Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Aion - Aionism [1991]

Garanto que 95% dos visitantes que olharem a capa de primeira pensarão: "Mais banda farofa?!", e não estão errados, pois, quando conheci o Aion, há alguns anos atrás, pensei exatamente a mesma coisa, principalmente quando vi fotos da banda, que investia bastante em laquê, tinta no cabelo e uma porção de roupas gritantes, o que ficou conhecido como Visual Kei, principalmente na segunda metade dos anos 80. Eles são considerados uma das bandas pioneiras do estilo, ao lado de bandas como Luna Sea e X Japan. E não, o som não tem NADA de farofada, pois é um Power/Thrash Metal bem pesado e TENSO, embora tenha suas direções pop.

A banda foi formada bem antes do lançamento deste disco que lhes trago hoje, em 1983, para ser mais preciso, pelo ótimo guitarrista Izumi Ochiai, que é o único remanescente da formação original nos dias de hoje. De início, claro que o som era muitíssimo mais pesado, como podemos notar em seus primeiros lançamentos, como o também TENSO "Deathrash Bound", que mostrava apenas um Thrash Metal muito do pancadão. Com o movimento Visual Kei ganhando cada vez mais reputação no Japão, e bandas que anteriormente eram muito mais pesadas tomando direções totalmente comerciais, com o Aion não poderia ser diferente, e, claro, é extremamente compreensível, já que os caras também têm que comer mulher e ganhar dinheiro, não é verdade?

Em meio a isso tudo, "Aionism" foi lançado em 1991 e tornou-se um dos maiores clássicos do grupo, com músicas muitíssimo bem feitas e bem pesadas, com riffs de guitarra extremamente rasgadões, assim como os vocais, baixo distorcido, pedal duplo comendo na bateria e tudo mais o que é preciso pra se fazer um som realmente "estuprador de ouvidos", embora a influência (bem pequena) do Hard Rock esteja por aqui também, assim como a do Heavy tradicional. Como já falei, o disco foi muitíssimo bem aceito pela mídia e pelos fãs do estilo, graças principalmente ao vídeo-clipe (PV, como eles chamam no Japão) da faixa "Be Afraid" e também pela participação especial do vocalista do Luna Sea, Ryuichi Kawamura, fazendo backin' vocals na faixa "Disarray". O sucesso rendeu-lhes uma turnê com o já citado Luna Sea e com os "todo-poderosos" do X Japan, pelo Japão inteiro.

Bem, hoje não vou destacar nada, pois aqui as músicas, além de serem extremamente parecidas, parece haver uma "conexão" entre todas, exceto pela balada "Kusari To Ame", que dá uma quebrada no clima do disco, mas nada que atrapalhe muito o andamento, já que ela combina bastante com o resto!

Enfim, galerinha feliz e contente, se vocês querem um bom disco de Heavy Metal, aqui está um dos grandes da Terra do Sol Nascente!


Nov - Vocals
Izumi - Guitars
Dean - Bass
S.A.B. - Drums


1. Launch Game
2. Be Afraid
3. Child
4. Cold Blood
5. Disarray
6. Peter-III
7. S.S.S.
8. Kusari To Ame (鎖と雨)
9. Caution
10. Popular Song
11. My Place
12. Chimeishou (致命傷)

Link nos comentários / link on the comments

Bruno Gonzalez

4 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?1uvocm3mjtmew13

Hairbanger disse...

juro que não pensei em mais farofada no blog... pensei em ser mais uma banda "cover" do x-japan... e acho que acertei hein auhauahuahauh

Anônimo disse...

bandas japonesas RLZ!!

Anônimo disse...

BANDA FUDIDA... PUTA QUE PARIU