Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 21 de novembro de 2010

Little Caesar - Little Caesar [1990]

Estava lendo a entrevista deles na Roadie Crew desse mês e tive que pegar esse disco para ouvir novamente. Vários motivos levam bandas a ter seus contratos rompidos por gravadoras. Mas talvez o Little Caesar seja o único caso da história de um grupo que tenha sido demitido por ser macho demais. Mas deixemos para contar essa história mais pra frente.

A história da banda começa na ensolarada Los Angeles, berço de quase todo o agito da época. Quando o segurança de puteiros (sim, estou falando sério!) e vocalista Ron Young foi apresentado aos guitarristas Loren Molinaire e Apache – esse último conhecido no meio musical como músico de apoio da cantora de R&B e Gospel Etta James – ficou claro que havia uma afinidade instantânea. Em comum, a paixão pelo Hard e o Classic Rock com influências da música negra de raiz. Após completar a formação, lançam um EP independente chamado Name Your Poison. O estouro na cena underground foi imediato, chamando a atenção da Geffen Records, que lhes oferece um contrato e tempo livre em estúdio.


Produzido pelo lendário Bob Rock, o álbum de estréia do grupo agrada tanto os fãs da cena Hard oitentista quanto a galera da velha guarda, graças à grande influência de grupos como Rolling Stones e The Faces em sua sonoridade. Ouvir esse disco é ter uma aula de feeling. Canções executadas por músicos de verdade, com alma e coração, sem se preocupar com modismos baratos – e foi aí que os ‘engravatados’ começaram a se incomodar. Ron mostra porque é um dos melhores vocalistas de sua geração, enquanto Apache e Loren mandam riffs e solos certeiros, enquanto Fidel Paniagua e Tom Morris seguram a bronca com talento.

O grande sucesso foi o cover de “Chain of Fools”, composição de Don Covay, imortalizada por Aretha Franklin. A música é um exemplo de como transformar outro gênero em um belo Rock sem descaracterizar. O outro single foi para a baladaça “In Your Arms”, com backing vocals claramente influenciados por Soul Music das boas. De encher os olhos, assim como “From the Start”, que vem na seqüência para manter o nível lá em cima. Mais destaques para a abertura pé na porta com “Down-N-Dirty”, a maliciosa “Hard Times” e a de título explicativo “Rock-N-Roll State of Mind”. Atenção para a intro de “Drive it Home”. É, uma banda ruim brasileira deve ter ouvido esse disco.



“Midtown” é um daqueles sons para se ouvir na estrada aberta, com o pé no acelerador e a cabeça nas nuvens. Algo meio filosófico/cachaceiro, até diria. Mas logo a seguir, um Hard daqueles bem ‘canalhas’ surge com “Cajin Panther”, lembrando até algo do Van Halen dos bons tempos. A mais de acordo com seu tempo, “Wrong Side of the Tracks” é para acompanhar sacudindo o corpo na batida. Com certeza uma das preferidas do povo mais ligado na veia oitentista do gênero. Na calma “I Wish it Would Rain”, um show de Ron, mostrando aos novatos como se canta, enquanto o resto do grupo capricha nos backing vocals. E não, “Little Queenie” não é um cover de Chuck Berry. Mas encerra com dignidade.

O álbum teve um desempenho satisfatório para uma estréia, permitindo que a banda registrasse um segundo play, com o famigerado Earl Slick no lugar de Apache. Mas logo, o que já incomodava alguns executivos há algum tempo acabou se tornando desculpa para dar um chute no traseiro do grupo: o visual dos músicos, cheios de tatuagens e suas caras de mau. Algo que não combinava com o cenário Hard mais ‘colorido’ da época. Ron Young se juntaria a Adrian Vandenberg, Rudy Sarzo e Tommy Aldridge no Manic Eden, que lançaria apenas um disco. Depois, ainda gravaria vocais no projeto solo do guitarrista Doug Aldrich. Ou seja, ficar perto dos amigos de David Coverdale é com ele mesmo.

O Little Caesar se reuniria duas vezes, primeiro em 1998 e novamente em 2009, lançando um trabalho de estúdio em cada ocasião. O mais recente, Redemption, é um dos melhores álbuns do estilo lançado ano passado e merece ser conferido por todos. Assim como esse aqui, uma verdadeira pérola perdida, mostrando que os caras mereciam um maior reconhecimento. E se uma banda é demitida de sua gravadora porque os músicos são considerados “machos demais”, só por isso já merecem todo o respeito e admiração. Baixe sem hesitar!

Ron Young (vocals)
Apache (guitars)
Loren Molinare (guitars)
Fidel Paniagua (bass)
Tom Morris (drums)

Special Guest
John Webster (keyboards)

01. Down-N-Dirty
02. Hard Times
03. Chain of Fools
04. In Your Arms
05. From the Start
06. Rock-N-Roll State of Mind
07. Drive It Home
08. Midtown
09. Cajun Panther
10. Wrong Side of the Tracks
11. I Wish It Would Rain
12. Little Queenie

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

15 comentários:

Anônimo disse...

Little Caesar – Little Caesar [1990]

76 MB
192 kbps

http://www.mediafire.com/?1pd70oskeggnuhf

jantchc disse...

conheço e gosto do manic eden, mas nunca tive a curiosidade de ouvir esta banda..

depois desta puta video, to baixando..

Weschap Coverdale disse...

DISCÃO! Faz um bom tempo que não escuto ele, deu até vontade de escutar de novo!

Anônimo disse...

Grande post!
Valeu!

Tiago disse...

Valeu!

Anônimo disse...

hard rock de macho? esse Little Caesar provou que existe!!

Hairbanger disse...

discao! sem mais

Anônimo disse...

Obrigado!

Marcelo disse...

Realmente, muito foda este disco!
Eu lembro da banda na década de 80 e também li a matéria da Roadie Crew, que despertou a curiosidade em baixar.
Valeu!

Weschap Coverdale disse...

E só para lembrar que a baladona "I Wish It Would Rain" é do The Temptation, só para ver a influências desses caras...

Valladão disse...

Eu também ouvi falar desse disco na Roadie Crew, estou louco pta ouvir.
Muito obrigado.

sannino disse...

Tô ouvindo o som do youtube agora. Muito bom!

caue disse...

procurando no Google por:
"Combe Macho Demais"

achei o Little Caesar, rsrsrs, era exatamente o q eu tava procurando, pois lembro de ter lido esse release há um tempo, mas não tinha guardado o nome dos caras.

excelente!

Lucian disse...

Sonzeira! Baixando.....

Anônimo disse...

Obrigadão!!