Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 26 de dezembro de 2010

Anthrax - Sound Of White Noise [1993]


Em 1992, o Anthrax finalmente conseguia o reconhecimento merecido. O álbum "Persistence Of Time" vendia bem e acabou sendo impulsionado pela música que fizeram com o Public Enemy, "Bring The Noise", que virou hit. Mas o vocalista Joey Belladdona acabou sendo despedido e substituído pelo ex-integrante do Armored Saint, John Bush.

O lançamento com o novo vocalista acabou dividindo opiniões. "Sound Of White Noise" foi lançado em maio de 1993 e marcou não apenas por ser o primeiro álbum com Bush nos vocais, mas também por ser o primeiro pela nova gravadora, Elektra Records, e o último com o guitarrista Dan Spitz.

Caracterizado por ser uma continuação (não apenas cronológica) de "Persistence Of Time", esse trabalho apresenta mais peso e menos velocidade em suas composições. Muitos críticos afirmam que há influência do ascendente Grunge por aqui, mas é pura balela. É Heavy Metal do começo ao fim, sem perder a coerência e sem flertar com o que já havia sido flertado anteriormente.


John Bush é um substituto de luxo. O homem tem uma ótima performance em todas as músicas e demonstra originalidade, sem se espelhar no seu carismático antecessor. O segredo para apreciar sua obra no Anthrax é deixar as comparações de lado. Já o baterista Charlie Benante se destacou mais do que nos outros plays, exalando técnica e criatividade em suas linhas. Os outros três - a dupla de guitarristas Dan Spitz e Scott Ian e o baixista Frank Bello - continuam sensacionais como sempre.

Por incrível que pareça, "Sound Of White Noise" teve boa repercussão no geral. Conquistou disco de ouro nos Estados Unidos e no Canadá, atingiu a sétima posição nas paradas norte-americanas (a mais alta que o grupo atingiu até hoje), décima-terceira nas canadenses e décima-quarta nas britânicas. Quatro singles foram lançados, sendo os de "Only" e "Room For One More" os de maior repercussão.

Dos destaques, há de se citar os dois singles - principalmente "Only", que foi dita como "a música perfeita" por James Hetfield, líder do Metallica -, a ótima "Packaged Rebellion", a thrasher "C11H17N2O2S Na" e a diferente "Black Lodge", que chegou a ficar de fora da edição final do vinil.



01. Potter's Field
02. Only
03. Room for One More
04. Packaged Rebellion
05. Hy Pro Glo
06. Invisible
07. 1000 Points Of Hate
08. Black Lodge
09. C11H17N2O2S Na
10. Burst
11. This Is Not An Exit

John Bush - vocal
Dan Spitz - guitarra solo
Scott Ian - guitarra base (solo em 4, 8 e 10), baixo de 6 cordas, backing vocals
Frank Bello - baixo de 4 e 6 cordas, backing vocals
Charlie Benante - bateria, guitarra em 8

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

10 comentários:

Anônimo disse...

Sound Of White Noise [1993]

http://www.mediafire.com/?n1n01utxcldjxx8

Jay disse...

Discaço! E sei que sou minoria, mas prefiro a fase John Bush. Especialmente Sound of White Noise e We've Come For You All, primeiro e último dessa era, respectivamente.

M disse...

Apartir desse disco o Anthrax começou a dar tiro no seu própio pé...

fernando disse...

Baixando pra conferir...valeu!

ZORREIRO disse...

Concordo que Only é a música perfeita.
Esse Anthrax é outra banda, bem diferente (e melhor, na minha opinião) daquela que gravou caught in a mosh etc.
Mas temos que ter em mente a época. Quando o Anthrax apareceu, a cena era outra e o som que eles estavam fazendo era inovador.
Depois ficou datado. E esse disco renovou tudo. Maravilha!

M disse...

Putz! Realmente é questão de gosto.
Caught in a mosh, Im the law, Indians, Among the living e o resto do álbum inteiro tinham aquela coisa clássica do Speed/Trash Metal: velocidade, peso e criatividade. Esse disco os caras começaram a copiar o que tinha de cliché super batido do Grunge. Para mim os caras acabaram depois do Persistence of Time.

Abs

Anônimo disse...

John Bush é o cara! Discaço!

Anônimo disse...

Discaço!! Se esse play so tivesse Only e Room For One More, ele ja valeria cada centava (ou o download). É um dos meus favoritos do Anthrax, junto com o Among, We've Come For You all e o Stomp 442.

Reapmusic disse...

Fui na turnê deste disco quando passou por aqui.

Foi no Olímpia.

Deu saudades... Baixando!

Anônimo disse...

Discaço!!