Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Judas Priest - British Steel [1980]


Antes de mais nada: a Combe do Iommi está mais viva do que nunca. Já passamos por várias saídas de motoristas antes. Se ressucitamos o site das cinzas em abril sem a ajuda de quem saiu (aliás, muita gente caiu fora nos momentos mais difíceis), por que sairíamos perdendo agora? :)

Como noticiado essa semana na Van do Halen (mais uma vez em primeira mão em âmbito nacional), mais um grupo "dinossauro" está anunciado o fim de suas atividades, precedido por uma turnê mundial. Dessa vez são os britânicos do Judas Priest, que em quase 40 anos de existência, arrastou multidões e ajudou a construir o tão adorado Heavy Metal. Triste por um lado, necessário por outro - afinal, os caras devem estar na fissura para aproveitar seus últimos anos.

Inspirado nisso, a postagem que eu havia programado para hoje ficou na reserva para dar espaço a um dos maiores clássicos do quinteto. "British Steel" é o sexto álbum da carreira do Judas Priest e o primeiro verdadeiro sucesso de vendas. Deu continuidade à linha de mudanças que eram aplicadas na sonoridade dos novos álbuns, já que desde seu antecessor, "Killing Machine", o som oscilava perfeitamente entre o pesado e o comercial. Mas agora as letras não tratavam de assuntos obscuros e "dark", mais original quando se tem noção da principal influência da trupe: o grandioso Black Sabbath.

"British Steel" é aclamado, também, por simplificar o Heavy Metal - para muitos, criou a fusão entre o Hard Rock e o Heavy Metal. O que havia antes era, de certa forma, bem extremista, sem meio-termo: ou se tocava de forma suja e depravada como o Black Sabbath, ou se aliava complexidade como o Deep Purple, ou se era Hard Rock como o Led Zeppelin. As três bandas, além disso, continham forte influência do Blues - seja em progressões, solos ou simplesmente riffs. O Judas Priest foi responsável por descartar o elemento "bluesy" e aliar sons pesados sem perder a velocidade, bem como o rebuscamento sem as costumeiras delongas.


Não é a toa que, com esse lançamento, o Judas Priest foi um dos responsáveis pela consolidação e massificação do NWOBHM (New Wave Of British Heavy Metal). Ao lado de bandas como Iron Maiden, Saxon e Motörhead, o Judas ganhava seu espaço, dentro e fora de sua terra natal. Uma satisfatória posição de número 34 foi obtida nas paradas americanas, enquanto que, no Reino Unido, o play já estava no top 5. Discos de ouro, prata e platina foram conquistados respectivamente no Canadá, no Reino Unido e nos Estados Unidos e os singles de "Breaking The Law" e "Living After Midnight" tinham ótima performance na Europa.

Metalicamente coeso, "British Steel" está, com certeza, entre os discos mais influentes do Heavy Metal, assim como o legado do Judas Priest, iniciado de verdade a partir desse play, é incontestável. Sem destaques particulares e sem um segundo sequer de filler. Curvem-se diante dos Metal Gods!



01. Rapid Fire
02. Metal Gods
03. Breaking The Law
04. Grinder
05. United
06. You Don't Have To Be Old To Be Wise
07. Living After Midnight
08. The Rage
09. Steeler
10. Red, White & Blue
11. Grinder (Live)

Rob Halford - vocal
K.K. Downing - guitarra, backing vocals
Ian Hill - baixo, backing vocals
Glenn Tipton - guitarra, teclados, backing vocals
Dave Holland - bateria

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

Alguma coisa está errada, Rob... (risos)

16 comentários:

Anônimo disse...

Judas Priest - British Steel [1980]

Link:
http://bit.ly/dYOIE9

Jay disse...

Van do Além (como diz a mãe da Chame) sempre na frente! Disco foderoso, sem mais.

jesusbiblio disse...

Infelizmente o tempo passa, fico transtornado por nao ter conseguido ve-los ao vivo. Bem que eles poderiam aparecer pelo rock in rio em setembro pra encerrar com chave de ouro. Nossos maioers idolos estao se extinguindo, mas seus trabalhos ainda vão permanecer por gerações sempre e serão redescobertos e reverenciados mais uma vez.

мєαиѕтяєєт disse...

Aposto q o Halford estava de olhos fechados além dos óculos escuros e rezando para q a foto fosse tirada o mais rápido possível, hehe

British Steel... No meu Top 5 do Judas, certamente. Bom disco, mas não supera Stained Class e Screaming for Vengeance.

Anônimo disse...

cRássico!

ZORREIRO disse...

Assistir Judas ao vivo é simplesmente inigualável.
Scott Travis é show man.
KK e Glenn são de dar medo, parecem dois snipers no palco.
Rob é de dar Mêda (não resisti).
E o baixista... como é mesmo o nome... ele é legal....
Tomara que turnê traga-os para cá por preços honestos.

Eduardo Paiva disse...

Há muito tempo procurava por esse álbum. Clássico do Judas e do Heavy! \,,/
Valeu!

Anônimo disse...

O Halford desmaiou.

Anônimo disse...

Essa turnê pode ser mais uma dessas inúmeras 'despedidas' que vemos aí.

Mas, em suma, sem querer criar polêmicas, o rock vai pagar um preço muito alto pela sacralização que foi feita em torno de suas figuras de proa. Vai comprometer até sua existência. A gente tem que renovar isso.

benito disse...

Ola blz Jay, sei q aki não é o local para este tipo de pedido, mas como não sei onde fazer, quero informar que adoraria fazer parte do time de vcs, tenho algum conhecimento sobre rock em geral, pois ouço desde meus 8 anos graças a meu irmão mais velho e agora tenho 38, ou seja 30 anos adorando o bom e velho rock'n'roll, por favor entrem em contato meu email bbenito53@hotmail.com, no mais abraços e obrigado

Anônimo disse...

Uma pena o Judas Priest terminar... Esse álbum dos caras é d+, assim como toda a carreira! METAL!

Anônimo disse...

O melhor deles!

Gus disse...

valeu, grande up!

\m/

Ricardo Rockiss disse...

Um dos albuns que definem o estilo Heavy Metal. Clássico!

Hebert Fernandes disse...

É uma pena uma banda tão poderosa quanto o Judas encerrar suas atividades,o Metal perde muito com isso uma vez que não aparecem mais bandas desse naipe.

Hebert Fernandes disse...

Pena o Judas encerrar as atividades,o Metal perde muito com isso uma vez que não aparecem mais bandas desse naipe.