Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

The Killers - Discografia [2004-2008]



Junte em um liquidificador tudo o que de melhor a música pop dos anos 80 apresentou, passando por bandas como The Cure, Duran Duran, Depeche Mode, New Order, Bruce Springsteen e Depeche Mode. O que isso poderia resultar? No começo dos anos 2000, na festiva Las Vegas eis que surge um grupo com essa proposta, após o anúncio colocado em um jornal pelo guitarrista Dave Keuning, que foi prontamente respondido pelo vocalista Brandon Flowers, que acabara de ser demitido do grupo que fazia parte, devido recusar uma mudança para Los Angeles. A formação do grupo se completou com a adição do baixista Mark Stoemer e do baterista Ronnie Vannucci.

Após formarem o grupo, o batizaram de The Killers, que era um nome de uma banda fictícia que aparecia no clipe de "Crystal" do New Order. Após algumas apresentações, chamaram a atenção de um representante de uma gravadora major, que recusou enviar uma demo a sua gravadora, mas a encaminhou a um pequeno selo londrino chamado Lizard King, que assinou um contrato rapidamente com a banda. Conciliando seu tempo entre uma turnê britânica e a gravação de seu primeiro disco, após três meses lançaram "Hot Fuss", que chegou ao primeiro lugar nas paradas britânicas e australianas e atingiu o sétimo lugar em solo americano.

Seu segundo disco de estúdio "Sam's Town" trouxe uma mudança em sua sonoridade, que se tornou mais roqueira e sem a grande presença de teclados e sintetizadores como no primeiro disco, e uma temática até um pouco mais sombria, que acabou desagradando a muitos, mas que ainda assim teve uma ótima receptividade. E o terceiro disco do grupo marca o retorno à sonoridade mais dançante, o que mostra a capacidade de sempre se renovarem e nunca soarem os mesmos.

Apesar de alguns rotularem como mais uma das grandes salvações do rock, o The Killers é uma banda indicada para aqueles que não se apegam a nenhum tipo de rótulo. Se você der uma chance, é bem capaz de curtir o pop rock festeiro que os rapazes de Las Vegas apresentam.


Hot Fuss [2004]



Em seu disco de estréia, o convite é para arrastar os móveis da sala e dançar. O timbre dos teclados e suas melodias te jogarão de volta aos anos 80, e sem falar no clima alegre apresentado durante a maioria do registro, mas que em alguns momentos ainda explora o lado melancólico que algumas bandas que foram suas influências apresentaram. Mas a faixa inicial, "Jenny Was A Friend of Mine" com uma linha de baixo grudenta de Stoermer mostra que a banda não veio para brincadeira e que tem qualidade o suficiente para chamar a atenção para a sua música.




Nesta mesma linha ainda temos os sucessos "Mr. Brightside" e a ainda mais dançante "Somebody Told Me", que foram as duas das principais responsáveis por alavancar o sucesso do debut. Ainda indico as lentas "All These Things that I’ve Done", "Smile Like You Mean It" e a climática "On Top", com seus sintetizadores bregas e charmosos. Um disco animado e que com certeza fará a festa dos chegados no pop dos anos 80.


1.Jenny Was A Friend of Mine
2.Mr. Brightside
3.Smile Like You Mean It
4.Somebody Told Me
5.All These Things That I've Done
6.Andy, You're a Star
7.On Top
8.Change Your Mind
9.Believe Me Natalie
10.Midnight Show
11.Everything Will Be Alright
12.Glamorous Indie Rock & Roll
13.The Ballad of Michael Valentine
14.Under The Gun


Sam's Town [2006]



Se no disco de estréia a festa era a ordem, a coisa mudou de figura no seu segundo trabalho. Influências mais roqueiras como Bruce Springsteen e U2 são reconhecíveis por todas as canções deste. O que gerou certa revolta por parte dos críticos, devido a terem se afastado de sua proposta inicial para enveredar por campos mais maduros e aos quais ainda não estavam preparados. Mas na minha opinião este é o melhor da discografia deles até o momento, em que as guitarras estão mais presentes e as letras são mais ácidas, e perde a ingenuidade inicial, o que torna este um trabalho bem mais difícil de digerir.




Entre as grandes canções deste, coloco a faixa-título e que é responsável pela abertura deste, a sensacional "When You Were Young" (que inclusive foi o single de maior sucesso deste), "Read My Mind" com seu jeito até meio infantil e encantador, a roqueira e com jeitão de U2 "Uncle Johnny", com uma letra inspirada que fala do tio do vocalista Brandon Flowers e a madura "Bling (Confessions Of A King)". Um registro que só confirma a audácia e coragem do grupo, que saiu de seu campo de segurança para arriscar-se.

1.Sam's Town
2.Enterlude
3.When You Were Young
4.Bling (Confession of a King)
5.For Reasons Unknown
6.Read My Mind
7.Uncle Jonny
8.Bones
9.My List
10.This River Is Wild
11.Why Do I Keep Counting?
12.Exitlude
13.Where The White Boys Dance (Bonus Track)
14.All The Pretty Face (Bonus Track)


Day & Age [2008]



E em seu terceiro disco de inéditas, mais uma vez o The Killers muda o som apresentado, agora com muito mais influências da new wave dos anos 80 e que pode fazer que eles aqui sejam identificados como uma banda de Synthpop. Apesar de forçarem a barra em algumas músicas, com alguns exageros aqui e ali, ainda temos alguns momentos que fazem valer a pena a audição deste trabalho.



"Losing Touch" abre o disco com uma semelhança enorme com o U2, e engana para o que a banda oferece aqui. "Human" é um dos poucos momentos dançantes realmente agradáveis de se escutar. "A Dustland Fairytale" é uma mistura de seus dois primeiros trabalhos e é disparada o melhor momento desse registro, com uma letra inspirada e triste, um musicão mesmo. "Neon Tiger" e a arrastada "Goodnight, Travel Well" também conseguem ser legais e merecem ser ouvidas.

1.Losing Touch
2.Human
3.Spaceman
4.Joy Ride
5.A Dustland Fairytale
6.This Is Your Life
7.I Can't Stay
8.Neon Tiger
9.The World We Live In
10.Goodnight, Travel Well
11.A Crippling Blow (Bonus Track)
12.Forget About What I Said (Bonus Track)


Brandon Flowers - Vocais, Sintetizador
Dave Keuning - Guitarras, Backing Vocals
Mark Stoermer - Baixo
Ronnie Vannucci - Bateria

Ps: Foquei apenas na discografia de inéditas do grupo, por isso a falta de "Sawdust" e do "Live From The Royal Albert Hall".




By Weschap Coverdale

10 comentários:

Anônimo disse...

The Killers - Hot Fuss [2004]:
http://www.mediafire.com/?kbygygjrgvpxfok

The Killers - Sam's Town [2006]:
http://www.mediafire.com/?cd7bt35szst8jv2

The Killers - Day & Age [2008]:
http://www.mediafire.com/?ml71wmd8sddsc72

Diogo disse...

Valeu cara The Killers é muito bom. A tempos tava procurando o primeiro disco completo mas nunca lembrava, agora não perco essa chance.

Anônimo disse...

The Killers. Taí uma incógnita para mim. Gosto do tom melancólico que eles expressam em suas músicas. Também acho que é uma banda que apareceu, viu, venceu e veio para ficar, pois suas músicas têm qualidade incontestável. Mas, minha dúvida é justamente se com o "mercado" atual da música, eles terão condições de se tornarem uma banda clássica. Talvez a resposta seja se eles não sucumbirem aos desejos da gravadora, pois o lado Rock deles é impecável.

AlBassPlayer
Curitiba

dnlz disse...

é na pegada de Kaiser Chiefs , acho que é esse o nome...

Anônimo disse...

não curto!
respeito o post...
gosto é gosto!

Anônimo disse...

O problema é justamente os "críticos" e "indies" quererem rotular a banda como salvação do rock... Depois os caras ficam um pouco mais famosos, mais maduros e os mesmos caras começam a meter o pau. Vai entender...

Ricardo Brovin disse...

Ótima banda!!!! Boa prova de que o Rock nunca sequer adormeceu!!!! Parabéns mais uma vez pelo post!!!!

carlei disse...

Poderia Até Dizer Que Não Curti Mas Ao Botar Pra Rodar A Musica "Somebody Told Me" Mudei De Idéia Na Hora Cara Èssa Musica Eu Curtia Faz Tempo, Mas Não Sabia De Quem Èra Òtima Banda E È Justamente Como A Galéra Ai De Cima Ta Falando Se Não Aderirem Aos Caprixos Da Gravadora A Coisa Não Se Tornara Chata Não.

Ärrüaceirø† disse...

To pegando ....rs....muito bom a coisa aqui...parabens

Bruno disse...

os links estão quebrados...