Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 5 de dezembro de 2010

Pretty Boy Floyd - Kiss Of Death: A Tribute To Kiss [2010]


Até hoje não sei a intenção de uma banda ao gravar e lançar um tributo. Na ocasião, um grupo gravando um cd de covers apenas de outro. A finalidade pode-se variar entre convencer o ouvinte a gostar de uma de suas influências, tentar vender sob outra marca, exercitar o poder da "releitura" ou só prestar homenagem. Mas, qualquer dia desses, hei de perguntar ao Pretty Boy Floyd sobre isso, já que estão colocando um tributo ao Kiss nas prateleiras. (risos)

Para aqueles que nunca ouviram falar, o Pretty Boy Floyd foi uma das apostas dos grandes empresários na ala do Hard Rock oitentista, quando o mesmo era ascendente. O quarteto, que já passou por altos e baixos em sua carreira, tem seu som puxado para a vertente do Sleaze, tendo, além do Kiss, outras influências latentes como os New York Dolls e o Mötley Crüe. Após a estreia dos caras, "Leather Boyz With Electric Toyz", que vendeu cerca de 700 mil cópias no mundo todo, sabe-se que a "aposta" não deu certo, mas o Floyd ainda existe no underground.

O grupo está lançando, neste ano, o tributo "Kiss Of Death". O repertório, recheado de clássicos, garante a diversão e surpreende até os que não são fãs do Pretty Boy Floyd, pois os caras se fidelizaram ao ponto de manter o timbre dos instrumentos bastante verossímil às gravações originais. As guitarras e o baixo soam bem viscerais, como o Kiss tocava nos anos 1970, e as linhas de bateria se apresentam bem próximas às originais.

O ponto negativo, ao meu ver, é que, por tanto se inspirarem nas canções originais e se esquecerem que os mascarados detonam mesmo nos palcos (vide "Alives"), perderam alguns pontos. Além disso, não colocaram muita identidade própria - esperado, já que não se tratam de releituras. A impressão de identidade própria ficou à cargo do vocalista Steve Summers, já que todo o resto ficou bastante semelhante ao original. Isso, porém, fica a cargo do ouvinte decidir se é bom ou ruim.

Os destaques ficam para a abertura "King Of The Night Time World", para a paulada "Creatures Of The Night", para a clássica "Strutter" e para a lado-B "Room Service". Boa pedida e boa homenagem!



01. King Of The Night Time World
02. Room Service
03. I Stole Your Love
04. I Love It Loud
05. Goin Blind
06. Deuce
07. Creatures Of The Night
08. Detroit Rock City
09. Firehouse
10. Love Gun
11. Shout It Out Loud
12. Christine Sixteen
13. Strutter
14. Let Me Go, Rock N' Roll
15. Black Diamond

Steve "Sex" Summers - vocal
Kristy "Krash" Majors - guitarras, violão, backing vocals
Criss 6 - baixo, backing vocals
Vik Foxx - bateria, percussão

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

6 comentários:

Anônimo disse...

Kiss Of Death: A Tribute To Kiss [2010]

Link:
http://bit.ly/flBoWU

Anônimo disse...

- Valeu pelo post... Deve ser no mínimo interessante...


- Grade abraço aos comberos !!!


- Obelix the Viking

Anônimo disse...

Obelix é GAULÊS.

Anônimo disse...

O cd estava à venda no show de SP(R$ 30) que aliás foi espetacular apesar do público muito reduzido (50 pessoas + ou -)

Delton disse...

AMOO KISS, vale a pena conferir !

Anônimo disse...

otimo post