Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 10 de outubro de 2010

The 69 Eyes – Framed in Blood: The Very Blessed of [2003]


Conheci o The 69 Eyes na primeira edição do finado festival Live N’ Louder, em Porto Alegre, no ano de 2005. Confesso que não me empolgava as referências que recebi, pois o estilo que eles primordialmente adotam nunca foi a minha praia. Mas é a velha história de não julgar um produto pela embalagem e a energia dos caras me conquistou de cara! Ao contrário daquela coisa modorrenta, arrastada que imaginava, o quinteto finlandês adiciona a seu Gothic Rock uma pegada Hard fulminante, resultando em uma dose de peso que acaba sendo o diferencial em sua sonoridade. Essa diversificação acaba fazendo com que públicos diferentes acabem se interessando, criando uma atmosfera toda particular entre os fãs, sendo quase impossível classificá-los.



Framed in Blood: The Very Blessed of The 69 Eyes é uma coletânea que reúne as músicas mais populares do grupo nos álbuns Savage Garden, Wrap Your Troubles in Dreams, Wasting the Dawn, Blessed Be e Paris Kills. O primeiro trabalho, Bump N’ Grind, foi solenemente ignorado. A compilação mostra a evolução do som através dos anos, sempre tendo como característica principal dar prioridade às guitarras, ao contrário de outros representantes do gênero. Serve como uma ótima introdução a quem não está familiarizado com a soturna obra de Jyrki 69 e seus companheiros.

Aqui estão alguns dos maiores hits do grupo, como “Brandon Lee” (inspirada no filho de Bruce Lee e seu personagem no filme O Corvo, quando foi acidentalmente assassinado durante as filmagens), “Gothic Girl” (música que ficou doze semanas no primeiro lugar em execuções nas rádios finlandesas), o dueto de Jyrki com Ville Valo, do HIM em “Wasting the Dawn”, “The Chair”, “Betty Blue” e tantos outros. E antes que alguém pergunte: não, a faixa 13 não foi trilha sonora de nenhum comercial de suco de pacote. Um exemplo de como a música pode conter uma atmosfera sombria e, ainda assim, divertir quem ouve. Sendo assim, coloque seus óculos escuros – não interessando o horário – e prepare-se para muito Rock and Roll protagonizado por verdadeiras criaturas da noite.



Jyrki 69 (vocals)
Bazie (guitars)
Timo-Timo (guitars)
Archzie (bass)
Jussi 69 (drums)

01. Brandon Lee
02. Dance d'Amour
03. Gothic Girl
04. Wasting the Dawn
05. Crashing High
06. The Chair
07. Velvet Touch
08. Call Me
09. Stolen Season
10. Betty Blue
11. Wrap Your Troubles in Dreams
12. Framed in Blood
13. Tang
14. Too Much to Lose
15. Still Waters Run Deep
16. Ghettoway Car
17. Lay Down Your Arms, Girl
18. Babysitter

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

8 comentários:

Anônimo disse...

The 69 Eyes – Framed in Blood: The Very Blessed of [2003]

83 MB
128 kbps

http://www.mediafire.com/?9g6od00kfg9d6y3

Anônimo disse...

valeu pelo post.. vou checar!!

Juliano disse...

Bá, eu conhecia eles há muito tempo já, inclusive fui ao Live n' Louder de Porto Alegre, mais que pra ver eles! Fiquei na frente do baixista, uma sensação inexplicável!! Vale a pena dar uma conferida nesse best of mesmo, é excelente!

Jay disse...

O cidadão do comentário acima foi na mesma excursão que eu. Depois fiquei conversando com ele sobre a banda. Hahahahaha...

Tiago disse...

Valeu, vou baixar pra conhecer!

Hairbanger disse...

gothic com hard? me convenceu... valeu!

Anônimo disse...

o arquivo ta com defeito .-.

Anônimo disse...

Excelente! Fazem um som bem único! Aliás, a única banda que me lembro que fez um som parecido foi o The Sisters of Mercy em seu terceiro álbum, Vision Thing, mesclando o Gothic Rock com Hard Rock. Recomendado para quem gosta de guitarras com pegada, climas mais soturnos na hora certa, um vocal totalmente diferente do Hard Rock convencional e uma pitadinha de Pop! \o