Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 30 de janeiro de 2011

Lynch Mob - Wicked Sensation [1990]


Após vários sucessos, o Dokken se separou, em decorrência, principalmente, das diferenças musicais e pessoais entre o vocalista Don Dokken e o guitarrista George Lynch. Em 1989, todos estavam sem banda e pensando em seus próprios projetos. Enquanto que Don começou uma carreira solo e o baixista Jeff Pilson participou de inúmeros projetos (incluindo discos tocados no McAuley Schenker Group e na banda de Dio), o guitarrista, em adição do batera "Wild" Mick Brown, formou o Lynch Mob. Para completar a formação, os convites foram dados ao vocalista Oni Logan e ao baixista Anthony Esposito. Dessa proposta, saiu um dos clássicos "cult" mais adorados do Hair Metal.

A estreia do conjunto, "Wicked Sensation", chegou às prateleiras em 1990, através da mesma gravadora da ex-banda: a grande Elektra Records. Metade do Dokken, por sinal, está aqui, portanto não há como separar a essência dos músicos. Mas trata-se de um trabalho que, apesar de ser bem Hard, não se assemelha muito à sonoridade anteriormente praticada por George e Mick.


"Wicked Sensation" traz mais peso e maturidade nas composições, se livrando de alguns clichês Pop que, de vez em quando, se associavam à antiga banda desses caras. Não se trata de Hair Metal farofeiro, mas de uma fusão perfeita entre Hard Rock e Heavy Metal, misturando porrada com acessibilidade de uma forma incrível.

Os até então desconhecidos Oni Logan e Anthony Esposito não fazem nem um pouco feio, principalmente Logan, que se mostrou um baita vocalista e um frontman de atitude. Mick Brown manda muito bem, como sempre, e ainda recebe uma atenção especial da produção em sua bateria. O diferenciadíssimo George Lynch está com o purgante em todo o play: destila riffs esplendorosos e solos realmente incríveis com miutíssima inspiração.



Infelizmente, a repercussão do trabalho não foi muito calorosa, devido à falta de apoio da gravadora e da mídia. Não foi criticado, mas não foi divulgado como deveria. Apesar de tudo, conseguiu um disco de ouro nos Estados Unidos. Outros problemas foram ocorrendo durante a primeira turnê do grupo, e ao fim das datas a serem cumpridas, Logan foi demitido por conta de seu estilo de vida repleto de abusos - o que não deixou até hoje, diga-se de passagem.

Mas "Wicked Sensation" é um dos mais coesos trabalhos do gênero lançados nessa época, onde as bandas de Hair Metal eram praticamente fabricadas. Merece atenção redobrada do ouvinte. Os destaques ficam para os singles de "River Of Love" e da faixa-título, que conquistaram boas posições em paradas especializadas em Rock; para a impactante "She's Evil But She's Mine" e para a meio-bluesy "All I Want".



01. Wicked Sensation
02. River Of Love
03. Sweet Sister Mercy
04. All I Want
05. Hell Child
06. She's Evil But She's Mine
07. Dance Of The Dogs
08. Rain
09. No Bed Of Roses
10. Through These Eyes
11. For A Million Years
12. Street Fightin' Man

Oni Logan - vocal, gaita
George Lynch - guitarra
Anthony Esposito - baixo, backing vocals
Mick Brown - bateria, percussão, backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

11 comentários:

Anônimo disse...

Lynch Mob - Wicked Sensation [1990]

Link:
http://www.mediafire.com/?tq3ntbcfb2r2klu

Jay disse...

Oni Logan, baita bebum. Que o George Lynch ele.

E eu sou a única pessoa no mundo que gosta de "No Bed of Roses". Nem eles gostam.

Silver disse...

Eu ia colocá-la nos destaques mas tava no meio de muitas outras que já estavam formando mais da metade da tracklist.

Gosto dela também, tem uma levada bacanilds. Mas não sabia que eles não curtiam.

Dragztripztar disse...

Eu acho todas as músicas do Wicked Sensation muito fodas, menos a She's Evil But She's Mine e a For A Million Years.

Por isso prefiro o segundo, todas são fodas, hehe. E a sonoridade também me agrada mais. Sem contar que o solo daquela When Darkness Call "espanca e agride" quem subestima o talento do Lynch.

dnlz disse...

Lynch Mob é foda , a musica Wicked sensation figura no meu top five das mais favoritas , e o segundo e o ultimo album Smoke and mirrors , são do caralho , Lynch Mob é quase uma banda gêmea do Badlands, pena que o Oni Logan é um pudim de cana.
Valeu!!!!

Eduardo Paiva disse...

Há muito tempo tinha vontade de conhecer o som do Lynch Mob. Valeu Silver! Valeu Combe!

Arnaldão disse...

Bom pra K !!! Valeu pelo POST !!!

ZORREIRO disse...

Sempre senti que o vocal desse disco tem um quê de Ray Gillen...
Por isso é excelente!
Ah, e por outros atributos também, lógico.

gabriel.sguarizi.p disse...

Baixando para conferir, se o Combe disse que é bom, tá dito.

Músico Amador disse...

Porra Véio, George Lynch é o cara !!!!
Valeu !!!!!

Anônimo disse...

Gosto muito do jeito de tocar desse George Lynch, gostei muito da parte dele no solo de Stars (Hear'n'Aid)...Acho os trabalhos do grupo Dokken muito bons, principalmente o Back for the Attack...Vou baixar já sabendo que vem coisa boa por aí hehehe...Vida longa à Combe e seus posts maravilhosos e resenhas bem elaboradas com ótimos textos que trazem importantes informações e esclarecem muitas dúvidas dos aficcionados pelo velho e bom rock!