Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 2 de outubro de 2011

Smashing Pumpkins - Gish [1991]



Fui apresentado ao Smashing Pumpkins há algum tempo, pela própria Combe, ao fazer o download do clássico Siamese Dream, postado pelo Sueco. A princípio, não gostei do disco, e ele ficou mofando aqui nos meus arquivos até hoje. Depois de constatar que o som era da mais alta qualidade, parti em busca de outros discos de Corgan e companhia, e eis que me deparo com Gish, o debut dos norte-americanos que ficou meio apagado por conta do estouro de Siamese. Mas nem por isso a qualidade do primeirão é baixa.

O embrião foi o guitarrista, vocalista e principal compositor (além de ser único membro da formação original que continua na banda) Billy Corgan, que por meio de contatos e coisas mais encontrou outros três instrumentistas que aceitaram integrar o projeto. Foram várias fitas-demo e shows pelo underground de Nova York até que, em 1991, o quarteto entra em estúdio com o renomado Butch Vig para gravar Gish.


Da esquerda para a direita: James Iha, D'arcy Wretzky, Billy Corgan e Jimmy Chamberlain

O resultado da empreitada foi diferente de tudo o que foi feito por eles tempos depois. Gish (cujo nome veio da atriz Lillian Gish), apesar de ter baladas, se concentra no lado paulada da coisa, e por isso mesmo é fácil notar a evolução pela qual eles passaram até o lançamento de Siamese Dream, em 1993 (e que, curiosamente, é visto como sendo o debut deles). Se a evolução foi boa ou não, vai de cada um; eu, por exemplo, admiro os dois trabalhos.

Apesar de sua alta qualidade, o debut teve um desempenho modesto nas paradas, apenas. E isso mostra que era necessário a mudança de gravadora; afinal, se eles permanecessem na Caroline Records não iriam a lugar nenhum. Não perca mais tempo e confira esse discão! Destaco a abertura explosiva com "I Am One" (onde Corgan dá um show a parte com sua guitarra), para as diretas "Siva" e "Bury Me", para a balada "Rhinoceros", para a belíssima "Daydream" e para "Snail". Mais que recomendado!




Billy Corgan - vocais, guitarra
James Iha - guitarra
D'arcy Wretzky - baixo, backing vocals
Jimmy Chamberlain - baquetas

1. I Am One
2. Siva
3. Rhinoceros
4. Bury Me
5. Crush
6. Suffer
7. Snail
8. Tristessa
9. Window Paine
10. Daydream

Por Gabriel

Link nos comentários!
Link on the comments!


5 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?i65hcxs8cda3wjh

luxorissa disse...

puta banda e excelente trabalho!.conheci a banda por causa do siamese mas depois tive que ver a discografia né?.

dnlz disse...

Tem muita coisa que eu gosto , mas o mais importante é o fato de ter começado a cantar graças ao Corgan , se ele canta eu também posso cantar. Valeu!!!

Anônimo disse...

belo post

Natan Vieira disse...

Vou conferir, há tempos tava afim de me aprofundar no som, baixarei esse e o seguinte agora, obrigado!