Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 1 de outubro de 2011

Planet Hemp - MTV Ao Vivo [2001]

Planet Hemp na área!

Tenho certeza que todos por aqui conhecem o Marcelo D2 e têm ideia que sua carreira solo não é lá essas coisas, mas nos anos 90 e começo do século XXI o cara participou de uma das bandas que fazem parte do cenário bom da música brasileira. Não sou maconheiro, mas essa postagem é especialmente para quem gosta de uma erva.

A banda foi formada pelo próprio D2 e um amigo chamado Skunk, os dois eram adoradores de Rap e Hardcore e resolveram formar uma banda apenas de Rap já que nenhum sabia tocar instrumentos musicais. Mas sem demora encontraram alguns caras drogados e formaram uma banda onde havia uma mistura de Rap e Hardcore - e um pouco de maconha, claro - junto com outras influências incluindo o Reggae. As letras tinham apenas um objetivo: falar sobre maconha. Queriam dizer que maconha não mata, queriam legalizar a maconha, falar sobre fumar maconha, fumar muita maconha e fumar mais um pouco de maconha, sem esquecer que eles falavam sobre fumar erva e maconha. Mas também apontavam alguns outros assuntos, como a violência policial, a cidade do Rio de Janeiro (já que eles vieram de lá).



MTV Ao Vivo se trata do último registro que tiveram em CD e DVD antes da separação da banda. Aqui temos uma grande performance dos caras em frente ao público. Além do mais, há uma diferença entre o grupo ao vivo e em estúdio: ao vivo é muito melhor. Temos muito rap, guitarras pesadas, bateria barulhenta, baixo que quase não se nota mas que tem uma grande importância. É um álbum perfeito para quem quer fumar maconha ou mesmo para quem curte Rap ou Hardcore. Clássicos que acompanharam a banda são tocados por aqui, como "Dig Dig Dig (Hempa)", "Mantenha o Respeito", "Legalize Já", "Contexto", "A Culpa É De Quem? " e "Queimando Tudo". Para quem gosta de ouvir o que tem de melhor no Brasil, eu indico o Planet Hemp sem dúvidas, porque não haverá arrependimento.


01. Intro
02. Não Compre, Plante!
03. Legalize Já
04. Raprockandrollpsicodeliahardcorereragga
05. Queimando Tudo
06. HC 3
07. Procedência C.D.
08. Fazendo a Cabeça
09. Stab
10. Dig Dig Dig (Hempa)
11. Phunky Buddha
12. Hip Hop Rio
13. A Culpa É De Quem?
14. Se Liga
15. Zerovinteum
16. Contexto
17. Mantenha o Respeito

Marcelo D2 (Vocal)
BNegão (Vocal)
Formigão (Baixo)
Rafael (Guitarra)
Pedrinho (Bateria)

Por Lucas


(Link nos comentários - Link on comments)

11 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?j6k1ssrsz23n3tc

Wander Mendes disse...

Adoro o blog meu caro, mas odeio o marcelo D2, tudo bem vamos gostar de dinheiro, pois foi o que ele fez deu um chute na bunda dos caras do planet, e foi ganhar seu dinheiro sozinho. Esse tal de marcelo D2 é um hipocrita, sem vergonha e do lado da Globo agora. Respeito o blog demais, os caras do planet hemp, mas o Marcelo não. Desculpe o comentário, mas é que esse carinha não me desce, ainda mas ver no meu blog predileto um cd desse bosta.

Anônimo disse...

grande banda e grande cd!!

Lucas disse...

eu também não gosto muito da carreira solo do D2, Wander, mas o Planet Hemp é uma banda boa não incluindo apenas ele, mas entendo seu ponto de vista

Anônimo disse...

Sem chances. Passo.

AlBassPlayer disse...

Puta merda, se essa bosta for o que tem de melhor no Brasil prefiro ficar falando em outra lingua estrangeira mesmo. A melhor coisa dessa porcaria de banda foi eles terem se separado, pois pelo menos o BNegão faz um som muito legal e, infelizmente, pouco divulgado e mesmo o D2, que mistura Rap e Samba, se sai bem em muitos momentos. Post pra quem fuma maconha... Porra, essa foi foda. Grande merda formar uma banda pra dizer que maconha isso, maconha aquilo e pra piorar, povinho ainda acha legal. É lógico que vou considerar este post como uma grande ironia ou uma daquelas grandes cagadas que tudo mundo faz um dia. Aliás, "baixo de grande importância" foi de fuder. O cara sequer sabe tocar... dá licença...

Caue Machado disse...

Esperava mais tomates podres em vc Lucas rsrsrs...
Mas foda-se, não curto maconha, detesto D2, não suporto Rap e o hardcore não me atrai... Entretanto curto o Planet Hemp, são engraçados.
Porém, falar em qualidade... espero que esteja sendo ironico.

Abraços..

Marcão* disse...

Ficar dando uma da underground quando se pode subir com o projeto é coisa de otário.. o Marcelo d2 ta mais que certo mesmo o cara era humildade e conseguiu chega onde ta pq merece. foda-se.

esse cd é foda.

Silver disse...

Lembrando que o Planet Hemp continuou existindo mesmo depois de Marcelo D2 começar sua carreira solo. A banda acabou por conta das brigas internas, não porque D2 foi pra carreira solo.

Bruno disse...

tamben não sou maconheiro, mas puts... planet hemp sempre fez minha cabeça, acho um som legal e diferente, para min foi uma otima postagem, ate tinha esquecido de como eu achava essa banda legal rs

ZORREIRO disse...

Planet Hemp mudou o cenário nacional em uma época em que o finado Chico Cience e sua Nação Zumbi criaram o mangue beat.
Pessoalmente, não curto nenhum dos dois. Mas jamais negarei a importância deles para o rock nacional.
Grande post, Mr. Lucas, e desculpe o atraso em comentar.