Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Mr. Big - Bump Ahead [1993]


Já que vários links da discografia do Mr. Big anteriormente postada estão inativos, os álbuns serão repostados aos poucos.

Após o "boom" de "Lean Into It", lançado em 1991, e uma turnê que passou pelos Estados Unidos, Europa e Ásia, o Mr. Big estava pronto para um novo lançamento. Mas, durante esse período, o mundo da música viu a ascenção do Grunge e a queda do Hard Rock oitentista. Motivados em dar um passo à frente, o talentoso quarteto lançou "Bump Ahead", em julho de 1993.

A sonoridade empregada nas composições conserva perfeitamente a essência Hard antes expressa. Mas cada canção traz uma viagem diferente, algo que só se permite acontecer quando há competência envolvida - todos são mundialmente conhecidos pela habilidade em seus instrumentos. Algumas influências inseridas passeiam livremente entre Blues, Pop, Jazz e Heavy Metal propriamente dito, entre outros.

A poderosa "Colorado Bulldog" abre o play, com uma fusão cosea de elementos do Jazz com um Hard n' Heavy que só o Mr. Big sabe fazer, enfatizando o show à parte que o instrumental de Paul Gilbert, Billy Sheehan e Pat Torpey dá. "Price You Gotta Pay" dá sequência com um quê de Blues, com direito à solo de gaita do até então prodígio convidado Little John Chrisley. Dando sequência, tem-se a lenta balada "Promise Her The Moon" e a pesada "What's It Gonna Be".

Da esquerda pra direita: Paul Gilbert,
Eric Martin, Pat Torpey, Billy Sheehan


Originalmente de Cat Stevens, "Wild World" ganhou aqui uma versão repaginada e garantiu uma 27ª posição nas paradas norte-americanas, além de divulgação por todo o mundo. Na calma "Mr. Gone", a voz de Eric Martin se mostra impecável e é reforçada por belos backing vocals. Mas a coisa muda de figura com "The Whole World's Gonna Know" - uma digna paulada Hard.

A ótima power-ballad "Nothing But Love" mostra que poderia ter virado um single de boa repercussão pelo mundo - valem menções honrosas ao solo de Gilbert. "Temperamental" resgata uma pegada calcada em influências do Rock n' Roll clássico e mais uma balada chega ao início do violão de "Ain't Seen Love Like That", mais animada e pimposa. O fechamento fica por conta da clássica música que deu nome ao grupo: "Mr. Big", que é um cover do Free.

Apesar de não contar com o mesmo incentivo da gravadora em comparação a antes, "Bump Ahead" teve uma boa performance no quesito vendagem. Além de assegurar a dominação do quarteto em terras nipônicas (receberam disco de platina pelas boas vendas), o single de "Wild World" foi devidamente emplacado nas paradas norte-americanas (27ª posição) e britânicas (26ª posição). Além do mais, trata-se de um álbum com qualidade inquestionável que pode cativar qualquer tipo de fã de boa música.



01. Colorado Bulldog
02. Price You Gotta Pay
03. Promise Her The Moon
04. What's It Gonna Be
05. Wild World (Cat Stevens cover)
06. Mr. Gone
07. The Whole World's Gonna Know
08. Nothing But Love
09. Temperamental
10. Ain't Seen Love Like That
11. Mr. Big (Free cover)

Eric Martin - vocal
Paul Gilbert - guitarra, violão, sintetizadores, backing vocals
Billy Sheehan - baixo, backing vocals
Pat Torpey - bateria, percussão, backing vocals

Músico adicional:
Little John Chrisley - gaita em 2

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

5 comentários:

Anônimo disse...

Mr. Big - Bump Ahead [1993]

Link:
http://www.mediafire.com/?ccqhcg2ef3zj9sc

jantchc disse...

não sou um mega fã de mr. big mas a resenha me deixou curioso o suficiente pra querer ouvir este cd..

baixando..

Anônimo disse...

Belo post!! valeu!!!

caue disse...

Tenho o registro desse play em DVD no Japão.
O que me assusta na platéia é o entusiasmo [ironic mode: on]!!!

Mr. Big é uma grande banda, formada só de cracassos. Paulo Gilberto e Sheehan, arrebentam e estão super entrosados.

Fui conhecer esse incrível baixista na época que ele tocou ao lado do Diamond Dave (que puta banda era aquela!)

Muito bom post.

edneia disse...

Vou ao show deles aqui no Brasil!!