Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Rage - The Missing Link [1993]


Apesar do grande sucesso da fase que começou com a entrada da dupla Victor Smolski e Mike Terrana – e que prossegue sem o baterista – muitos fãs sentem falta da agressividade de outrora do Rage. Com músicos menos técnicos, Peter ‘Peavey’ Wagner compensava com um Power Metal eletrizante, com passagens beirando o Thrash e refrões como poucos sabem compor na cena Heavy. O guitarrista Manni Schmidt (ex-Grave Digger) pode não ter a mesma categoria de seu sucessor. Mas é um riffeiro de mão cheia, fechando perfeitamente com a proposta. Assim como Chris Efthimiadis, que espanca seu instrumento de maneira bem mais direta, sem muito exibicionismo.

The Missing Link é o sétimo álbum de estúdio da banda, seguindo a boa recepção do trabalho anterior, Trapped. À época, o trio gozava de grande prestígio no combalido mercado do Metal, que basicamente se resumia aos medalhões e uma ou outra revelação. Especialmente no Japão, onde eram tratados como superstars, com tratamento VIP no melhor estilo oriental, shows em casas grandes e platéias consideráveis. E o momento refletiu no trabalho, extremamente inspirado, com letras abordando temas sobre os quais Peavey sempre gostou de escrever, como arqueologia, ocultismo e vida após a morte.


Desde a abertura, com a arrasa-quarteirão “Firestorm”, passando pela densa “Nevermore”, o disco mostra-se de uma qualidade superior. Já na terceira faixa, o maior clássico, a porrada “Refuge”, utilizada como música de trabalho e presença garantida até hoje nos setlists. “The Pit and the Pendulum” é um Heavy puxado pro tradicional, com uma cadência maravilhosa, enquanto a alucinante “From the Underworld” é um Speed Metal feito com garra. A trabalhada “Certain Days” é outro destaque, mostrando flertes com a tendência dos álbuns que se seguiriam. Lembra alguns sons mais pesados do Rush, influência declarada de Peavey.



O típico Power europeu dá as caras em “Who Dares?”, com sua melodia intrincada, guiada pela guitarra de Manni. O começo de “Wake Me When I’m Dead” faz pensar que entrou outro disco ou que os caras estavam doidões em estúdio. Mas logo a coisa volta ao normal e a pancadaria come solta. Apenas um lapso de bom humor. A longa “Lost in the Ice” traz alternâncias de andamento e ritmo que fazem dela um momento diferenciado. Para dar uma quebrada na proposta da última, “Her Diary’s Black Pages” é curta e direta, com um riff certeiro, convite para a agressão. A faixa-título mostra todo o entrosamento da banda, abrindo espaço para o encerramento triunfal com “Raw Caress”, duas das mais pesadas do álbum.

As faixas bônus começam com a única de autoria própria, “Another Kind of Madness”, que havia saído com exclusividade no mercado japonês à época do lançamento original. Com andamento guiado por violões, é uma música pra lá de interessante, criando um clima diferente do que o álbum possuía até então. Aí chega a hora dos covers. E como é legal ver quando as bandas fogem do lugar comum. Tirando a batida “Paranoid”, do Black Sabbath – que aparece em uma gravação demo e algumas defecadas na letra – temos versões pra lá de interessantes, especialmente para “Truth Hits Everybody”, do The Police, que virou um Heavy Metal de respeito nas mãos do Rage. Discão, obrigatório para os apreciadores do estilo!

Peter ‘Peavey’ Wagner (bass, vocals)
Manni Schmidt (guitars)
Chris Efthimiadis (drums)

01. Firestorm
02. Nevermore
03. Refuge
04. The Pit And The Pendulum
05. From The Underworld
06. Certain Days
07. Who Dares?
08. Wake Me When I'm Dead
09. Lost In The Ice
10. Her Diary's Black Pages
11. The Missing Link
12. Raw Caress

2002 Remastered Edition Bonus Tracks

13. Another Kind Of Madness
14. Truth Hits Everybody (The Police cover)
15. I Can't Control Myself (The Troggs cover)
16. Beyond The Pale (The Mission cover)
17. Paranoid (Demo - Black Sabbath cover)

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

6 comentários:

Anônimo disse...

Rage – The Missing Link [1993]

73 MB
128 kbps

http://www.mediafire.com/?ptlzwej4ita3b5o

rogeriometal disse...

grande album pena nao ter o trapped aqui to querendo ele, um abraço o blog e um dos melhores que eu tenho

Anônimo disse...

rage é fodaaaaaaaa

Anônimo disse...

Esse cd é foda! um dos melhores do Rage! Tenho o cd mas vou baixar por causa dos bonus tracks! Valeu!

Victor Klinger disse...

não conheço o Rage, vou começar por baixando esse aqui... vlw

Daniel Seimetz disse...

Não conheço Rage antigo, mas tua resenha me convenceu a procurar os trabalhos mais primitivos deles. Obrigado!