Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 18 de dezembro de 2011

Jerry Lee Lewis - Live At The Star Club [1964]


Nada melhor do que introduzir Jerry Lee Lewis por aqui do que com um de seus registros mais importantes. Se é que ele precisa de introdução.

Um dos grandes mestres do rock'n'roll, o americano Jerry Lee vem da época em que, além de ele, Roy Orbison, Elvis, Carl Perkins e Johnny Cash ingressavam no mundo da música através da lendária Sun Records. E, as
sim como Elvis, seu primeiro contato com esse mundo foi cantando nos coros de música gospel das igrejas sulistas.

Na metade da década de 50 ele teve sua primeira gravação pela Sun, a balada Crazy Arms. A partir daí, não havia quem lhe segurasse; o sucesso era enorme, justamento pelo seu estilo frenético e especialm
ente particular de tocar e cantar. Reza a lenda que quando Elvis ouviu Jerry, teria dito que se conseguisse tocar piano daquela forma pararia de cantar.

O quarteto: Lewis, Perkins, Presley e Cash

Vários compactos como Whole Lotta Shakin' Goin' On, High School Confidential e Great Balls Of Fire (certamente a mais famosa de toda a sua carreira) cada vez mais lhe rendiam fama internacional. E então veio o escândalo.

Lewis tinha uma vida íntima estranhamente mantida em segre
do, mas que veio à tona durante uma tour. A imprensa teria descoberto que o astro era casado com sua prima Myra Gale Brown, que tinha apenas treze anos. Por conta disso ele foi praticamente banido do cenário musical, com uma popularidade restrita ou quase nula. E é aí que entra o papel do álbum que hoje trago para vocês.

O casal

Sua popularidade ia ser reerguendo pouco a pouco na Europa, e Live At The Star Club foi seu trabalho mais vendido em muito tempo. Acompanhado do trio The Nashville Teens (que já foram banda de nomes como Carl Perkins e Chuck Berry), o Killer simplesmente destruiu com uma performance de extrema energia e entrosamento. Um verdadeiro show.



Lewis continuaria sua carreira migrando por algum tempo para a música Country, mas nunca mais com o sucesso e prestígio de antes. Comentar faixa por faixa seria desnecessário, já que em absolutamente todas elas o que temos é o rock'n'roll mais fino em seu estado mais cru e selvagem. Simplesmente obrigatório e formador de caráter.

Jerry Lee Lewis - vocais, piano
Johnny Allen - guitarra
Pete Shannon Harris - baixo
Barrie Jenkins - bateria

01. Mean Woman Blues
02. High School Confidential
03. Money (That's What I Want)
04. Matchbox
05. What'd I Say (Part 1)
06. What'd I Say (Part 2)
07. Great Balls Of Fire
08. Good Golly, Miss Molly
09. Lewi's Boogie
10. Your Cheating Heart
11. Hound Dog
12. Long Tall Sally
13. Whole Lotta Shakin' Goin' On

Por Gabriel

Link nos comentários!
Link on the comments!


8 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/download.php?1jhl4j9lv97ufay

Kellen disse...

Album lindo.
E pena que a capacidade de fazer merda do lewis tenha sido maior que seu talento.
Mandou bem na resenha, gaga!

Natan disse...

Vlw pelo post, ótima oportunidade pra quem ainda não conhece esse que é um dos pais do rock.

Eduardo Paiva disse...

Grande resenha! O Gabriel disse tudo!
"Simplesmente obrigatório e formador de caráter." Jerry Lee Lewis é dos pilares do Rock!

AlBassPlayer disse...

Jerry Lee... em termos de comportamento, o primeiro "rock star" do rock. Belo post e resenha.

Isaac disse...

Post essencial para aqueles que querem conhecer a origem do rock.
Valeu!

Leonardo disse...

Belo álbum e ótima classificação musical!

PODREIRA MUSIKAOS disse...

muito foda , um classico .
é passei a gosta dos classicos depois
de jerry lee , d+