Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Circle Jerks - Group Sex [1980]

Ontem eu postei o debut dos Bad Brains, disco essencial pra quem quer conhecer o hardcore ou já é fã do estilo. Hoje venho postar outro disco tão maluco e importante quanto o "Bad Brains", o "Group Sex", esse, dos Circle Jerks.

Formado em 1979 por Keith Morris, ex-vocalista do Black Flag, o Circle Jerks veio com uma proposta de fazer músicas simples e curtas (em média, pouco maiores que um minuto, se não menos que isso), e com letras bem irônicas, muitas vezes falando sobre sexualidade de uma maneira explícita e debochada, coisa que já se percebe só com o nome do álbum e da banda, que literalmente significa "círculo dos punheteiros" (nome dado as competições de masturbação entre garotos no auge da sua puberdade).

"Group Sex" é o primeiro disco dos malucos e um dos melhores. Na verdade, perde só pro seguinte, "Wild In The Streets", de 1981. Na época que fou lançado, o pessoal ficou apavorado pelo fato do álbum tem 14 música e apenas 16 minutos de duração. Mas isso é hardcore, não precisamos de solos gigantescos e músicas pra encher lingüiça.



Como todo bom álbum de hardcore americano oitentista, "Group Sex" é debochado, tem letras muito boas e um som bastante rápido e agressivo, não à toa que esse é considerado um dos melhores discos de hardcore da história. Vocal maluco, gritos, guitarras e baixo furiosamente rápidos e bateria fudidaça cheia de viradas numa velocidade absurda.

Não vou perder mais muito tempo falando o disco, só vou dar o aviso de sempre: se tiver ouvidos sensíveis e gostar de coisinhas bonitinhas e trabalhadinhas, nem baixe, agora se curtir pogar pra caralho e gritar blasfêmias por aí, baixe agora, se você ainda não tem!

Destaques para "Deny Everything", "I Just Want Some Skank", "Operation", "Wasted", "World Up My Ass", "Don't Care" e "Red Tape", essa última, a mais clássica da banda.

Obrigatório para os fãs de punk e hardcore!

1. Deny Everything
2. I Just Want Some Skank
3. Beverly Hills
4. Operation
5. Back Against The Wall
6. Wasted
7. Behind The Door
8. World Up My Ass
9. Paid Vacation
10. Don't Care
11. Live Fast Die Young
12. What's Your Problem
13. Group Sex
14. Red Tape

Link nos comentários
Link on the comments

Maurício Knevitz

4 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?btyeoh2h2joldvx

Tiago Duarte disse...

Acho que é o disco de hardcore americano anos 80 que eu mais ouvi na vida
Fudido demais
Ja ouviu o "OFF!"? A banda nova do Keith Morris?
Abraço

Maurício Knevitz disse...

Tiago, ainda não ouvi essa banda nova dele, tinha só ouvido falar. Vou dar uma conferida, pois o que vem do Keith Morris sempre é bom!

Valeu pelo comentário e abraço!

Gabriel Leite disse...

Curto Black Flag, Keith Morris manda bem! Baixando!