baixas e extremamente distorcidos, tanto o baixo, como a guitarra. A bateria, equalizada muito forte, tem um som totalmente fechado, e, isso tudo misturado aos melancólicos vocais de Layne Staley e Jerry Cantrell (os dois dividem os vocais em várias músicas) fez um som realmente único, original e inovador, que foi copiado por trocentas bandas que vieram depois.

"Dirt" é o segundo full-length da banda, que traz isso tudo o que eu citei acima, mas com uma coisa mais agravante ainda, que são as letras totalmente carregadas de melancolia e depressão, falando sobre o uso de drogas constante de Staley e Mike Starr (baixista) e as perdas de Jerry Cantrell, além de falar sobre guerras e morte em si, soando totalmente agressivo e, na teoria, pouco acessível. Mas, a crítica e os fãs pensaram diferente e aclamaram o disco, fazendo com que ele estreasse na 6ª posição do Top 200 da Billboard e vendendo 3 milhões de cópias, até aonde se sabe, sendo certificado platina nos Estados Unidos e Canadá, e ouro no Reino Unido.

Jerry Cantrell e Layne Staley mostram-se inspiradíssimos em suas composições, mostrando que depressão nem sempre é ruim, pelo menos para nós ouvintes, e pode nos proporcionar quase 60 minutos de uma viagem sinistra no mais fundo inferno pessoal, seja pelas letras ou pelos instrumentais, que são incrivelmente melancólicos e pesados, acompanhando bem o que é falado, isso tudo sem soar infantil, nem mela-cuecas e muito menos chato.

O álbum revelou 5 grandes hits, que se tornaram grandes clássicos do Rock, que são as excelentíssimas "Them Bones", "Angry Chair", "Down In A Hole", "Rooster" e a incrível "Would?", que tem um valor especial pra mim, por ter me ajudado em vários momentos difíceis, e até hoje ainda me dá aquela "porrada" dentro do peito naquela intro de baixo que se tornou inconfundível.

Chegando aos destaques, além dos singles, posso citar porradas como "Rain When I Die", "Damn That River", "Sickman", "Junkhead", "God Smack" e "Hate To Feel", que vão proporcionar a vocês tudo o que eu já falei anteriormente.

Bem, se tem alguém aqui que ainda não conhece todo o peso do AiC, creio que já passou da hora de conhecer!

Layne Staley - Lead vocals, rhythm guitar
Jerry Cantrell - Lead Guitar, co-lead vocals, backin' vocals
Mike Starr - Bass
Sean Kinney - Drums

1. Them Bones
2. Damn That River
3. Rain When I Die
4. Down In A Hole
5. Sickman
6. Rooster
7. Junkhead
8. Dirt
9. God Smack
10. Hate To Feel
11. Angry Chair
12. Would?

Link nos comentários / Link on the comments

Bruno Gonzalez

20 comentários:

Anônimo disse...

http://www.4shared.com/file/6WD2dzsq/1992_-_Dirt_-_Bruno_Ramone.html

ZORREIRO disse...

Os órgãos do Kobain que me perdoem, e os fãs do língua de batata do pearl jam que se fodam, mas Alice in Chains foi a única coisa realmente boa da cena grunge.
Lembrando a época (quem não viveu conhece só metade da história), lembro que uma aura nebulosa tava sempre em cima dos caras. Mas era um lance de mistério.
Esse, o primeiro, o Jar of Flies... tudo obra prima.
Grande post e, óbvio, grande resenha.

Andre Luiz disse...

Alice in Chains é extremamente foda!!

R. coelho jr disse...

Clássico que todo mundo já deveria ter na coleção.

Willian disse...

Disco foda p caramba. Ao lado de Nirvana, Soundgarden e Pearl Jam, marcaram história nos anos 90, varrendo para baixo do tapete nossos amiguinhos com cabelos de poodle! rsrsrs

Anônimo disse...

O "Superunknow" do Soundgarden tb é algo interessante que saio do tal grunge.

Marcello disse...

Discaço que não pode faltar na estante de ninguém.
Uma sugestão: coloquem também o acústico mtv, outra obra prima dos caras.

Jp disse...

Cara, sem palavras pra Alice In Chains. Mandou MUITO bem.

Jegruia disse...

:D

Jegruia disse...

:D

Lyn disse...

Lembro-me quando eles estiveram aqui no Hollywood Rock e o vocalista (se me lembro bem) perdeu o colar que tinha sido de seu pai falecido (por causa do vuco-vuco com os fãs) e tava oferecendo recompensa para o fã que devolvesse, porque o colar tinha valor sentimental e pelo que me lembro, não devolveram...
Brasileiro é f0d@...
Bom post.

Ziyi disse...

Dentre todas as outras bandas que alavancaram a cena grunge, essa pra mim é a melhor. O grupo em si é único e faz um som diferente dos outros, os melhores discos pra mim são o Dirt e o homônimo, somzeira de primeira!

Anônimo disse...

massa..
mais um cráasico.. valeu!!

Anônimo disse...

Acho que o Alice In Chains só foi chamada de "Grunge" por ser de Seattle...senão seria um Hard N' Heavy FUDIDÃO!!!!

Anônimo disse...

baxando !!

Lucian disse...

Esse disco é muito bom o Alice era uma das que dava pra salvar...

Erich disse...

Album foda pra caralho!
AIC é fudidaço!
Não gosto do chamado grunge, e acho até hoje um absurdo total o hard/glam ter sumido praticamente por um estilo tão inferior...

Masss, o DIRT do Alice é foda e sem comentários...

Anônimo disse...

Greatest band of the 90s...PERIOD!!!

Every hard rock/metal fan should have every one of AIC's CDs in their collection..if you don't then you are a fraud and a poser!

Gabriel L. F. Krüeger disse...

AIC é o que há.

Luiz Gustavo disse...

Link furou dah p concertar? (eu sei q tem a porra do google)